Você já ouviu falar em kokedama? Aprenda a fazer e inspire-se aqui

A palavra kodekama tem origem japonesa e significa bola de musgo. Também conhecido como como “string garden” (jardim de fios ou jardim de cordas), o kokedama é um arranjo feito com plantas ornamentais que fica suspenso, pendurado por um fio – geralmente de nylon para parecerem flutuar. Os kodekamas são perfeitos para pequenos espaços, onde ficam lindos e transformam incrivelmente o ambiente onde são colocados.

Se você nunca tinha ouvido falar em kodekama – a bola de musgo que é uma tradição japonesa é uma variante do bonsai, muito difundido no Brasil -, certamente vai se encantar com as possibilidades que esse jardim suspenso oferece. Flutuando no ar, os kodekamas não ocupam espaços sobre nenhuma superfície e não concorrem com os espaços na parede. Além disso, utilizá-los traz economia em função de que dispensam a utilização de vasos, pois cada planta pendurada fica contida em seu próprio recipiente coberto de musgo e os fios necessários para pendurá-los também não têm custo elevado.

Segundo a tradição, o kokedama originou-se de um bonsai cultivado em uma panela, que formou tantas raízes que ao ser retirado do seu vaso manteve sua forma, dizia-se também que era o bonsai dos pobres, que não tinham recursos para comprar vasos. De qualquer forma, eles ficam lindos e únicos.

E então, os kokedamas despertaram seu interesse? Como somos muito curiosos e estamos sempre em busca de novos DIY (faça você mesmo) para trazer aos nossos leitores, decidimos pesquisar bastante sobre esse assunto e em diversas fontes.

Embora pareça complicado preparar um kokedama, na verdade não é. A ideia é simplesmente envolver as raízes de uma planta em uma bola de musgo. Eles são simples de fazer e também são um excelente presente para alguém que estimamos. Além disso eles vivem muito tempo quando bem cuidados, da mesma forma que as plantas cultivadas em vasos.

O melhor passo a passo que encontramos foi: “Como Fazer Kokedama: Jardins Suspensos Perfeitos para Pequenos Espaços”, publicado no site Apartment Therapy e que traduzimos e adaptamos abaixo.

Para fazer seu próprio kodekama, você vai precisar de:

  • Uma planta pequena ornamental. O ideal é escolher plantas que não exijam muito sol, pois o musgo se desenvolve melhor à sombra. O ideal é escolher espécies pequenas pois o espaço para plantio dentro da bola é limitado. Algumas boas opções são: samambaias, jades, suculentas, begônias, Philodendron (Imbé), planta-aranha, joboia. Você pode escolher outras plantas que se adaptem bem a sua região, mas o ideal é respeitar os preceitos acima, de serem pequenas e se adaptarem a lugares úmidos e pouco iluminados;
  • Pedrinhas;
  • Musgo de turfa;
  • Argila;
  • Musgo de folha;
  • Um rolo de barbante ou cordão.

Passo a Passo para fazer um kodekama:

Misture bem as pedrinhas, o musgo de turfa e a argila na proporção de 70% de pedrinhas e 30% de musgo de turfa e argila. Enquanto mistura, vá adicionando água suficiente para formar uma massa moldável e homogênea, de forma que se crie um solo que não se desmanche, mas não tão duro e denso, de forma que as raízes consigam respirar. Seguir essa receita é muito importante para seu kokedama se desenvolver.

Usando os polegares, cave um pequeno buraco no centro da bola. Tome o cuidado de retirar qualquer excesso de solo anterior das raízes das plantas antes de colocá-las no buraco. Molde o solo ao redor das raízes e acrescente um pouco mais da mistura para tapar o que sobrar do buraco se necessário.

Cubra a bola com musgo de folha pressionando-o suavemente sobre a mistura. Não se preocupe se o musgo de folha não ficar muito firme nesse momento, pois ao envolvê-lo como o barbante (próximo passo) isso será solucionado.

Enrole a bola com o barbante, certificando-se de cobrir todos os lados, incluindo o fundo. Ao final, dê um nó para que ele fique firme. Para pendurar o kokedama, você pode utilizar também este mesmo barbante, prendendo-o em ambos os lados, ou um fio de nylon.

Pendure seu kokedama em um local com pouca luz direta e pulverize água sobre ele. Depois, as regas devem ser feitas sempre que necessário mergulhando a bola de musgo em um recipiente com água e deixando que ela absorva a água por cerca de 5 a 10 minutos.

Está pronto seu primeiro kokedama, o que achou? Fácil, não é mesmo? Veja abaixo alguns kokedamas que selecionamos para você se inspirar, eles realmente ficam muito encantadores e interessantes, alegrando e embelezando o ambiente.

Se você gostou desse assunto, provavelmente também vá gostar dessas outras postagens:
DIY – Terrários – ideias, dicas e o passo-a-passo para montar o seu
Como cuidar de suculentas
Vasos autoirrigáveis
Você sabia que a jardinagem faz bem para a saúde?
Você curte suculentas? Selecionamos algumas curiosidades sobre elas
DIY – Você curte jardins verticais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *