Algumas dicas para o seu gramado que você jamais deve negligenciar

Em meio a todas as opções de diversão e o frescor que possam vir com a temporada de outono após os longos meses de calor do verão, também vêm algumas tarefas.

As folhas coloridas caídas até podem ficar ótimas para fazer fotos, mas elas podem causar estragos em seu gramado se você não tratar de removê-las assim que possível.

Além disso, deixar seu gramado pronto para o inverno e deixá-lo em condições para o começo da primavera requer um pouco mais do que apenas algumas horas com um ancinho recolhendo folhas.

Na verdade, há algumas tarefas que você nunca deve deixar de fazer, mesmo nas temporada frias. Vamos a elas?

Continue cortando a grama

Não guarde o cortador de grama até a próxima primavera. Enquanto sua grama estiver crescendo você precisa continuar a cortá-la.

Normalmente a grama continuará a crescer até a época de geadas, caso você more em algum lugar mais frio em que ocorra esse fenômeno da natureza, ou crescerá durante todas as épocas do ano, caso você more em um local mais quente.

Embora seja tentador deixar de cortar a grama até a primavera, deixar a grama ficar muito alta encorajará o aparecimento de pragas e doenças que atacarão o seu gramado.

Cortar a grama mais curto que o normal não só ajuda a reduzir a quantidade de danos que o seu gramado poderá sofrer, mas também ajuda a reduzir a carga de trabalho, pois folhas e outros detritos não se acumularão tanto no seu gramado, sendo mais fácil removê-los.

Continue controlando as ervas daninhas

Só porque está ficando mais frio não significa que as ervas daninhas vão murchar e morrer. Na verdade, algumas pragas perenes como os dentes-de-leão estarão ocupadas tirando nutrientes do solo e da grama para se preparar para o inverno.

Tenha uma vantagem inicial na primavera e dê ao seu gramado uma chance de lutar em igualdade durante o inverno tratando as áreas problemáticas com um herbicida, pois esse é o momento em que as ervas daninhas são mais vulneráveis a ele.

Apenas certifique-se de seguir as instruções da embalagem e se você tiver gramíneas de estação quente (como grama do tipo Bermuda) certifique-se de que elas estejam completamente adormecidas para evitar matá-las também.

Faça a aeração do solo

Aerar seu gramado envolve o uso de uma ferramenta ou máquina para fazer buracos no solo e retirar pequenas “rolhas”, deixando em seu lugar pequenos furos.

A aeração permite que mais oxigênio e água alcancem as raízes da grama, quebrando os sistemas radiculares e a terra compactada, o que pode acabar matando o gramado.

Esta tarefa de cuidado do gramado pode ser facilmente tratada por um profissional ou você pode alugar uma máquina de aeração, fazendo-a rapidamente. Se você fizer isso as próximas duas tarefas da lista serão mais eficazes.

Preencha os espaços vazios

Se um verão de diversão e prática de esportes deixou sua marca em seu gramado agora é uma boa hora para semear plantas e supervisionar toda a área para ter uma vantagem na primavera.

Isso desde que o solo ainda não tenha congelado (caso você more em locais mais frios). Contanto que o solo seja descongelado o suficiente para semear, espalhe a semente e cubra com uma leve camada de palha para manter as aves e outros animais longe. Regue regularmente até as sementes germinarem.

Fertilize seu gramado

Se você não fizer mais nada (além de cortar e varrer as folhas secas, é claro), certifique-se de fertilizar seu gramado no outono.

Gramíneas de estação fria sempre devem ser alimentadas no outono, já que o fertilizante fornece os nutrientes importantes necessários para se manter saudável, mesmo quando a grama fica inativa durante o inverno. Quando a primavera finalmente chegar, seu gramado terá uma vantagem inicial em tornar-se verde e exuberante.

Gostou dessas dicas? Então provavelmente você também vá gostar dessas outras postagens:
Dicas naturais para eliminar ou diminuir o mato do jardim
12 erros que devem ser evitados ao montar um jardim
Como usar as ervas daninhas para analisar a saúde do solo do gramado
A primavera está chegando, o que você acha de dar um “UP” em seu jardim?
Conheça a primeira horta orgânica autoirrigável para pequenos espaços
As vantagens de ter uma horta em casa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *