Como montar um jardim de baixa manutenção e fácil de cuidar

Compartilhe com seus amigos

Tempo estimado para leitura: 5 minutos

Para termos um jardim bonito e agradável não significa necessariamente termos que dedicar todo o nosso tempo livre para mantê-lo ou termos que gastar um fortuna mensal com jardineiro. Disponibilizaremos abaixo algumas dicas, através das quais você criará facilmente um jardim de baixa manutenção que pode ser o jardim dos seus sonhos.

Com a vida atribulada que a maioria das pessoas leva hoje em dia não sobra muito tempo para uma dedicação grande na manutenção de um jardim, com isso, ele poderá facilmente acabar por se transformar em um jardim feio e mal cuidado, que em vez de embelezar a casa, se transforme em um transtorno.

Praticamente todas as plantas e equipamentos que compõem um jardim exigem manutenção. Entretanto, as escolhas que fizermos no planejamento e montagem do jardim é que determinarão se ele exigirá muita ou pouca manutenção.

Ao contrário de algumas pessoas que escolhem propositalmente plantas que exijam muita manutenção justamente para manter-se ocupadas em seu jardim, outras, apesar de também adorarem o hobby da jardinagem, nem sempre têm condições, ou não querem dedicar grande parte do seu tempo nele.

Essas preferem montar um jardim que também seja atrativo, mas que seja funcional, evitando assim passar seus dias livres retirando matos dos canteiros de flores e gramados, adubando, revolvendo a terra, podando galhos, entre outras atividades demoradas e desgastantes.

A solução ideal nesse caso para aproveitar melhor o espaço ao ar livre do jardim é projetá-lo com escolhas que possibilitem uma fácil manutenção.

Se é esse o seu caso e tendo isso como objetivo, vamos procurar ajudá-lo nessas escolhas com as dicas a seguir.

Gramado

A grama, por exemplo, é um local do jardim onde a maioria das pessoas gosta de ficar, as crianças adoram brincar sobre ela e quem tem animais de estimação sabe que é imprescindível em um jardim. Porém, a maioria das pessoas detesta ter que apará-la e recolher a grama seca.

Se você quer manter um gramado em seu jardim, a dica para aliviar a carga de trabalho para mantê-lo é procurar reduzi-lo ao espaço mínimo necessário e procurar manter a grama apenas em locais planos do terreno, evitando assim muita dificuldade em cortá-lo.

Além disso, ao cortá-lo, você não necessariamente precisa recolher a grama seca, pode varrê-la para canteiros que estejam próximos do gramado, ela funcionará como adubo.

Em locais mais íngremes do terreno ou de difícil acesso opte por canteiros com flores de baixa manutenção, plantas perenes, ou ainda gramados que nunca necessitem ser cortados, como a grama amendoim, por exemplo.

Se você quer necessariamente ter um gramado em seu jardim, mas não quer cortá-la de forma nenhuma e nem contratar alguém para fazer isso, considere utilizar grama artificial, hoje existem opções de gramados artificiais duráveis e que imitam muito bem a grama natural.

Uma alternativa interessante para gramados também é utilizar pedriscos ou algum outro tipo de material poroso que não esquente e substitua o gramado eficientemente, o verde pode ficar apenas nos canteiros de flores e folhagens. É possível fazer isso sem passar a sensação de falta de natureza.

Deck

Se o seu terreno tem declives que dificultem o acesso para cuidar do jardim, analise a possibilidade de fazer um deck para nivelá-lo.

Além de ser muito fácil de mantê-lo, você ainda aumentará o espaço útil em seu jardim.

Um deck pode receber vasos com plantas fáceis de manter, um espaço de convivência que, se fechado, pode até se transformar em um jardim de inverno.

Você pode ainda colocar sobre ele uma mesa para refeições em meio a natureza, ou um lounge para curtir seu jardim confortavelmente.

O único cuidado nesse caso é planejar um deck com materiais duráveis e de baixa manutenção, existem hoje muitas possibilidades, pesquise os materiais mais adequados para a região em que você mora. Adaptar o deck ao clima, à incidência de sol ou de chuva são fundamentais nessa escolha.

O deck pode ser feito com materiais naturais ou sintéticos, existem ainda resinas e tintas que prolongam por muitos anos a durabilidade sem manutenção.

Ervas daninhas (mato)

Remover ervas daninhas são o pior pesadelo para quem não quer passar o dia trabalhando no jardim. Procure minimizar os espaços onde elas possam se desenvolver.

Existem também produtos duradouros que evitam o seu desenvolvimento em grande escala.

É claro que se você mora em um local com muitos pássaros e outros animais que trazem as ervas daninhas até o seu jardim, é impossível não ter que conviver com elas, mas procure orientação sobre como reduzi-las ao máximo.

Separadores de canteiros

Outra atividade que consome muito o tempo na manutenção de um jardim são as invasões de um canteiro em outro, ou da grama nos canteiros.

Isso é muito fácil de resolver com separadores de canteiros. Você pode fazer isso de várias formas, com pedras, madeira, pedriscos, cascas de árvores, concreto, entre outras opções.

Existem tiras plásticas criadas especialmente para isso, elas podem ser encontradas em todas as lojas de produtos para jardinagem.

Pode ter certeza que essas bordas de canteiros certamente diminuirão grande parte do trabalho.

Caminhos

Intercale seus canteiros e gramado com caminhos de passagem.

Procure utilizar material resistente às intempéries, o sol e a chuva podem ser muito nocivos para alguns materiais. Evite materiais perecíveis, como cascas de árvores e madeiras não tratadas nesses caminhos. 

Os caminhos também deixam o jardim mais sofisticado, organizado e agradável.

Dependendo do estilo que você deseja, pode usar pedras, pedriscos, concreto, paralelepípedo, isso dependerá de quanto você pretende gastar também.

Hoje também existem materiais sintéticos fabricados especialmente para fazer caminhos de jardins.

Um dica extra para diminuir ainda mais a manutenção se você for utilizar materiais que tenham espaço entre eles, como pedriscos, por exemplo. Coloque abaixo do caminho uma lona plástica, dessa forma as ervas daninhas e o mato não brotará no meio do caminho.

Escolha das plantas

A escolha das plantas do seu jardim é outro item fundamental para evitar o trabalho em excesso com podas e reposições.

Procure instalar plantas perenes e adequadas ao clima de sua região. Folhagens e flores silvestres são ótimas e dificilmente exigem uma intervenção sua.

Cactus e suculentas são outras plantas de baixa manutenção.

Plantas como as lavandas, por exemplo, além de perfumarem muito um jardim, não exigem nenhuma manutenção.

Outra dica sobre as plantas, procure mantê-las adubadas e saudáveis, algumas exigem mais água ou mais adubo que outras, mas é mais fácil dedicar um pouco de tempo cuidando delas do que ter que substitui-las constantemente.

Vasos

O uso de vasos é fundamental na criação de um jardim de pouca manutenção.

Há várias vantagens na utilização de vasos, como por exemplo, eles limitam o crescimento das raízes, portanto as plantas que você não quer que se desenvolvam muito devem ser plantadas em vasos.

Outra vantagem é que eles podem ser trocados de lugar, conforme a época do ano, se você quiser aumentar, ou diminuir a insolação.

Os vasos também embelezam um jardim com seus designs e podem ser colocados sobre decks, conforme comentamos acima.

Você também pode optar por vasos enterrados se não quiser tê-los aparentes, eles também controlarão o crescimento das plantas e evitarão que plantas com raízes invasivas sufoquem as outras.

Outros elementos do jardim

Se você gosta de ter outros itens em seu jardim, como esculturas, brinquedos infantis ou outros equipamentos para seu conforto e lazer, procure sempre ter o cuidado de que eles tenham sido fabricados com materiais duráveis.

Gostou dessas dicas? Então certamente você também vai gostar de ler esses outros textos que publicamos:
Dicas naturais para eliminar ou diminuir o mato do jardim
12 erros que devem ser evitados ao montar um jardim
24 ideias para embelezar ainda mais um jardim utilizando pedriscos
A importância da adubação de hortas e jardins
Como iluminar o jardim e as áreas externas eficientemente
Jardinagem, o hobby que me encanta!

Compartilhe com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *