Como plantar, como cuidar da Buganvília (Primavera) e muito mais

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 7 minutos

A Buganvília, também conhecida como Santa-Rita, Três-Marias, Primavera, Bouganvillea ou Bouganville é uma planta exuberante de clima tropical com origem na região sul do Brasil, mas que se adaptou bem às outras regiões do país.

Além de sua exuberância, a Primavera caracteriza-se pela sua linda e colorida floração, que pode brotar quase o ano inteiro, dependendo do clima e das condições do local onde está plantada. Por isso é uma das plantas mais admiradas por quem gosta de paisagismo.


Saiba tudo sobre a Buganvília

A Primavera é formada por um arbusto escandente (com um caule que se enrola e apoia em suportes para subir, uma espécie de trepadeira) e que portanto pode ser manipulada para conferir à ela o formato e a direção desejados.

Na Região Sul do Brasil, onde o clima do inverno é mais frio a Buganvília geralmente floresce na primavera e no verão, sempre chamando a atenção de todo mundo para o seu colorido.

Por ser uma planta muito resistente, ela também se adaptou à Europa, para onde foi levada pelo navegador e escritor francês Louis Antoine de Bougainville. Justamente por esse motivo é que a Primavera recebeu o nome científico de Bougainvillea Spectabilis e também passou a ser chamada Buganvília aqui no Brasil.

Hoje a Bougainville pode ser encontrada em praticamente todos os continentes. Observe a foto abaixo tirada em um prédio residencial em Shenzhen, na Província de Guangdong do sul da China para entender sua capacidade de adaptação e exuberância.

Bouganville na China

E nessa pousada italiana, que recebeu o nome de “La Bouganville” em homenagem à planta, situada em Arma di Taggia.

Bouganville na Itália

Características da Buganvília, cores e formato das flores

O caule da Primavera, que como explicamos acima, se agarra e se apoia em suportes que encontra para subir, é composto também por espinhos vascularizados (são os chamados espinhos verdadeiros) em algumas espécies. Esses espinhos não devem ser removidos, pois prejudicarão a planta.

Suas folhas são pequenas, com formato simples, nervuras reticuladas e extremidades lisas. Crescem a partir do caule de forma alternada.

Sua flores também são pequenas e envolvidas por 3 brácteas grandes e vistosas – brácteas são folhas que se parecem com flores, porém são estruturas foliáceas (folhas modificadas).

As flores podem ser encontradas em diferentes tons de branco, rosa, coral, carmim, laranja, vermelho, púrpura e amarelo.

A propósito, se você não sabia até então o que são brácteas, uma curiosidade sobre elas é que sua função é proteger as flores, que geralmente são mais delicadas. Elas têm as cores, formas e texturas muito parecidas com as das pétalas das flores que envolvem, fazendo assim com que os polinizadores se sintam mais atraídos.

O nome “Três-marias” para a Primavera surgiu devido ao fato das brácteas que envolvem a flor se reunirem sempre em grupos de três.

Hoje a maioria das Buganvílias são híbridas, é possível encontrá-las com muitas variações e tamanhos diferentes da espécie original. Suas brácteas formam-se em grandes cachos nas pontas dos galhos e em diversas cores. Inclusive algumas espécies híbridas já não têm mais os espinhos que comentamos acima.

Todas as espécies tendem a subir em direção ao céu, apoiando-se em árvores, estacas, pérgolas, paredes ou qualquer outro apoio que consigam se agarrar.

São espécies muito versáteis e por isso são muito utilizadas no paisagismo. Podendo ser utilizadas como trepadeira, em arcos, em pórticos, sobre muros e até mesmo para como bonsai. Aceitam muito bem a topiaria.

O crescimento da Buganvília é bem rápido, dependendo das condições oferecidas, uma muda poderá atingir facilmente até 5 metros em apenas 2 anos.



Uso medicinal da Buganvília

A flor da Primavera foi e continua sendo muito estudada pelos cientistas no tratamento de diversas doenças. Muitos dos seus benefícios já foram confirmados e já estão sendo aplicados.

Não pretendemos indicar aqui nenhum tratamento de saúde, pois isso deve ser feito por especialistas. Vamos apenas listar abaixo alguns dos benefícios atribuídos a essa planta para você entender melhor a sua importância também nessa área.

Para cada problema de saúde existem receitas com a forma e a quantidade certa que deve ser consumida a flor de Buganvília. Seja através de chás, sucos, consumo da própria flor e até mesmo remédios que já estão sendo produzidos por laboratórios.

  • Como desintoxicante: o consumo regular da flor da Primavera ajuda o organismo a liberar as toxinas e tem ação antibacteriana;
  • Combate a tosse e melhora as funções pulmonares: a flor da Primavera possui propriedades expectorantes que melhoram o trato respiratório e eliminam o muco;
  • Alivia a dor de garganta: a dor de garganta geralmente é causada por alergias ou infecções, a flor da Primavera tem propriedades antissépticas que reduzem a inflamação e aliviam a dor;
  • Combate o diabetes: pesquisas científicas demostraram que a flor da Primavera contém propriedades que regeneram as células pancreáticas e possuem efeitos semelhantes ao da insulina. Outras partes da planta também fazem parte de estudos;
  • Alívio da febre: infusão de flor da Primavera ajuda a reduzir a febre por possuir propriedades antipiréticas;
  • Recupera a flora intestinal: como a flor da Primavera elimina as toxinas, ela ajuda a combater a diarreia causada por infecções;
  • Alivia a dor de estômago: a flor de Primavera reduz a acidez estomacal causadora da dor, alivia as ulcerações e tem efeito anti-inflamatório;
  • Propriedade antisséptica para a pele: a flor da Primavera pode ser usada como limpador facial. Limpa profundamente a pele e previne a acne;
  • Alivia as dores nas articulações: a flor da Primavera combate o problema mais comum de dor nas articulações pela inflamação gerada pelo alto consumo de açúcares;
  • Aumenta a pressão sanguínea: a flor da Primavera aumenta a pressão arterial anormalmente baixa, também conhecida como hipotensão. Justamente por esse motivo seu consumo deve ser evitado por quem tem hipertensão;
  • Aumenta o bom colesterol: a flor da Primavera combate as placas e melhora a função endotelial coronariana, reduzindo os problemas cardíacos. Também ajuda a prevenir o infarto do miocárdio e cerebral;
  • Tem efeito neuroprotetor e antioxidante: a Primavera é eficaz como neuroprotetor, combatendo várias doenças, como o Parkinson. Além disso, tem efeito antioxidante.

Há ainda uma crença popular que atribui benefícios espirituais à Buganvília, segundo essa crença, o espaço em torno da planta é uma espécie de casulo, um “ambiente protegido”. A Buganvília branca proporciona uma proteção integral, enquanto e a vermelha proporciona proteção física.

Como fazer mudas e como plantar a Buganvília

A Primavera plantada através de sementes é mais difícil de produzir e não há garantias de que a planta resultante seja idêntica à planta que deu origem à semente, portanto o ideal é que ela seja reproduzida e multiplicada através de estaqueamento.

Propagação de Primavera por estaca

Faça as estacas fora da época de floração. Prefira as estacas a partir de galhos da grossura de um dedo mínimo e que tenham gemas. Corte as extremidades das estacas na diagonal e com um tamanho entre 20 e 30 centímetros.

É preciso prestar bem a atenção em qual é a parte de baixo da estaca retirada da planta. Se você plantar a estaca de forma invertida as raízes não brotarão.

Retire as folhas do meio da estaca, deixando apenas algumas no topo. Coloque as estacas de molho em água por alguns dias em um local iluminado mas sem a luz solar direta. Após esse período ela estará pronta para ser plantada.

Procure plantar as mudas em um local que receba muito sol e em solo misto (areia, composto orgânico e substrato para mudas em partes iguais). Regue abundantemente após o plantio e depois somente quando a terra secar. Mesmo as mudas resistem bem ao clima frio.

Como cultivar e como cuidar da Buganvília

Por ser uma planta rústica, a Primavera não é muito exigente quanto ao tipo de solo, mas mesmo assim, se você pretende quer ela fique bem grande e exuberante mais rapidamente, escolha um local fértil, com terra fofa e bem drenado para o seu plantio definitivo.

Se você mora em uma região muito quente, escolha um local que misture horários de sol com horários de sombra, caso contrário, prefira um local com sol pleno e direto.

É muito fácil cultivar a Primavera, ela é uma planta muito resistente. Regue-a somente quando a terra estiver seca, pois essa planta não deve ser encharcada.

Adube-a pelo menos uma vez por ano.

Ela pode ser podada e seus galhos podem ser redirecionados para os espaços que você quer que ela preencha.

A Buganvília pode ser plantada em vasos?

Sim, a Primavera aceita bem o plantio em vasos e os cuidados são os mesmos de quando ela é plantada diretamente no solo. Porém, como todas as plantas, quanto mais terra oferecemos para ela, mais ela vai se desenvolver, portanto escolha um vaso adequado para o tamanho que você quer que ela atinja.

Além disso, você terá que enriquecer e adubar a terra com mais frequência para evitar que ela se esgote e, provavelmente, com o passar do tempo tenha que fazer troca de vaso e poda de raízes.


Gostou destas dicas? Então certamente você também vai gostar de ler esses outros textos que publicamos:
Como plantar e cultivar a Rosa do Deserto
12 erros que devem ser evitados ao montar um jardim
Saiba quais são os aromas que atraem boas energias
A importância da adubação de hortas e jardins
O que é uma edícula, exemplos, dicas e ideias para você planejar a sua
Dicas interessantes para você aproveitar mais um jardim de inverno
Saiba como perfumar os ambientes da sua casa
Dicas incríveis para montar um jardim na sacada + 32 ideias criativas

Compartilhe...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *