A importância da adubação de hortas e jardins

Você sabe o que é, e para que serve o adubo? Qual a importância da adubação nas plantas?

Adubo é um conjunto de resíduos animais ou vegetais, naturais ou químicos, que devemos misturar à terra para fertilizá-la ou regenerá-la, restituindo-lhe os componentes perdidos pela sua utilização e necessários para um novo plantio rico e saudável. É pela adubação que o solo é enriquecido com diversos nutrientes e elementos químicos essenciais ao crescimento dos plantas, como por exemplo nitrogênio, fósforo, enxofre, cálcio, potássio, cobalto, entre diversos outros.

Assim como os animais, quanto mais bem alimentadas e bem nutridas, mais as plantas produzem, ficam lindas e exuberantes. Siga essas dicas de adubação e cuidados com o solo para ter plantas sempre lindas e saudáveis:

  • Entre uma colheita dos vegetais de sua horta e a nova plantação, prepare o canteiro misturando composto orgânico no solo. Cubra-o com uma camada de grama cortada e deixe natureza seguir seu curso. Em duas ou três semanas seu canteiro estará pronto para um novo plantio;

  • As minhocas são extremamente benéficas para a horta, pois aumentam a oxigenação do solo, fundamental para a obtenção de nutrientes pela planta. Para incentivar o aumento de minhocas na horta, procure usar fertilizantes naturais e orgânicos;
  • Um solo saudável significa uma próspera população de micróbios, minhocas e outros organismos. Um solo rico irá produzir plantas mais robustas e mais resistentes a pragas e doenças;
  • Um pequeno aumento de cinco por cento em material orgânico (composto) no solo quadruplica a capacidade de armazenamento de água por ele;
  • Utilize a água do cozimento dos legumes para fertilizar suas plantas, espere esfriar completamente e despeje sobre o solo, essa água contém uma grande quantidade de nutrientes excelentes para adubação;
  • Periodicamente, coloque em sua horta um pouco de cálcio. Liquidifique cascas de ovos e misture-as na terra, esse procedimento aumentará muito a absorção de cálcio pelas plantas;
  • Não exagere na quantidade de adubação do solo, adubar demais também pode matar ou prejudicar a planta, na dúvida, procure sempre informar-se sobre a quantidade ideal para cada espécie.
  • Para adubar hortas em vasos e jardineiras, retire uma parte da terra já existente nele, misture-a com os compostos e recoloque-a no lugar;
  • Os resíduos orgânicos da nossa casa, como: pó de café, folhas, galhos, cascas de vegetais, cascas de frutas, entre outros, que costumamos jogar no lixo, são excelentes adubos;
  • Esterco de galinha é fenomenal para um desenvolvimento rápido e viçoso das plantas,mas não exagere na dose, esterco demais também pode matar a planta;
  • Humos de minhoca é extremamente rico em sais minerais, é inodoro, leve, macio e asséptico, excelente para nutrir as plantas;
  • Se você está substituindo uma planta por outra em um vaso, adube sempre a terra que receberá a nova planta, pois a planta que está sendo substituída pode ter a exaurido.

 
Essas dicas são válidas para todas as plantas, as quantidades e qual adubo utilizar em cada uma depende da espécie que está sendo plantada e da situação em que se encontra o solo, informe-se sempre sobre qual a adubação mais adequada para cada caso.

Se você gostou dessas dicas, provavelmente também vá gostar dessas:
Vasos autoirrigáveis
5 plantas para cultivar dentro de casa
+ 7 plantas para cultivar dentro de casa
Bokashi, o adubo orgânico japonês que está fazendo sucesso no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *