Como acabar com as pulgas de uma casa

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 8 minutos

Nossos bichinhos de estimação são membros de nossas famílias, entretanto algumas vezes eles, sem saber, convidam um hóspede indesejado a se estabelecer nos tapetes, sofás e frestas da nossa casa.

A infestação de pulgas é uma das infestações de insetos mais irritantes que podem ocorrer em uma casa. As pulgas conseguem incomodar absolutamente todos os moradores da casa com suas picadas. Se você está enfrentando esse problema, a seguir vamos ensinar como fazer para se livrar das pulgas e evitar que elas voltem.


Infestação de pulgas, o que fazer?

As pulgas são parasitas inconvenientes e sabidamente é muito difícil eliminá-las completamente de uma casa por causa da velocidade com que se reproduzem (uma pulga adulta pode colocar até 30 ovos por dia) e à facilidade que elas têm de ocuparem espaços mínimos quando não estão nos incomodando.

Como as as pulgas surgem em uma casa?

Iniciamos esse texto “culpando” nossos amiguinhos peludos por levarem as pulgas para dentro de nossas casas, isso é uma verdade na maioria das vezes, entretanto, elas são capazes de infestar mesmo casas que não têm pets, para isso basta que alguém leve algumas agarradas em suas roupas ou sapatos depois de frequentar um parque, por exemplo.

É mais difícil acontecer uma infestação de pulgas em casas sem pets? Sim, mas é bem possível que isso aconteça apesar de muitas pessoas pensarem que as pulgas aparecem nos pets por falta de higiene adequada.

O que ocorre é que elas pulam de um hospedeiro para outro independente do nível de limpeza de cada um. O que elas estão fazendo é saltar em busca do sangue dos outros animais, sua fonte de alimentação.

Portanto, nós também estamos na sua mira, não só nossos amiguinhos peludos. O que acontece é que essas parasitas preferem os nossos pets porque neles elas podem se esconder em seus pelos e se reproduzirem com mais facilidade.

Outra informação importante é que, em média, apenas 5% das pulgas infestam os animais, as outras 95% estão espalhadas pelo ambiente, portanto, tratar e cuidar apenas dos nossos amiguinhos não vai resolver o problema.

Se a sua casa está com uma infestação severa e antiga, é possível que você não consiga se livrar desses parasitas sem a ajuda de uma empresa especializada em extermínio de insetos, pois, para piorar a situação, as pulgas têm a capacidade de hibernar durante meses, principalmente nas estações mais frias, e, quando imaginamos que nos livramos delas, reaparecem assim que o clima esquenta.

Entretanto, se a situação na sua casa ainda está sob controle, existe uma série de procedimentos que vão eliminar esses insetos irritantes e persistentes com um pouco de dedicação. Não é uma tarefa muito fácil, mas se você seguir esses procedimentos as chances são grandes de acabar com elas.

Como exterminar definitivamente as pulgas de uma casa?

O primeiro passo para acabar com as pulgas é resolver a origem da infestação, se você tiver animais de estimação, pode ser que elas não tenham entrado em sua casa por eles, mas é praticamente certo que eles já foram infestados, portanto você precisa livrá-los dessa infestação.

Você pode fazer isso utilizando um dos diversos produtos disponíveis para eliminá-las de seu pet, como uma coleira de prevenção, comprimidos que esterilizam as pulgas evitando sua reprodução, entre outras alternativas oferecidas pelas lojas de produtos veterinário. Consulte o veterinário de seus pets em busca de orientação para descobrir a melhor solução para seu caso específico.

Estando seus pets protegidos, você terá que se preocupar com a sua casa. Para removê-las do ambiente, você precisará de aspirador de pó, máquina de lavar roupas e produtos vendidos com a finalidade de eliminar pulgas de ambientes.

Passar o aspirador de pó

A aspiração de um ambiente elimina a maior parte das pulgas adultas, pulgas jovens e ovos que estejam nas frestas, tapetes e estofados. Mova os móveis de seu lugar e aspire completamente, utilize a ponteira do aspirador com escova para esfregar nos espaços de difícil acesso.

Depois de fazer uma cuidadosa aspiração em todos os ambientes infestados, remova o saco do aspirador e faça uma higiene completa nele para que a infestação apenas não troque de lugar. Descarte todo o pó e sujeiras coletados em uma embalagem hermeticamente fechada para que as pulgas aspiradas não possam retornar.

Lavar os tecidos

Você precisará também lavar todos os tecidos que possam ter entrado em contato com as pulgas, travesseiros, roupas de cama, toalhas de banho, almofadas, cortinas longas, suas próprias roupas, enfim, tudo o que você desconfiar que possa estar abrigando pulgas ou ovos.

 Você pode usar o sabão de lavar roupas que costuma usar diariamente ou algum produto específico para a lavagem de tecidos infestados por parasitas.

Se você tiver máquina de lavar roupa com água quente é interessante utilizá-la nas roupas que não estragam com essa lavagem, caso contrário, uma secadora de roupa com ar quente ou o próprio calor do sol podem ajudar a eliminar alguma coisa que possa ter sobrado.

Dependendo do nível de infestação em tapetes peludos, talvez o ideal seja enviá-los para uma lavanderia para agilizar o processo de eliminação e, a partir da sua volta, mantê-los sempre bem aspirados.

Repetir a passagem do aspirador de pó

Passar o aspirador de pó repetidamente nos carpetes, tapetes, estofados de tecido, no chão e em espaços com frestas ajudará muito a eliminar as pulgas restantes. Continue limpando completamente todos os ambientes nos dias seguintes ao início da tarefa.

Esteja ciente de que esse extermínio de pulgas exigirá algum esforço diário para atingir seu objetivo.

Utilizar inseticidas caseiros

O bórax é um mineral muito usado e conhecido por suas propriedades antissépticas e é um produto eficaz na eliminação de pulgas. Quando borrifado sobre a área afetada e depois aspirado, ele pode ajudar a causar uma morte rápida às pulgas. Entretanto, tome cuidado para que ele não seja ingerido por crianças ou pets, pois pode afetar sua saúde.

Também uma armadilha caseira para pulgas pode ser feita enchendo uma tigela pequena com água e algumas gotas de sabão em pó. À noite, coloque a tigela no chão perto de uma luz artificial e com todas as outras luzes do ambiente apagadas. As pulgas pularão em direção à luz, caindo dentro da tigela e se afogando.

Você também pode considerar a possibilidade de fazer um repelente de pulgas caseiro para seu animal de estimação, que pode ser usado para evitar que o problema aconteça novamente. As pulgas detestam o cheiro do vinagre, por exemplo. Borrifar seus pets com vinagre pode ajudar.

Considere a contratação de uma empresa especializada

Conforme explicamos acima, se a infestação de pulgas for severa, você pode precisar da ajuda de um profissional ou de uma empresa de controle de pragas. Se você tentou fazer tudo o que ensinamos acima e a infestação persiste depois de algum tempo, é bem possível que essa seja a única solução.

Entretanto, se você for fazer isso, certifique-se de ter cuidado e seguir todas as instruções meticulosas que esse tipo de intervenção requer. Tome cuidado para proteger seus animais de estimação e sua família, lendo atentamente as instruções e seguindo-as diligentemente.

Elimine também as pulgas do seu jardim

Depois de cuidar da infestação de pulgas no interior da sua casa, se você mora em uma casa com quintal frequentado pelos seus pets, precisará se preocupar com ele também.

Se você perceber contaminação visível de pulgas em seu gramado, areia ou pedriscos, por exemplo, talvez precise utilizar inseticidas específicos para esse combate.

Além disso, elimine todas as fendas e frestas escuras, verifique as áreas de lazer ao ar livre, como pérgolas, gazebos, varandas, edículas, depósitos, pátios e qualquer lugar que as pessoas e seus animais de estimação frequentam.

Mantenha o gramado sempre bem aparado assim como outras vegetações que possam se transformar em um criatório de pulgas devem ser podados. Faça com que o máximo de luz possível atinja seu quintal, as larvas de pulgas têm fobia a luz e adoram locais escuros, empoeirados e úmidos para se desenvolverem.

Também lave com uma máquina de pressão (lava-jato), decks e calçadas que tenham ranhuras e frestas.

A picada de pulga pode transmitir doenças?

Geralmente o maior desconforto decorrente da presença das pulgas em uma casa é a sua picada e o prurido intenso que ela provoca. Na maioria dos casos, a coceira e as marcas vermelhas de mordidas desaparecem sozinhas, sem quaisquer consequência de longo prazo para a nossa saúde.

No entanto, há vários estudos que comprovam que as pulgas são vetores reconhecidos de doenças e parasitas, e podem causar reações alérgicas em pessoas ou animais de estimação mais sensíveis.

Também por esse motivo combater as pulgas é importante, veja abaixo as principais doenças que elas podem transmitir para o ser humano. Se você está enfrentando uma infestação de pulgas e tiver algum dos sintomas abaixo, além de resolver o problema de infestação com urgência, procure seu médico.

Peste Bubônica

A doença transmitida por pulgas mais conhecida é a peste bubônica. No século 14, a peste bubônica, também chamada de “Peste Negra” tornou-se uma epidemia que matou 25 milhões de pessoas, cerca de 50% da população europeia da época.

Hoje, a peste bubônica ainda ocorre em todo o mundo, ela é transportada por roedores e transmitida às pulgas quando elas os picam. Posteriormente as pulgas a transferem para os humanos e animais de estimação também quando os picam.

Tifo Murino

Esta doença ocorre principalmente em regiões infestadas por ratos, que é onde as pulgas são infectadas da mesma forma que a peste bubônica, ao picá-los. Os sintomas mais comuns incluem febre alta, forte dor de cabeça, calafrios, fraqueza e náusea.

Tungíase

Esta doença é transmitida por fêmeas grávidas da pulga cavadora (Tunga penetrans), que também é comumente conhecida como pulga da larva ou da areia. Geralmente a contaminação começa pelos pés, quando a pulga se ancora na pele de quem anda descalço sobre a areia contaminada, e se enterra na epiderme. Essa fêmea grávida de pulga penetra na pele com a sua cabeça e põe seus ovos.

Tularemia

A tularemia é uma doença potencialmente grave. Ela é causada pela bactéria Francisella tularensis que é encontrada em animais como os roedores. Ela pode ser transferida para os humanos por uma picada de pulga ou carrapato infectado. Os sintomas mais comuns são febre súbita, calafrios, diarreia, dor nas articulações e fraqueza.

Alergias associadas a pulgas

A saliva das pulgas pode causar dermatite cutânea em humanos, que geralmente se manifesta em áreas da pele como inchaços que coçam ou erupções cutâneas.

Também algumas pessoas podem ter reações do tipo asmático quando inalam fezes de pulgas.

Parasitas

As pulgas são conhecidas por transmitir parasitas, como a tênia, que afeta principalmente animais de estimação. As pulgas adultas infectadas com a tênia podem ser ingeridas acidentalmente por cães ou gatos ao matá-las por mordidas, e, posteriormente, transmitidas aos humanos.


Se você gostou deste assunto, provavelmente também vá gostar de ler sobre esses:
Que raças de cachorros podem ficar sozinhas?
Obesidade canina é um problema sério, saiba como resolver
Uma casa suja e bagunçada aumenta a depressão. Como resolver?
Testamos o mordedor para cães que se propõe a substituir a escova de dentes
Como cuidar de cães idosos?
Porque devo dar vermífugo para meu cão?
Cachorros e jardins combinam?
Como saber se meu cachorro está feliz

Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *