Dicas sobre closets

É tão chique ter um closet. Quando assistimos um filme com um personagem muito rico e que tem um closet enorme, lindo, cheio de roupas, classificadas por cor, ocasião, etc., dá uma vontade de ter um, não é verdade? No nosso imaginário isso parece um desejo muito distante, parece quase inatingível. Obviamente um closet igual ao que citamos pode ser caro e fora do nosso orçamento, porém, utilizar o conceito de closet é bem possível sim e pode não estar fora da nossa realidade.

Para ter um closet em casa é necessário apenas ter um espaço suficientemente grande para armazenar as roupas e sapatos e poder movimentar-se dentro dele. Esse espaço pode ser até o fundo ou o canto de um dormitório, ou uma peça pequena de fácil comunicação com ele, tudo vai depender do espaço disponível e da distribuição das peças na casa.

Se o espaço que você disponível for em um ambiente que já tem outro propósito, por exemplo, seu dormitório, você vai precisar fazer uma parede divisória – as de gesso ou madeira são as mais leves e econômicas -, e colocar uma porta. Outra alternativa, de um custo mais baixo ainda, é separar o closet do dormitório com cortinas.

Os closets geralmente acomodam mais coisas do que os roupeiros e permitem uma maior personalização para atender as necessidades de armazenamento, como espaços para malas, bolsas, diferentes alturas para sapatos, entre outras coisas. Portanto, antes de começar a mobiliar o closet, o ideal é que você defina o que pretende guardar dentro dele.

Internamente o closet pode ser feito de marcenaria ou com aramados. Os aramados têm duas vantagens em relação à madeira, são mais econômicos e permitem uma melhor ventilação para as roupas, eles são ideais para as regiões mais úmidas. Se você já possui uma peça destinada para o closet em sua casa e preferir utilizar armários fechados dentro dele, para evitar o acumulo de pó, nesse caso a melhor opção é a marcenaria.

O ideal é que, pelo menos, os sapatos fiquem em armários fechados para evitar que causem mau cheiro nas roupas, se isso não for possível, armazene-os em sapateiras fechadas dentro do closet. Procure não deixá-los expostos junto com as roupas, como estão esses sapatos da imagem abaixo e como podem ser vistos na maioria de sugestões de closets que costumam aparecer em revistas sobre esse tema e na Internet, acredite, os sapatos expostos vão deixar seu closet com mau cheiro.

Dentro do closet é altamente recomendável ter uma iluminação adequada, espelho e um local para sentar. Isso vai facilitar muito no momento de definir o que vamos usar e o ato de vestir-se. Também é interessante ter ganchos para pendurar alguns objetos. O closet também pode ter um cesto para roupas sujas, enfim todos os itens que você precisar para facilitar o seu dia a dia.

Dê preferência a ter mais nichos baixos para acomodar as roupas do que altos. Em nichos altos, a pilha ficará muito alta, tenderá a cair e dificultará a retirada das roupas. A medida ideal é de 30 centímetros de altura entre prateleiras de roupas. Deixe os nichos maiores para bolsas, malas, caixas, ou outros objetos de volume maior. Para closets femininos, sempre planeje espaço de cabides para os vestidos longos. Para os closets masculinos é importante reservar espaço para as gravatas e cabides para as camisas sociais.

Acreditamos que com essas dicas vai ficar mais fácil montar o seu closet. Acertamos?

 

Se você gostou desse assunto, provavelmente também vá gostar dessas outras postagens:
4 passos simples para organizar seu banheiro
A importância da colcha na decoração do quarto
Dicas de decoração de quarto de casal
Conheça dois projetos de casas que se adaptaram perfeitamente às condições oferecidas pela natureza
Como alegrar sua casa usando plantas na decoração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *