Como armazenar vinhos

Você sabe como manter em casa aquelas garrafas de vinho que você não pretende beber tão cedo? A seguir vamos apresentar algumas dicas para que você possa armazenar suas garrafas sem prejuízo, mantendo a qualidade da bebida. Claro que nossas dicas consideram que você vai beber os vinhos eventualmente – e não que você está investindo em envelhecê-los para consumo anos depois. Se este for o seu caso, o ideal é que você realmente invista em um curso ou procure orientação profissional.

Entretanto, para novos apreciadores de vinho, essas dicas para manter a qualidade do vinho guardado em casa são fundamentais para manter suas qualidades. Basicamente são 3 itens que devem ser observados: 

1. Mantenha seus vinhos em uma temperatura adequada: o calor é o inimigo número um dos vinhos. Temperaturas acima de 21ºC estimularão a continuação dos processos de envelhecimento do vinho, o que poderá resultar em uma bebida empobrecida em aromas e sabores. O ideal é que você consiga manter as suas garrafas em temperaturas entre 7ºC e 18ºC, mas isso não é uma ciência exata. Assim, manter os vinhos na geladeira da sua casa também não é o ideal, pois a temperatura da geladeira comum é prejudicial ao vinho. Além disso, o interior da geladeira pode prejudicar as rolhas, permitindo assim a entrada de ar no interior da garrafa e prejudicando o vinho.

2. Mantenha as luzes desligadas: luz, especialmente a luz do sol, pode representar um inimigo potencial para armazenamento de vinho. Os raios ultra violeta da luz solar podem rapidamente acelerar a degradação do vinho – razão pela qual a maioria das garrafas de vinho, principalmente de vinho tinto, são escuras.

3. Mantenha suas garrafas deitadas: deitar suas garrafas de vinho é, primeiramente, a melhor maneira de aproveitar o espaço disponível, pois permite que você empilhe as garrafas umas sobre as outras. Além disso, a principal vantagem de manter as garrafas deitadas é garantir o contato do vinho com a rolha, mantendo a rolha úmida e evitando que ocorra a passagem de ar para o interior da garrafa.

Considerando as dicas acima, procure um local adequado para armazenar suas garrafas dentro de casa. Normalmente você encontrará um depósito perfeito em algum armário (preferencialmente fechado) da sua cozinha, no qual você possa colocar as suas garrafas deitadas umas sobre as outras. Você pode também investir, se tiver interesse e for um consumidor de vinhos mais assíduo, em uma pequena adega climatizada.

Adegas climatizadas reúnem todas as características e qualidades que mencionamos acima para melhor armazenar suas garrafas de vinho. Elas (normalmente) são completamente fechadas e possuem portas de vidro escuro para filtrar a luz e melhorar o ambiente de armazenagem. Além disso, forçam a manutenção das garrafas na posição horizontal e mantêm a temperatura de armazenagem constante.

Se você decidir comprar uma adega climatizada, pense na que se adapte melhor para as suas necessidades. Pense bem sobre questões de tamanho, por exemplo – se você não está pensando em investir em vinhos, mas apenas ter um local adequado para armazenar aquelas garrafas extras que você comprou até o próximo jantar com amigos, talvez uma adega climatizada pequena seja suficiente e ideal. Além disso, analise bem as opções que as lojas especializadas oferecem – algumas adegas são mais simples, enquanto outras permitem que você escolha até o nível de umidade no interior da adega. Escolha uma que se adeque às suas necessidades e à sua disposição de se envolver na manutenção dos seus vinhos.

Se você gostou dessas dicas, provavelmente também vá gostar dessas outras dicas e receitas:
Receita de sorbet de vinho com melancia
Aprenda algumas maneiras de cozinhar utilizando vinho
DIY – Conheça um barzinho/adega criativo, de baixo custo e divertido
Você sabe como engrossar seus molhos?
Aprenda a fazer drinques incríveis com tequila
Sorvete de abacate pronto em segundos
Como aproveitar garrafas de vinho na decoração, 28 ideias para inspiração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *