Janelas com floreiras, dicas úteis de como montar as suas e ainda 28 soluções lindas

Gostou? Compartilhe...

Tempo estimado para leitura: 5 minutos

As janelas adornadas com floreiras oferecem muitos benefícios para uma casa, como melhorar o seu aspecto, deixando-a menos formal, mais agradável, vibrante e acolhedora, além de deixá-la mais cheirosa quando a escolha das plantas for de espécies aromáticas. As floreiras são um complemento perfeito para qualquer janela.

Você tem janelas em sua casa e acha que ficariam lindas com floreiras e está procurando por inspiração e dicas sobre como montá-las? Neste artigo vamos procurar esclarecer alguns itens importantes para você levar em consideração quando for executar esse plano e a fazer suas escolhas. Ao terminar sua leitura, esperamos que não restem dúvidas para você tomar uma decisão.


A primeira questão a considerar é quais são as floreiras ideais para suas janelas. Qual o seu tamanho, estilo e material. Muitas janelas de casas ou janelas de prédios de apartamentos ou salas comerciais já têm sob elas jardineiras fixas, que foram planejadas na construção do imóvel.

Se for esse o caso das suas janelas, recomendamos não utilizá-las diretamente, colocando dentro dessas a terra e as plantas, mas procurar encaixar nelas floreiras, vasos ou jardineiras que se encaixem da melhor forma. Plantar diretamente em floreiras fixas de concreto pode causar infiltrações, dificulta as trocas de plantas, adubação e qualquer outra atividade futura de manutenção de seu jardim de janela.

Caso seu imóvel ainda não tenha jardineiras sob as janelas, existem muitas alternativas de materiais a utilizar para instalá-las, o ideal é que, da mesma forma que recomendamos para as jardineiras incorporadas ao imóvel, você crie jardineiras que recebam vasos encaixados nelas e que não recebam a terra diretamente.

Resumindo essa dica, o ideal é que suas floreiras sejam suportes para vasos ou cachepôs e não vasos fixos, fazer dessa forma será muito importante futuramente, você não se arrependerá.

Se você já procurou por floreiras de janelas prontas nas lojas especializadas deve ter percebido que elas podem ser fabricadas com muitos materiais diferentes. Decidir qual instalar na sua casa geralmente é uma questão de preferência pessoal, mas vamos procurar listar abaixo os principais materiais utilizados e as vantagens e desvantagens de cada um deles para você ter mais subsídios.

Floreiras de madeira

Sempre há um charme extra em utilizar a madeira. A floreira fica com um visual muito acolhedor e convidativo que certamente chamará a atenção. É possível criar designs trabalhados com a madeira que deixarão a floreira ainda mais bonita e atraente, criando um estilo único para sua casa.

A desvantagem de utilizar a madeira é a quantidade de manutenção necessária. A madeira sofre muito com as intempéries, deforma e apodrece facilmente quando exposta ao excesso de umidade e resseca ao receber excesso de sol. Dependendo da tinta escolhida para sua pintura ela precisará ser repintada em intervalos de tempo muito curtos para manter a sua boa aparência.

Floreiras de ferro

As floreiras feitas com barras de ferro ou mesmo com ferro fundido são outra opção bem popular para serem instaladas sob as janelas. Você pode comprá-las prontas ou fazer uma espécie de gaiolas sob medida para suas janelas e encaixar os vasos dentro delas.

No caso de optar por essa solução, a desvantagem é a ferrugem que ataca o ferro. Assim como as jardineiras de madeira, será necessário uma manutenção periódica no ferro. A ferrugem se forma quando o ferro oxida ou é exposto à umidade e oxigênio ao longo do tempo.

Floreiras de cerâmica

As floreiras de cerâmicas são a melhor opção para quem não quer dedicar tempo para a manutenção periódica. Diferentemente do ferro e da madeira, elas não sofrem com a umidade nem com o sol. Além disso, geralmente são floreiras lindas.

A desvantagem da cerâmica é sua fragilidade. Nesse caso você deve ter muito cuidado com suas floreiras, elas podem quebrar facilmente com a manipulação ou queda. Além disso, se você tiver que substituir alguma que tenha se danificado, pode não conseguiu repor uma semelhante, o que pode prejudicar a fachada de sua casa.

Floreiras de plástico

As floreiras de plástico são provavelmente as mais duráveis e com menos manutenção. Elas não são tão frágeis como as de cerâmica e não apodrecem e enferrujam quando expostos à umidade como madeira e ferro.

No entanto, o plástico não tem o mesmo apelo estético das outras três opções. Embora seja uma opção mais barata e durável, as floreiras fabricadas em plástico geralmente não têm o mesmo brilho para acrescentar charme à fachada da sua casa.

Outra desvantagem do plástico é que, dependendo da cor escolhida, ele desbotará muito com o excesso de sol e claridade, deixando a floreira com um aspecto feio e de abandono, tendo que ser substituída com o passar do tempo.

Além dessas mais utilizadas, há também uma opção muito interessante e popular, que são as floreiras de concreto, elas também são muito boas, duráveis, de baixa manutenção – necessitam apenas serem repintadas ao longo do tempo -, porém são floreiras pesadas e é necessário verificar se não vão prejudicar a estrutura onde serão instaladas. Se possível, o ideal é apoiá-las no chão.

Essa decisão de como apoiar ou fixar suas floreiras de janela também é muito importante. Ela vai depender das condições de instalação e do estilo que você deseja para sua casa.

A floreira poderá ser suspensa sob a janela, essa é a forma mais utilizada. Pode ser uma continuidade do peitoril da janela, ou fixada um pouco abaixo dele, dependendo do efeito que você desejar e do que for plantar. Outra opção é não fixá-la diretamente na parede, mas pendurá-la, como se fosse um vaso de flor suspenso por um gancho. Outra opção importante é a que citamos acima, apoiar suas floreiras diretamente no chão, abaixo da janela.

Essas são as maneiras mais comuns usadas para fixar as floreiras, mas dependendo da arquitetura e da estrutura de sua casa, você ainda poderá optar por uma solução personalizada e única.


Depois de escolher o material preferido e a forma de instalar suas floreiras de modo que combinem com sua casa e com as condições oferecidas pelo local, é hora de escolher as plantas, certamente o item mais importante de suas floreiras.

Se suas janelas abrem para fora, por exemplo, você precisará escolher plantas que não atrapalhem a sua abertura. Você também precisa decidir-se entre plantas que cresçam para cima, que caiam em forma de cascata, ou que sejam rasteiras. Você quer privacidade? Instale plantas altas. Pense bem no objetivo de sua floreira.

Precisa analisar também a quantidade de claridade e umidade que suas floreiras receberão. Enfim, analise todos os aspectos necessários para que você tenha sempre plantas sudáveis, que embelezem suas janelas e não causem o efeito contrário, de enfeiá-las.

Julgamos que essas são as dicas mais importantes para você ter sucesso na instalação de suas jardineiras de janelas, se restarem dúvidas, pesquise, pergunte em casas especializadas e para profissionais da área.

Alguns urbanistas se especializam nesse tipo de solução, se você não se importar de dispender um pouco mais de dinheiro na contratação desse profissional também é uma boa opção fazê-lo.

Na galeria que selecionamos abaixo você poderá ainda, além de imaginar essas floreiras em sua casa, observar que soluções foram adotadas em cada caso. São 28 ideias ótimas, algumas geniais.

Boa sorte em seu projeto, depois de pronto envie-o para nós, teremos o maior prazer em publicá-lo aqui no blog.

Gostou dessas dicas? Então certamente você também vai gostar de ler esses outros textos que publicamos:
14 dicas de como aproveitar um espaço pequeno para fazer um jardim
Vasos autoirrigáveis
Dicas para o dia a dia, coisas que você vai se surpreender por nunca ter feito dessa forma
Saiba quais são os aromas que atraem boas energias
A importância de adotar um animal de estimação em vez de comprar
O significado das flores como presente para quem amamos
Toalha de mesa antiformiga funciona?

Gostou? Compartilhe...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *