Home Office, como viabilizar o fato de trabalhar e morar no mesmo local?

O número de pessoas que trabalham em casa está cada vez maior. Essa forma de trabalho é o sonho de muitas pessoas, porém, essa não é uma tarefa muito fácil. Para conseguir ser produtiva trabalhando em casa, a pessoa tem que ser muito organizada e definir, tanto qual é o ambiente de trabalho dentro da casa, como seus horários ou metas a serem atingidas.

Por: Míriam Roman

Como tenho observado o enorme crescimento do volume de pessoas que trabalham em suas casas – seja por terem uma atividade que não exige suas presenças físicas nas sedes das empresas para as quais prestam seus serviços, seja por serem empresários ou profissionais liberais que montaram seu escritório ou ambiente de trabalho na sua própria casa -, e sendo decoradora, pensei em escrever um texto sobre alguns modelos e decorações adequados para o chamado “Home Office” (escritório em casa).

Porém, ao analisar melhor esse tema, percebi que não existe um modelo ideal para adequar um ambiente de moradia a um ambiente de trabalho. O modelo a ser adotado vai depender do tipo de atividade que cada um exerce. Se você for um chefe de cozinha, deve preparar um local de trabalho completamente diferente de alguém que faça cerâmica, ou trabalhe com desenvolvimento de software, jardinagem, ou ainda seja um escritor.

Como já estava disposta a escrever sobre esse assunto, decidi mudar o enfoque dessa postagem, contando minha experiência própria sobre esse assunto e procurando ajudar com dicas para quem pretende adotar essa forma de trabalho, ou que já adotou, mas ainda não conseguiu ser produtivo como gostaria.

Na minha concepção, quem imagina que para trabalhar em casa é só ter suas ferramentas de trabalho, independente de quais sejam, arrumar um cantinho na casa e colocar as mãos à obra, está equivocado. Isso talvez funcione se você mora sozinho ou seja uma pessoa extremamente focada e organizada. Acredito ser praticamente impossível concentrar-se em alguma tarefa se existirem outras pessoas em sua volta, e que não estejam relacionadas ao seu trabalho, conversado, arrumando coisas e puxando assuntos do tipo: “O que você esta fazendo?”, “Você pode parar um pouco o que está fazendo e me ajudar aqui?”, “Você pode tirar isso daqui para eu usar a mesa?”, entre outras situações corriqueiras que acontecem dentro de uma casa no dia a dia.

Isso sem considerar o fato de que, algumas vezes, para as outras pessoas da casa, o fato de você também estar em casa, está associado à estar disponível. Isso quem trabalha em casa sabe que não é verdade e que perturba muito o andamento das tarefas programadas. Você realmente está mais disponível do que se estivesse longe, porém, mesmo assim, está ocupado. Por essa razão é que eu julgo ser importante ter um local de trabalho bem definido, mesmo que esse “local” seja apenas uma mesa em um canto da sala de estar. O que precisa ficar claro é que esse local significa “quando estou aqui, estou trabalhando”. Aqui é o meu escritório, não estou brincando de trabalhar, estou realmente trabalhando.

Outro ponto a considerar é que, mesmo trabalhando em casa, você não deve trabalhar 24 horas por dia, 7 dias na semana. Existem momentos para trabalhar e momentos para descansar. Quando você estiver descansando, o ideal é que seu local de trabalho fique vazio, mas que mesmo assim, permaneça intocável para as outras pessoas da casa. Suas ferramentas de trabalho são importantes e não são de uso comum. O que você faz só é de domínio público depois que você assim o decidir. Portanto comporte-se como um cão alfa e marque seu território.

Para definir seu local de trabalho considere que é importante ter todo o material necessário ao seu alcance, preferencialmente em uma peça isolada, onde você tenha condições de executar seu trabalho com conforto, facilidade, segurança e prazer. Se você trabalha com comida, o ideal é ter uma cozinha separada da cozinha de sua casa, onde estarão seus insumos e materiais. Para um escritório ou oficina pode ser um quarto da casa que não esteja sendo utilizado como dormitório, enfim, como citei acima, o local a ser escolhido deve atender as necessidades da atividade a ser executada.

 
Eu sou adepta do home office. Trabalho em casa desde o ano de 2014. Não precisar sair de casa para trabalhar, enfrentando o trânsito, frio, calor, chuva e outros possíveis dissabores de estar na rua, não tem preço. Meu home office tem características próprias, porque além de escritório também tenho um depósito de mercadorias. Procuro trabalhar sempre no horário comercial, pois preciso atender clientes, fornecedores e tenho funcionários que também trabalham nesse horário. Adoro dar um “escapadinha” no meio do expediente e fazer um lanche no jardim, brincar um pouco com os meus cachorros e depois voltar renovada para continuar no meu expediente. Quando não estou em horário de trabalho, meus equipamentos ficam desligados e a porta do escritório fechada, dessa forma me controlo para não trabalhar 24 horas por dia.

Também não atendo o telefone da empresa fora do horário comercial. Confesso que isso exige um pouco de auto controle, porque algumas vezes fico bem tentada a atender. Outra vantagem que eu vejo em trabalhar dessa forma é que, se necessário, posso me ausentar durante o meu horário de trabalho sem prejudicar a minha produtividade, em outro momento compenso essa ausência. Acredito que consigo administrar bem meus horários e acho que por isso até me adaptaria a trabalhar fora de casa novamente, mas tenho certeza que prefiro a qualidade de vida que o home office proporciona.

Míriam Roman é decoradora e proprietária da loja Kamari, especializada em cama, mesa, banho e decoração.

Se você gostou desse assunto, provavelmente também vá gostar dessas outras postagens do “Lar, Doce Lar”:
Acrescente mais charme à decoração de sua sala com uma cristaleira
O maximalismo na decoração
Evite os 10 erros mais comuns na decoração da sala de estar
Como acertar na decoração monocromática
10 motivos para usar vasos autoirrigáveis
Como escolher o tamanho de sua cama e as roupas de cama adequadas para ela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *