Como plantar e como cuidar da Costela de Adão

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 5 minutos

Costela de Adão

Linda, fácil de cuidar e exuberante, provavelmente sejam essas as palavras que venham à cabeça de quem curte jardinagem e cultiva Costela-de-Adão ao pensar nessa planta magnífica.

Por exemplo, os chineses a consideram um símbolo de uma vida longa pela sua exuberância.

As folhas gigantes, brilhantes, recortadas, furadas e arredondas, fazem da Costela de Adão uma folhagem única e espetacular.

Principalmente os furos em suas folhas, que dão um toque final de beleza, tanto no jardim, como quando na decoração em locais fechados.

E para completar suas qualidades, ela ainda é muito versátil. Portanto, se você não tem o famoso “dedo verde” (expressão usada a partir de uma analogia a um livro infanto-juvenil sobre um menino que onde tocava seu polegar nasciam plantas – O Menino do Dedo Verde, do escritor francês Maurice Druon), não precisa ter receio de cultivá-la. Isso porque é muito fácil de cultivar a Monstera Deliciosa – nome científico da Costela-de-Adão.

Se cuidada da maneira certa, com um substrato rico em matéria orgânica, regas regulares e à meia-sombra é uma planta perene e que se mantém sempre linda e saudável.

A Costela-de-Adão é muito usada também em projetos paisagísticos em função de sua versatilidade, rusticidade e adaptação a várias situações, tanto em vasos como diretamente no solo. Força e resistência são outras de suas características e pode ser usada em jardins pequenos, varandas, sacadas e ambientes fechados.

Qual a origem e as características da Costela de Adão?

A Monstera Deliciosa – como é referida amplamente (talvez erroneamente) essa espécie aqui no Brasil -, tem como origem o Panamá e o sul do México, onde costuma crescer em árvores a uma altura de até 20 metros. Além dos galhos, ela também pode se fixar nos troncos das árvores, nas rochas, ou diretamente no solo.

Quando cresce em galhos de árvores, ela possui longas raízes aéreas para se fixar. Ela também é uma planta que contribui para as economias locais em seus países de origem, além da produção de frutos. Por exemplo, os peruanos usam suas raízes para fazer cordas, enquanto os mexicanos para fazer cestas.

O nome ‘Deliciosa’ refere-se às deliciosas frutas que produziam quando cultivadas na América Central. O sabor dessas frutas lembra banana combinada com abacaxi.

Existem muitas espécies de Costela de Adão

Mas atenção, existem cerca de 22 espécies de Monstera originárias da América tropical. Portanto, apesar de – como escrevemos acima – a Costela-de-Adão ser referida como Monstera Deliciosa no Brasil, nem todas as variações dessa planta produzem frutos comestíveis.

Além disso, muitas dessas espécies produzem um pendão que pode ser venenoso, portanto não se aventure a prová-las, a menos que você esteja certo de que está experimentando da variação certa. Mesmo os frutos das espécies comestíveis exigem um tempo de maturação antes de podermos consumi-los.

O mais adequado seria referir-se às Costelas de Adão encontradas aqui no Brasil apenas com o nome científico de Monstera em função da quantidade de espécies cultivadas em nosso país. Em algumas regiões do país ela também é chamada de banana-do-mato, ceriman, ou abacaxi-do-reino.

As folhas e o caule das espécies Monstera são tóxicos, podem provocar náusea, dor de cabeça e vômito se ingeridos. Portanto você deve tomar alguns cuidados durante o manejo, como usar luvas e procurar não levar as mãos à boca ou ao rosto. Lave sempre as mãos depois de entrar em contato com sua seiva e procure tomar um cuidado extra com crianças pequenas e animais de estimação.

Diz-se também que o nome Monstera pode derivar do latim monstrum (que significa monstro), em referência ao tamanho de suas folhas, mas isso não tem comprovação.

Folha da Costela de Adão

Cores e formatos das folhas da Costela de Adão

Geralmente com folhas verde-escuras grandes e brilhantes, a Monstera é inconfundível, porém, existem variedades diferentes dessa planta, tanto em formato, como em cor. A verde clássica é a mais comum aqui no Brasil, onde também é possível encontrar algumas espécies com detalhes em amarelo ou branco.

As folhas, quando novas, são em forma de coração, e na medida em que se desenvolvem e crescem começam a aparecer os detalhes arredondados e os buracos nas folhas. As folhas adultas podem atingir um diâmetro de até um metro.

Como e onde plantar a Costela de Adão

A Costela de Adão, apesar de não ter origem no Brasil, se adaptou muito bem tanto aos nossos mais variados climas, como aos nossos solos.

Ela prefere a sombra ou meia sombra, mas resiste até mesmo ao sol direto. Antes de plantá-la, dê preferência aos locais menos ensolarados caso queira explorar toda a sua exuberância e deseje que ela se desenvolva adequadamente.

Você pode plantá-la a partir de mudas feitas por estaqueamento e seu plantio é muito fácil e simples, tanto em vaso como diretamente no solo.

Caso você vá plantá-la em um vaso, então escolha um vaso do tamanho adequado para o tamanho final que você deseja que ela atinja. Isso porque, quanto mais espaço em vaso você oferecer para ela, maior será sua exuberância. Como ela é uma planta de crescimento rápido, se você escolher inicialmente um vaso muito pequeno, em pouco tempo terá que transferi-la para um vaso maior.

O plantio em vaso não exige nenhum procedimento especial, assim, você pode seguir os procedimentos usuais de todos os plantios, com pedriscos para drenagem adequada.

Você pode tratar o solo que vai receber a nova planta com uma mistura de adubo orgânico e fertilizantes, ou, até mesmo só o adubo orgânico.

Depois de plantada, a muda da Costela de Adão deve ser regada diariamente, mas não em excesso, até que pegue e comece a se desenvolver com vigor.

Como fazer mudas de Costela de Adão

Se você já tem um pé de Costela-de-Adão e quer fazer novas mudas a partir dele é muito fácil. Observe que a sua planta tem várias raízes externas que saem de seus talos. Você precisará cortar um talo abaixo de uma dessas raízes, pois plantar somente o talo sem nenhuma raiz não vai funcionar.

Depois é só plantar essa muda normalmente. Além disso, na planta mãe, onde você cortar o talo vai nascer um novo talo e novas folhas, ela se recupera muito fácil.

Como cultivar e cuidar da Costela de Adão

A Costela de Adão não exige muitos cuidados, tanto quando plantada diretamente no jardim como quando plantada em vaso e colocada em espaços internos.

Ela não necessita de luz solar direta e prefere a sombra ou meia sombra, conforme explicamos acima.

Sua rega deve ser frequente, sempre que você observar que a terra está seca, principalmente nas estações mais quentes. Evite regá-la em demasia para não provocar apodrecimento das raízes.

Ela pode ser podada, caso esteja em um tamanho maior do que você deseja, mas prefira fazê-lo na primavera.

Costela de Adão em Vaso

Quando usada na decoração, a Costela de Adão dá um toque tropical e exótico maravilhoso ao ambiente. Portanto, caso você opte por usá-la dessa forma, dê bastante espaço a ela para explorar todo o seu potencial.


Leia também:
Como plantar e cultivar a Rosa do Deserto
12 erros que devem ser evitados ao montar um jardim
24 ideias para embelezar ainda mais um jardim utilizando pedriscos
A importância da adubação de hortas e jardins
Saiba quais são os aromas que atraem boa energias
Jardinagem, o hobby que me encanta!
Saiba como perfumar os ambientes da sua casa
Janelas com floreiras, dicas úteis de como montar as suas e ainda 28 soluções lindas

Compartilhe...

58 comentários em “Como plantar e como cuidar da Costela de Adão

  1. Sylvia Dale disse:

    Tenho uma costela de Adão adulta subindo em um coqueiro. Posso retirar e plantar no chão? Ella sobrevive? Terei que cortar as raizes para tirar da árvore.

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Sylvia, faz uma muda a partir dela, no texto acima ensinamos como fazer.

      • Jasmine disse:

        Olá comprei uma costela de Adão e plantei ela só na terra preta ela vai pra frente ?

        • Lar, Doce Lar disse:

          Olá Jasmine, dá certo sim, mas siga as outras condições necessárias para ela se desenvolver

  2. Andrea Zamorano disse:

    Olá Boa Tarde,

    Tenho um pequeno canteiro de 15cm de largura por 50cm de profundidade a volta do meu pátio ( que é bem pequeno, 20m2). Estou tentando fazer um jardim tropical e plantei num dos cantos, junto à parede, uma monstera deliciosa que já está bem grandinha (com algumas folhas de 50cm). Ela está bem bonita e se desenvolvendo muito. Como faço para que ela suba a parede? A minha intenção era que ela escalasse o canto e fizesse uma “torre”. Será que me podem ajudar?

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Andrea, faz estaqueamento dela e vai levando para cima na medida em que se desenvolve, as raízes irão se agarrar ao apoio e ela vai crescendo para cima.

      • Juliana disse:

        Tem como criar raiz em um galho na água que está sem raiz ?

        • Lar, Doce Lar disse:

          Olá Juliana, não cria raízes dessa forma, mas o galho vai durar muitos meses verde na água.

  3. Celice de Freitas disse:

    Olá, tenho uma coqueiro no quintal e comprei uma muda de costela de Adão, pensei em plantar junto ao coqueiro pra ela escalar. Será que dá certo? Ouvi dizer que o coqueiro não aceita qua nada agarre nele e agora estou na dúvida.

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Celice, não sabemos informar se a Costela de Adão pode prejudicar o Coqueiro ou não,de qualquer forma, com certeza ela só conseguiria subir pelo tronco e teria que ser podada para não afetar as folhas do coqueiro. Ela vai tentar subir indefinidamente.

    • Natalia disse:

      Temos um coqueiro muito antigo cheio de orquídeas.

  4. Kelly disse:

    Olá! Perdi uma folha da minha costela nova, meu pet arrancou…
    É possível crescer outra folha no mesmo caule?

    • Lar, Doce Lar disse:

      Nasce sim Kelly

  5. david disse:

    Boa tarde!

    Gostaria de plantar uma planta junto com a costela de adão, no vazo ainda há bastante espaço e gostaria que uma planta alta, que componha o espaço, mas também sirva de sustentação para a Monstera. Pensei na rafia, que é muito resistente, mas exige menos água. O que você acha?

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá David. É uma boa escolha, mas fique atendo a duas coisas: se o vaso vai ser suficiente para suportar as duas plantas e se a planta que servirá de sustentação já tenha um tamanho que ultrapasse a situação atual da costela de adão para não ser sufocada.

  6. Ivonete Maria disse:

    Gostaria de saber como posso fazer mudas da minha monstera,pois ela está com o caule bem comprido com raízes,e as folhas estão todas no topo e uma muda bem dentro do vaso no final do tronco.obrigada

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Ivonete, você precisará cortar um talo abaixo de uma das raízes externas que saem do caule, se você plantar somente o talo ele não cria raízes.

  7. Lucas disse:

    Oii, tenho uma monstera que cresceu como trepadeira, está enorme! Queria tirar uma muda para vaso mas se cortar no caule principal ela morre? Nesse caso só teria como tirar muda se cortar no topo?

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Lucas, você precisa cortar um talo que contenha uma raiz externa que saem dele, se você plantar somente o talo ele não cria raízes. O corte não precisa ser do caule principal.

  8. viviana disse:

    BOM DA! TENHO UMA COSTELA DE ADÃO, JÁ NASCERAM UMAS 11 FOLHAS NOVAS, SÓ QUE ELAS NÃO NASCERAM RASGAS, SERÁ O QUE PODE SER QUE ESTÁ ACONTECENDO? QUE ELA ESTÁ COMIGO JÁ TEM 8 MESES. O QUE FAÇO?

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Viviane, não entendemos a sua dúvida

      • karen disse:

        Acho que ele quis dizer, que não nasceram com os cortes das folhas.

  9. vanderlei disse:

    boa tarde… acabei de adquirir uma muda de costela gigante, já tem 3 folhas grandes, vou mudar ela de vaso. Como quero que ela “suba” o ideal seria um vaso mais estreito e alto (profundo)? seria legal colocar aquelas estacas de xaxim ( que hoje é feito de casca de coco) para ela agarrar e subir? Agadeço as dicas, muito bom seu artigo.

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Vanderlei, sim, quanto mais terra ou substrato você disponibilizar mais ela cresce. E para subir ela precisa de apoio, mas pode ser até uma ripa de madeira ou um bambu.

  10. Vanessa disse:

    A minha costela de adão estava embaixo de uma arvore que foi podada. Agora pega sol direto nela umas 2h por dia. Será que sobrevive ou melhor trocar de lugar?

    • Lar, Doce Lar disse:

      Ela resiste bem a sol forte, algumas variações ficam até mais bonitas, rajadas de amarelo, mas não deixe faltar água

  11. Judith Raposo disse:

    Tenho duas Costelas de Adão enormes. Na margem do pequeno córrego que passa no terreno. Elas já ultrapassaram o muro. A folhagem em parte sobe o telhado da garagem e o restante cai até na água. As raízes estão grandes e se alastrando. A “banana está sempre cheia de bichinhos. A laranjeira ao lado adoeceu e eu tenho medo de cobra subir na folhagem. Qual o perigo de planta tão gigante ? Como reduzi-la ?

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Judith, o tamanho de uma planta em si não é um problema, a menos que ela esteja prejudicando tanto sua casa como as outras plantas, como você disse. Para diminuir o seu tamanho você pode podá-la nos lugares onde acha que ela pode ser prejudicial.

  12. Camila disse:

    Olá! Antes de tudo, muito obrigada pelo excelente conteúdo, ganhei uma mudacostela de adão recentemente e seu texto me ajudou muito!
    Tenho uma dúvida: qual a melhor forma para limpar as folhas da costela de adão? Limpo sempre com papel toalha úmido, mas ficam manchadinhas depois de secas. Alguma dica melhor? Obrigada desde já!

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Camila, a forma que você limpa está correta, pode ser também com um pano macio ou espuma. Você também pode usar um pouco de sabão neutro. Algumas pessoas também utilizam um pouco de óleo ou azeite para dar brilho.

  13. ISABELA BERGIER DIETRICHKEIT disse:

    Olá. Consegui pegar uma raiz enorme de costela de Adão, porém sem folha. Se eu plantar apenas essa raiz a planta se formará ou precisaria ter uma folha também?

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Isabela, se tiver um pedaço de caule pega sim.

  14. Marcelle disse:

    Olá
    Tenho uma costela de Adão mais ela não tem raizes externa, a folha nova nasce da aste de outra folha. Assim demora muito pra nascer outra folha. Gostaria de saber pq não tem raizes externa. Obrigada

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Marcelle, as raízes externas nascem em busca de nutrientes, se seu pé não está criando é porque não está sendo necessário, a terra é rica o suficiente para manter o pé. Se for um pé ainda pequeno e em vaso o crescimento será mais demorado mesmo.

  15. raquel euflausino rosa disse:

    Olá, boa tarde!

    A minha monstera esta com muita raíz saindo do vaso, chega arrastar no chão.. posso cortar essa raiz em pequenos pedaços e replantar?
    Vai dar certo assim?

    Muito Obrigada

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Raquel, nunca tentamos fazer dessa forma a propagação, se for fazer e der certo, nos avise que é uma informação muito útil.

  16. Fátima Barcelos disse:

    Olá. Tenho dois pés juntos de monstera, das folhas maiores 70 cm, há mais de 1 ano. Foi tirada de uma grande, de rua com raiz. Pus em vaso com terra e só cresce raiz, ainda não brotou nada. Tirei do vaso, tinha umas raízes gigantes. Cortei as raízes num bom comprimento, separei as folhas que ambas têm raiz e pus em água. Estão a nascer novas raízes. O que eu me aconselha a fazer? Pôr em terra quando as raízes tiverem maiores? Ou mantenho as em água? Será que dará brotos? Obrigada

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Fátima. Assim como praticamente todas as plantas, o desenvolvimento da monstera sempre dependerá da qualidade e da quantidade de terra que você disponibiliza para ela. Portanto, respondendo a sua pergunta, o que fazer depende do tamanho que você quer que ela fique.

  17. FABIANE LUZ PENZ disse:

    Boa noite, comprei sementes de costela de Adão, como devo plantar elas para obter lindas plantas?

  18. Denis Silva disse:

    Boa tarde

    Estou com duas mudas de Costela de Adão e suas hastes estão quebradas. Li que posso lhes fazer talas após limpar o local da dobradiça, pois isso evita a ter de cortá-las fora ( coisa que não quero fazer, além do fato de serem mudas ). Elas conseguiriam ter folhas se acaso não tivesse nenhuma? São três hastes ao todo.

    Grato

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Denis, se elas tiverem raízes se recuperam sim.

  19. Mary disse:

    A minha está com as folhas caídas como se estivessem muchas, não sei mais o que fazer…me ajudem, gosto muito dela.

    • Lar, Doce Lar disse:

      Provavelmente seja falta de água

  20. EUDIMAN HERINGER disse:

    Boa noite, plantei as mudas de costela de Adão, 6 no toatal, a uma distância de 70 cm entre elas. No lugar que estão, pega sol agora em novembro, de 8h às 14 horas. É muito prejudicial? Tenho reparado que algumas folhas estão ficando queimadas.

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Eudiman, elas estão secando ou ficando rajadas de amarelo? Algumas espécies de costela de adão ao pegarem sol ficam com uma coloração amarela, mas isso não é um problema.

  21. Camila disse:

    Minha costela de adão está plantada em um vaso. Algumas raízes estão expostas já, rasteando pelo chão. Gostaria de saber se posso podar essas raízes, se não irei matar a planta.

  22. Salma Maria Mascarenhas de Araújo Menezes disse:

    OLÁ!! QUERO PLANTAR COSTELA DE ADÃO NO MEU JARDIM EXTERNO PROXIMO AO MURO MAS,SÓ QUE EMBAIXO DO CANTEIRO PASSA A REDE DE ESGOTO DA CASA ,EXISTE ALGUMA POSSIBILIDADE DA RAIZ PENETRAR NA REDE DE ESGOTO E PROVOCAR ENTUPIMENTO DA MESMA? POR FAVOR ME RESPONDAM POIS SEI QUE ELA FICARA LINDA NESSE CANTEIRO !!! OBRIGADA .

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Salma, a Costela de Adão enraíza muito, mas boa parte das raízes são aéreas, mas como ela é uma planta que sobe muito, se agarrando ao que estiver ao seu alcance, tende a ficar muito grande. Não sei de que material é seu esgoto, o tamanho e sua resistência. A princípio não deve haver problema se seu esgoto for resistente, porque suas raízes se desviam e não irão pressioná-lo.

  23. Beth disse:

    Olá, minha costela de Adão esta com folha nova nascendo, posso borrifar água na folhagem dela normalmente ou isso poderia atrapalhar?

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Beth, pode sim, não vai prejudicá-la em nada.

  24. Fernanda disse:

    Olá, minha costela de Adão está com algunas manchas pretas no meio da folha, não visualizei nenhum bichinho a olho nu, o que pode ser? Tem que arrancar a folha ou consigo tratar?

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Fernanda, manchas pretas ou marrons escuras podem ser excesso de água

  25. Rosângela Aguiar disse:

    Comprei uma muda de costela de Adão,plantei em um vaso com terra preta,fiz a drenagem etc…..mais as folhas estão amarelando,será q não vai pegar?

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Rosângela, geralmente as folhas amarelando é excesso de sol, se for esse o caso, coloque-a à meia sombra

  26. Valéria Benedetto disse:

    Olá! Tenho duas monsteras em
    Vasos de tamanho pequeno a médio, as folhas estão lindas e sempre nascendo novas e tb há muitas raizes externas inclusive uma bem longa! Posso cortar essa raiz? E devo trocar para um vaso maior visto que elas estão crescendo esparramaras? Como devo fazer?

    • Lar, Doce Lar disse:

      Olá Valéria, pode cortar sim. Sobre trocar de vaso, quanto maior o vaso, mais elas vão crescer, se você tiver espaço e quiser isso é uma boa ideia. Ainda sobre crescerem esparramadas, se você quiser que elas cresçam para cima precisa providenciar coisas para ela se agarrar, estacas ou treliças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *