5 plantas para cultivar dentro de casa

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 4 minutos

Todas as espécimes de plantas precisam de luz, de preferência solar. Sem luz geralmente elas não conseguem se alimentar. Graças à luz, que incide sobre elas, as plantas realizam a fotossíntese, processo em que absorvem a água e os sais minerais através das suas raízes, transportando-os até suas folhas.

É por isso que plantas colocadas em locais escuros se desenvolvem menos que as mesmas espécimes de plantas expostas à quantidade correta de luz.


Como já comentamos na postagem “Vasos autorrigáveis“, as plantas são itens imprescindíveis para transformar uma casa em um lar. É senso comum que elas trazem alegria, vida, cor, natureza e alma para dentro de nossas casas, além é claro, de funcionarem como item de decoração.

Porém, não é qualquer planta que se adapta à luminosidade oferecida pelos espaços internos que temos disponíveis. Por isso, selecionamos abaixo algumas espécimes que conseguem se adaptar melhor em locais fechados e menos iluminados.

Dracena – Dracaena fragrans

A dracena, também conhecida como pau-d’água, é um arbusto muito cultivado em diversas partes do mundo por sua capacidade de adaptação aos ambientes internos e às diferentes temperaturas.

A dracena não exige muita luz, portanto é perfeita para halls de entrada, salas íntimas, ou recantos pouco iluminados.

Resistente, ela requer muito pouco cuidado para se manter sempre saudável e bonita.

Não é indicada para ambientes com temperatura muito baixa, pois suas folhas ressecam nessa situação.

As folhas podem ser limpas com um pano úmido sem prejudicá-las.

Não necessita de luz direta e exige muito pouca água.

****

Lança-de-são-jorge – Sansevieria cylindrica

A lança-de-são-jorge é uma planta herbácea e suculenta, muito resistente e com folhas cilíndricas e verticais que crescem em forma de leque. Suas características esculturais e sua rusticidade transformam-na em uma planta ornamental de interior por excelência.

Quando bem cuidadas e saudáveis, as folhas da lança-de-são-jorge são verde escuras com algumas raias verde claras.

Floresce na primavera, a partir da base da planta, mas é linda o ano todo, as flores são apenas um prêmio a mais para quem a cultiva.

Pode ser mantida à meia-luz e deve ser regada diretamente na terra, tomando cuidado para não molhar as folhas.

Também tolera ambientes com ar condicionado.

Como a lança-de-são-jorge cresce verticalmente, procure um espaço não muito baixo de altura, pois isso atrapalhará seu crescimento.

****

Violeta – Saintpaulia ionantha

Pequenas e ao mesmo tempo exuberantes, as violetas adaptam-se muito bem a ambientes internos e, em condições favoráveis de luminosidade e adubação, podem florir durante todo o ano.

Essa espécie de flor apresenta uma enorme variedade de cores e é uma das plantas decorativas mais utilizadas.

A violeta pode ser cultivada em vasos pequenos, suas raízes não são muito profundas e deve ficar exposta à luz indireta. O grande segredo para ela florescer, é escolher um local que tenha muita luminosidade, porém sem sol a pleno sobre ela.

É muito importante tomar cuidado para não molhar as folhas e flores no momento da rega e nem encharcar a terra demais, pois o excesso de água apodrece essa planta.

****

Cheflera – Schefflera arboricola

A cheflera é muito resistente e vigorosa, quanto maior o vaso em que esteja plantada, mais ela cresce.

Em ambientes externos e plantada diretamente no solo transforma-se em um arbusto maior que muitas árvores.

A cheflera pode ter tonalidade totalmente verde brilhante ou verde e amarela. É uma planta rústica de muito pouca manutenção e cuidado. Pode ser cultivada a sol pleno ou a meia sombra, nas duas situações se adapta muito bem.

Na primavera produz florzinhas amarelas que se transformam em pequenas frutinhas.

A raiz da cheflera é invasiva, portanto deve ser plantada sozinha em um vaso para não prejudicar as outras espécimes.

****

Lírio-da-paz – Spathiphyllum wallisii

O lírio-da-paz é uma das poucas espécies que conseguem florescer à sombra, ou com muito pouca luz, por isso, é perfeito para ambientes fechados.

Para cultivá-lo sempre bonito e saudável, o ideal é manter o solo sempre úmido e adubado. Deve ser evitado o contato direto com a luz solar, que queima as suas folhas.

A flor do lírio da paz é branca como a neve e simboliza a paz, por isso ficou conhecido por esse nome.

Com o passar do tempo, e em ambientes muito pouco iluminados a flor se torna esverdeada. Suas folhas são verde escuras e brilhantes.

De crescimento rápido em temperaturas mais elevadas, o lírio não suporta ambientes muito frios.


Se você gostou destas dicas, provavelmente também vá gostar dessas:
Vasos autoirrigáveis
+ 7 plantas para cultivar dentro de casa
A jardinagem e a saúde física e mental
Horta – o que plantar em cada mês
Sugestões de Presentes Criativos
Vasos autoirrigáveis, mais um teste de sucesso
Um cactus diferente para alegrar sua casa
Tudo sobre tulipas. Aprenda também como cultivar tulipas em vasos

Compartilhe...

2 comentários em “5 plantas para cultivar dentro de casa

  1. Aninha disse:

    amei, publiquem mais sobre esse assunto

  2. Rogerio dos Santos disse:

    Eu tenho cheflera dentro e fora de casa, é sensacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *