Usando claraboia como solução para iluminar ou ventilar um ambiente

Compartilhe com seus amigos

Tempo estimado para leitura: 6 minutos

Dependendo da situação e da localização geográfica de um imóvel, uma claraboia pode ser a solução mais adequada para aumentar a luz natural em um ambiente difícil de ser iluminado por janelas tradicionais ou ainda para aumentar a ventilação em ambientes fechados. Além disso ela pode proporcionar mais privacidade, mesmo em ambientes que tenham janelas para áreas iluminadas naturalmente.

Mas, o que é uma claraboia? Recebe a denominação de claraboia uma abertura no teto de uma residência ou prédio comercial que facilite a entrada da luz natural ou da ventilação.

Claraboias, ao mesmo tempo em que podem aumentar a privacidade de um ambiente, são um poderoso recurso de iluminação e ventilação para uma casa.

Segundo profissionais de arquitetura, uma claraboia pode ter a capacidade de iluminar até oito vezes mais do que uma janela em uma parede externa com o mesmo tamanho.

Ela pode ser utilizada em qualquer ambiente de uma casa, mas, como afirmamos acima, sua capacidade de aumentar a privacidade a torna especialmente ideal para banheiros, quartos e outros ambientes íntimos que podem ser vistos pelos vizinhos ou por quem circula na volta da casa.

Ambientes pequenos e casas compactas também são beneficiados pelo uso de claraboias, pois elas aumentam a sensação de que uma peça oferece mais espaço.

Você tem uma peça em casa que parece pequena e escura mesmo nos dias ensolarados? Ela parece estar precisando de um pouco mais de luz? A claraboia pode ser a solução.

Geralmente somos mais felizes e saudáveis ​​quando temos acesso direto à luz solar e ao ar puro. Vários estudos já comprovaram que a luz natural afeta o nosso humor, portanto uma claraboia pode ajudar você a se sentir mais feliz quando está em casa.

Portanto, independente de todas as outras vantagens oferecidas por uma claraboia, trazer sentimentos felizes para dentro de casa por si só já justificaria sua instalação, não acha? Estar feliz também ajuda a aumentar a nossa produtividade e diminui os efeitos causados pela depressão.

Ambientes mais claros também parecem mais limpos e agradáveis. Mesmo em dias nublados ela pode contribuir para isso.

Elas também são excelentes aliadas na redução do consumo de energia elétrica. Em tempos de economia de energia e de utilização de recursos naturais, ela ainda tem a capacidade de valorizar um imóvel.

Conheça os modelos como são classificadas as claraboias

Claraboia Plana: É a claraboia que acompanha o formato do telhado ou do terraço onde está instalada, dando continuidade a ele. Esse modelo aparentemente é o mais fácil de ser instalado, mas exige muito cuidado para evitar infiltrações de água. Geralmente é uma claraboia fechada hermeticamente, ou seja, não permite abertura para a entrada de ar, apenas de luz, mas pode conter abertura.

Claraboia Cúpula: Também chamada de domo. É uma claraboia com design arredondado que se sobressai para cima do telhado ou do terraço. Ela pode ser completamente redonda, formando uma meia esfera, ou ter apenas as bordas arredondadas. O fato de ser esférica e translúcida aumenta significativamente o alcance da iluminação.

Claraboia Átrio: Conhecida também como Pirâmide. Nesse modelo, assim como a cúpula, a claraboia se projeta para fora do telhado, formando uma pirâmide ou uma figura geométrica que lembra uma casa. Indicada para ambientes com pé direito muito alto e que precisam de uma boa iluminação natural.

Claraboia Shed: Muito utilizada para captar a luz natural e para aumentar a circulação de ar. É um formato de iluminação indicada para ambientes amplos. O que caracteriza esse modelo é o fato da posição translúcida ser vertical. A inclinação para que ela se encaixe é formada pelo telhado. Na instalação desse modelo de claraboia é fundamental observar qual é o horário do dia em que queremos que a incidência de luz seja maior.

Claraboia Lanternim: Esse é outro modelo muito utilizado. A entrada de luz ou de ventilação se dá somente pelas laterais, ou seja, a parte superior é fechada para a entrada. Esse modelo é adequado para quando se quer iluminar sem a entrada do sol no momento em que está mais forte, por volta de meio-dia. Também é um modelo fácil de ser instalado e que diminui a incidência de infiltração de água em função do seu formato.

Claraboia Tubular: Também conhecida como túnel de luz, é a mais utilizada no Brasil. É formada por um sistema de reflexão da luz externa, ou seja, amplia o alcance da luminosidade no ambiente. A abertura é semelhante a uma saída de luz, internamente no tubo existe um sistema que irá refletir a luz do sol captada do exterior. Muito prática para pequenos espaços, como corredores e closets que não têm muita superfície no teto para instalação dos outros modelos, que requerem mais espaço. Observe na imagem abaixo o funcionamento da claraboia tubular, ela na verdade difere completamente dos outros modelos no sentido de funcionar como se fosse uma luz artificial, não permitindo a vista para a parte externa da casa.

Perceba que cada modelo é indicado para o tipo de iluminação que se deseja para um ambiente. Além disso, é preciso respeitar a arquitetura da casa onde ela será instalada e se as condições oferecidas pela construção permitem.

Mas, como saber se um ambiente é adequado para receber uma claraboia?

A resposta a essa dúvida é relativamente simples, se a estrutura da construção permitir, como explicamos acima, você precisa analisar, talvez com a ajuda de um profissional, qual o ganho que teria com sua instalação.

O aumento da luminosidade e/ou da ventilação são necessários nesse espaço da casa? Ou será que esse aumento de luminosidade pode atrapalhar?

Se por acaso você tem um ambiente que não deseje que permaneça sempre iluminado durante o período do dia em que o sol está brilhando, mas em certos momentos sim, há a alternativa de instalar uma claraboia que possa ser fechada com uma persiana, cortina, ou outro item que elimine a entrada de luz.

As claraboias geralmente são feitas de um desses três materiais, que garantem durabilidade e que permaneçam translúcidas por mais tempo: Vidro; acrílico; policarbonato.

Uma última dica muito importante. Lembre-se sempre que claraboia é uma abertura no teto, ou seja, é necessário planejá-la de forma que não se transforme em um transtorno, com infiltrações ou excesso de sol, o que pode danificar o mobiliários e a decoração ou incomodar as pessoas que estejam no ambiente.

Outro aspecto importantíssimo, a claraboia pode transformar o ambiente em uma estufa, se for mal dimensionada e receber sol em demasia.

Esse texto é o primeiro de uma série que vamos publicar sobre claraboias, com ideias e dicas sobre como instalá-las em cada tipo de ambiente, como quartos, salas de estar, salas de jantar, corredores, cozinhas, banheiros, entre outros. A cada novo texto publicado essa postagem será atualizada.

Leia também os outros textos já publicados dessa série:
Selecionamos 30 ideias de claraboias instaladas em quartos e algumas dicas úteis para você planejar a sua
30 ideias de salas de jantar com claraboias
Cozinhas com claraboias, dicas e 44 ideias criativas para você se inspirar
Banheiros com claraboia, 34 ideias para obter uma luz natural mais intensa
Como aproveitar melhor um sótão utilizando claraboias e ainda 30 ideias incríveis

Se você gostou dessas dicas, provavelmente também vá gostar dessas:
Parede pintada pela metade, 22 ideias e várias dicas
40 ideias de salas de estar acolhedoras e aconchegantes e dicas de como planejá-las
Portas coloridas – 24 ideias para você se inspirar
19 dicas imperdíveis para você economizar água
Como pendurar quadros sem fazer furos nas paredes? Selecionamos 5 dicas ótimas
Algumas maneiras de repaginar os móveis e os ambientes da sua casa
72 ideias de aproveitamentos criativos para pallets, inspire-se!
Você está distribuindo seus móveis corretamente?

Compartilhe com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *