Como acertar na decoração monocromática

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 3 minutos

Se você pretende adotar uma decoração monocromática em algum ambiente da sua casa, deve tomar alguns cuidados para evitar que ela fique monótona, cansativa ou até vibrante demais.

A cor escolhida deve ser adequada e indicada ao uso que terá o ambiente, raramente se consegue um efeito positivo quebrando essa regra.

O que é decoração monocromática?

Decorar um ambiente com um esquema de cores monocromático, significa que você vai usar o mesmo tom em todos os elementos, do chão aos móveis, cor da tinta da parede, obras de arte e muito mais.

Os tons da cor principal podem variar muito, desde um tapete no tom mais escuro da tonalidade combinado com tinta ou móveis em tons mais claros. Ainda assim, o tom compartilhado é o elo comum encontrado em um espaço monocromático.

Decorar com uma única cor pode parecer monótono, no entanto, o resultado final pode ser impressionante. Ao projetar com um esquema de cores monocromático, você cria um espaço para os detalhes arquitetônicos, texturas únicas, elementos orgânicos e toques sutis de cor em um espaço se destacarem.

Mas, como não errar na decoração monocromática?

Há cores ideais para cada ambiente de uma casa, portanto não adianta você insistir em uma cor que não vai trazer o efeito desejado.

Veja o exemplo abaixo. Quem gosta da cor laranja pode achar esse dormitório lindo, mas ele dificilmente cumprirá sua função de ser um ambiente de descanso.

Esse resultado é mais difícil de conseguir, porque, em geral, a cor do piso, do teto e dos móveis sempre ajudará a quebrar essa unanimidade.



Na utilização da decoração com uma cor só deve-se usar diferentes tons e saturações dela e combiná-la com as cores branca, preta, ou cinza, para evitar que o resultado fique enjoativo.

Os tons mais fortes, ou mais saturados, devem ser usados em superfícies menores e os mais claros em superfícies maiores. Veja o dormitório abaixo, que apesar de ter sido decorado também em tons de laranja, ficou muito mais agradável e acolhedor que o anterior.

Você pode optar pela cor de sua preferência e usá-la em qualquer ambiente, porém, aconselhamos que tente combinar a energia da cor com o uso que será dado ao local que será decorado. Explicamos isso no texto “Decoração, acerte nas cores!” que publicamos aqui no blog “Lar, Doce Lar”.

Caso sua cor preferida não seja a mais adequada àquele ambiente, opte por utilizar tons claros. Com pequenos detalhes mais fortes.

Lembre-se, monocromático significa uma cor, mas não uma tonalidade. Sempre varie. Se você for usar uma segunda cor – que não seja preta, branca ou cinza, conforme explicamos acima -, já não estará usado o esquema monocromático, neste caso, o ideal é dar uma conferida no esquema de harmonia de cores, que publicamos com o título: “Como combinar as cores na decoração“.

Descubra ambientes monocromáticos de tirar o fôlego

Selecionamos abaixo alguns exemplos de ambientes monocromáticos para que você possa se inspirar.



Leia também:
Dicas de decoração de quarto de casal
Decoração, acerte nas cores
Bom gosto, você tem?
Evite os 10 erros mais comuns na decoração da sala de estar
Você curte loft? Inspire-se nesse projeto executado em Londres
Vasos autoirrigáveis
Procurando inspirações para aproveitar o espaço embaixo da escada? Veja 12 ideias criativas
Você mora em uma casa ou um lar?
60 ideias para decoração de interiores colorida
50 ideias incríveis de cozinhas azuis e muitas dicas

Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *