Você curte loft? Inspire-se nesse projeto executado em Londres

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 4 minutos

Como surgiram e o que são Lofts? A origem do “estilo loft” está baseada no reaproveitamento de espaços, que antes de se tornarem residências, eram utilizados como depósitos, e que para essa finalidade tinham geralmente o pé direito muito alto e amplos espaços sem repartições internas. Esse movimento começou na década de 50 em Paris e em Nova Iorque.

Após algum tempo, com a exposição desse tipo de ambiente em alguns filmes de grandes bilheterias, esses ambientes caíram no gosto dos consumidores e começaram a ser projetados também em locais que originalmente não eram prédios utilizados anteriormente como depósitos industriais, mas que também tinham as mesmas características internas.

Por terem sido imaginados a partir do reaproveitamento de estruturas antigas, pela sua rusticidade inicial, pela maneira informal como foram concebidos e sendo seus primeiros moradores constituídos de um público alternativo, artistas e profissionais liberais, entre outros, o loft ficou associado à ideia de ambiente descolado.


As características mais marcantes de um loft são: Pé-direito alto, geralmente com a criação de um mezanino; presença de aberturas amplas e altas, como eram as existentes nos antigos galpões; tubulações hidráulicas e elétricas aparentes; revestimentos rústicos aparentes, como tijolos, pedras e piso basicamente de cimento; ambientes integrados, sem muitas divisões, mantendo a sensação de amplitude e liberdade.

Seguindo essa tendência, o escritório de arquitetura inglês Darling Associates, projetou treze apartamentos no estilo loft onde antes funcionava uma antiga escola, a Escola de Arte Saint Martins, na Charing Cross Road, em Londres. Os apartamentos ocupam quatro andares do edifício e ficam sobre a livraria Foyles, projetada pelo escritório Liftschutz Davidson Sandilands. Veja abaixo como era a estrutura original do prédio.

O design definido para os apartamentos respeita a rica história arquitetônica e artesanal do edifício, proporcionando uma moradia com todas as características do estilo loft. Cada apartamento é intencionalmente minimalista, respeita as características originais do edifício, e foram planejados para criar uma sensação de calmaria em pleno coração do vibrante distrito de Soho, em Londres.

Os ambientes de estar e de jantar nos cinco apartamentos duplex são de altura dupla e exploram a luz proporcionada pelas janelas originais do estúdio da escola. Os grandes terraços dos três apartamentos laterais e as duas coberturas foram projetados para fornecer vistas únicas do nível do telhado para o centro de Londres.

Todos os lofts foram projetados com a mais alta qualidade, no estilo industrial e usando materiais em sua forma bruta, visando mostrar a sua beleza natural. Todos os detalhes e acabamentos foram feitos sob medida, respeitando essa característica, desde as pias de concreto até as pedras utilizadas nas balaustradas. Estantes em estilo de bibliotecas foram projetados em cada um dos apartamentos para fazer referência à livraria Foyles, instalada abaixo.

A sensação de amplitude é complementada por portas de altura total, feitas sob medida, que se misturam às paredes para, visualmente, unir os ambientes. As paredes brancas são, de fato, uma tela em branco na qual os novos proprietários são encorajados a exibir sua coleção de arte pessoal e, talvez, reviver o ambiente das salas de aula antigas.



Na entrada do prédio e nos pisos dos apartamentos, o escritório Darling Associates escolheu referenciar o passado do edifício como a residência do Central Saint Martin’s College. O lobby abriga uma instalação de arte exibindo os nomes de ex-alunos notáveis. Este conceito é transportado por todo o corredores superiores, com fotografias e nomes de estudantes do passado e com suas obras de arte exibidas nas paredes.



Se você gostou desse assunto, provavelmente também vá gostar dessas outras postagens:
Procurando inspirações para aproveitar o espaço embaixo da escada? Veja 12 ideias criativas
Aprenda como utilizar a decoração para minimizar o calor
20 inspirações para você utilizar o clássico tapete listrado preto e branco na decoração
5 sugestões criativas e simples para renovar sua casa
DIY – Faça sua própria decoração de Natal
Vasos autoirrigáveis
Uma casa para morar e trabalhar, na qual o arquiteto priorizou a praticidade e o minimalismo

Compartilhe...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *