Quanto o seu cão entende você?

A maioria dos cães sabe o que você quer dizer quando diz “senta” ou “fica”, e alguns deles conhecem também a palavra “não”, mas quanto mais eles têm capacidade de entender?

Algumas famílias são obrigadas a parar de utilizar certas palavras em seu vocabulário como “passear”, “passeio” ou até “vamos” para que seus cães não achem que é hora de sair para dar aquela tão esperada caminhada do dia e explorar o mundo.

Alguns especialistas apregoam que os cães entendem, em média, algo entre 100 e 200 palavras, o que corresponde a um nível de vocabulário típico de seres humanos de 2 a 3 anos de idade.

Alguns cães, como aqueles que convivem com pessoas surdas, também são conhecidos por responder a sinais manuais mesmo sem comunicação verbal.

Como os cães entendem palavras diferentes, no entanto, não é bem compreendido. Por exemplo, seu cão sabe que “sapato” é uma coisa que você usa para proteger seus pés enquanto caminha fora? Ou o seu cão acha que a palavra “sapato” significa “traga-me aquele objeto que eu uso quando saio pela porta”?

O senso comum entre os amantes de cães diz que o tom da sua voz é tudo o que importa quando você se comunica com o seu cão. Você pode dizer qualquer coisa, e contanto que você use um tom de voz feliz, seu cão vai entender que ele tem sido um bom cão.

Já no ano de 2016, pesquisadores de Budapeste, na Hungria, testaram essa hipótese treinando 13 cães domésticos para se sentarem em um scanner de ressonância magnética funcional. A técnica de fMRI – abreviação em inglês de ressonância magnética funcional -, monitora a atividade cerebral, medindo as mudanças no fluxo sanguíneo para diferentes áreas do cérebro.

Os pesquisadores monitoraram a atividade cerebral do grupo formado principalmente por cães das raças border collie e golden retriever ao ouvirem palavras típicas de aprovação, bem como palavras neutras, como conjunções em tons neutros e elogiosos.

De acordo com o trabalho, publicado na revista Science, quando os cães ouviam palavras de elogio, em ambos os tons de voz, a atividade era notada no lado esquerdo do cérebro, sugerindo que o hemisfério esquerdo no cérebro de um cão processa a linguagem, assim como em humanos.

O tom de voz ainda importava, no entanto, porque a atividade no centro de recompensa, a área no cérebro do cão que processa feedback positivo, não só registrava quando os cães ouviam elogios em tom positivo, mas também a voz neutra.

Assim, os cães conseguiram processar as palavras e o tom em que foram ditas. Attila Andics, um dos principais pesquisadores responsáveis pelo estudo, resumiu: “Os cães não apenas distinguem o que dizemos e como dizemos, mas também podem combinar os dois para uma interpretação correta do que essas palavras realmente significam. Isso é muito parecido com o que os cérebros humanos fazem”.

O estudo não é capaz de confirmar o significado que os cães associam a cada uma das palavras que ouviram, mas sugere que eles são capazes de separar palavras significativas (como aquelas que comunicam elogios) de palavras que não têm nenhum significado para eles.

Porém,  os pesquisadores não fizeram nenhuma referência sobre se seu cão ficará feliz em ouvir você chamá-lo de “o cão mais idiota de todos os tempos”, desde que você o diga isso com uma voz agradável e um sorriso.

Se você gostou desse assunto, provavelmente também vá gostar de ler sobre esses:
Animais de estimação contribuem para diminuir o estresse
Você pretende ter um animal de estimação?
9 dicas maravilhosas para donos de gatos inexperientes
Saiba que plantas você deve evitar se tiver animais em casa
14 alimentos que jamais devem ser dados para cães
Como fazer seu cachorro parar de latir dentro de casa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *