12 ideias para camas feitas utilizando pallet

Mais do que um modismo, o reaproveitamento de materiais para fazer novos móveis e decorar os ambientes de uma casa tornou-se uma prática cada vez mais comum. Um item muito versátil para ser reaproveitado é o pallet, ideal para ser reutilizado na forma de estantes, jardins verticais, camas, armários, entre outras coisas. Continuar lendo

Como escolher o tamanho de sua cama e as roupas de cama adequadas para ela

Como qualquer outro móvel de nossa casa, as camas também podem ser de vários tamanhos diferentes. Existem tamanhos padronizados pelos fabricantes, porém, para alguns tamanhos de colchão pode existir uma pequena variação de centímetros. Por isso é muito importante conferir o tamanho correto do nosso colchão antes de comprarmos roupas de cama para serem utilizadas nele. Continuar lendo

Móveis inspiradores – A cadeira explodida

Como alguns frequentadores habituais do blog “Lar, Doce Lar” já devem ter percebido, estamos sempre em busca de móveis inspiradores para que nossos leitores, quando quiserem alterar completamente a percepção de um ambiente em sua casa, apostem em um único móvel, que quebre completamente a percepção anterior causada pela decoração. Ele pode ser um móvel inesperado, inovador, criativo, ou ainda com estilo completamente diferente do ambiente em que está inserido.  Continuar lendo

Cadeira ou obra de arte? Inspire-se com essas ideias…

Seguidamente procuramos postar aqui no blog “Lar, Doce Lar” textos que instiguem a criatividade de quem quer ousar na decoração de seu lar, sem deixar de manter os ambientes aconchegantes, como no texto “16 ideias de móveis criativos“, que começa assim: “As vezes um único móvel criativo em uma peça é suficiente para transformá-la completamente. Pode ser uma cama fora do comum, uma poltrona diferente, um armário com formato inesperado, enfim, qualquer móvel que surpreenda e supere as expectativas de quem entre pela primeira vez em um ambiente.”. No texto de hoje vamos abordar as cadeiras e poltronas como móveis de destaque.  Continuar lendo

Decoração, nem sempre o belo é prático

Existem ditados populares, como “nem tudo que reluz é ouro”, ou “as aparências enganam”, que se referem a falsas aparências. Esses mesmos ditos, proximamente, também poderiam se aplicar ao assunto abaixo, sobre decoração e praticidade. Quantas vezes você já se deparou com um ambiente que poderia ser chamado como “de revista”, lindo, impecável, irretocável, porém, que com uma análise mais detalhada, revela que quem o planejou preocupou-se apenas com sua aparência?  Continuar lendo

DIY – Conheça um barzinho/adega criativo, de baixo custo e divertido

adega_divertida

Quase sempre que procuramos dicas sobre reciclagem na internet, acabamos encontrando repetições sobre o que fazer com objetos usados que não mais nos são úteis. Porém existem pessoas muito criativas, que aparecem com ideias tão simples de executar e que transformam esse objetos em outros muito práticos, que nos surpreendem positivamente e nos inspiram. Continuar lendo

Evite os 10 erros mais comuns na decoração da sala de estar

Por diversas vezes já escrevemos aqui no blog “Lar, Doce Lar” que a decoração deve atender ao nosso gosto e as nossas necessidades. Morar em um uma casa onde os ambientes não nos agradam é muito frustrante. O problema é que às vezes temos a sensação que as outras pessoas têm o dom de deixar qualquer ambiente bonito, mas nós não. Se você já experimentou essa sensação, vamos procurar remover essa ideia da sua cabeça, listando 10 erros que são cometidos frequentemente na decoração da sala de estar. Dessa forma você pode usar seu gosto pessoal e atender suas necessidades chegando a um resultado que não vai dever nada em relação aos que hoje você considera que tem “bom gosto”. Continuar lendo

Como aproveitar melhor o espaço em casas com peças pequenas

Já há alguns anos, principalmente nas grande cidades, os prédios são projetados e construídos com peças cada vez menores. Imóveis com peças grandes, ou são muito antigos, ou, se recém construídos, são caríssimos, com valores geralmente proibitivo para a maioria da população brasileira. Portanto, é preciso adaptar-se a essa nova realidade. Continuar lendo