Café combate a impotência sexual?

Gostou dessa postagem? Compartilhe com seus amigos

A disfunção erétil, conhecida popularmente como impotência sexual, é a incapacidade masculina em obter e manter uma ereção firme o suficiente para uma relação sexual. É a forma mais comum de disfunção sexual masculina e afeta, por exemplo, mais de 18 milhões de homens com idades acima de 20 anos nos EUA, no Brasil, metade dos homens acima dos 40 anos de idade também sofrem com ela.

Esse assunto muitas vezes é tratado como um tabu, e por sua amplitude provoca os cientistas a pesquisarem muito sobre ele. Um destes estudos, publicado pela revista científica norte-americana Plos One, considera a hipótese de que a cafeína contida no café, nos refrigerantes e nas bebidas energéticas, por exemplo, pode apresentar resultados muito positivos na luta contra essa doença. De acordo com a pesquisa, consumir de duas a três xícaras de café por dia pode ser suficiente para reduzir o risco dos homens virem a sofrer de impotência sexual em até 42%.

A pesquisa, conduzida pela Universidade do Texas, nos EUA, baseou-se em dados de um censo nacional norte-americano, considerando a ingestão de cafeína através do café, do chá, dos refrigerantes e das bebidas energéticas. Os pesquisadores, liderados por David S. Lopez, professor da universidade, descobriram que os homens que consumem entre 85 a 170 miligramas de cafeína, o equivalente a duas a três xícaras de café, por dia tinham 42% menos probabilidades de sofrer de disfunção erétil do que os que ingerem entre 0 a 7 miligramas diários.

Segundo o estudo, os homens que ingerem uma quantidade superior, entre 171 e 303 miligramas de cafeína por dia, apresentam, também, um risco 32% inferior ao dos restantes de vir a apresentar esse problema, uma tendência que se observou tanto em homens saudáveis como em indivíduos com excesso de peso, obesidade ou hipertensão.

Entretanto, os pesquisadores alertaram que há uma exceção a considerar. “Embora tenhamos observado uma redução da prevalência da disfunção erétil entre os homens obesos, hipertensos ou com excesso de peso, isso não aconteceu com os homens diabéticos, já que a diabetes é um dos maiores fatores de risco para provocar esse problema”, explicou David S. Lopez, acrescentando ainda que este fato “não foi surpreendente”.

Ainda de acordo com os cientistas, o papel dessas bebidas na redução do risco de impotência deve-se à atuação da cafeína ao nível de um mecanismo biológico específico, que desencadeia uma série de efeitos farmacológicos responsáveis pelo relaxamento das artérias do pênis e, consequentemente, pela melhoria do fluxo sanguíneo.

Se você gostou desse assunto, provavelmente também vá gostar desses:
Vitamina C previne doenças cardiovasculares
Quer emagrecer? Pese-se todos os dias
Chocolate melhora o funcionamento do cérebro
Como criar o hábito de caminhar
Animais de estimação contribuem para diminuir o estresse
Conheça a dieta que previne doenças e atrasa o envelhecimento

Gostou dessa postagem? Compartilhe com seus amigos

Um comentário em “Café combate a impotência sexual?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *