Você sabe qual a melhor forma de secar roupas para facilitar sua vida?

Você conhece alguém que “adora” passar roupas? Segundo algumas estatísticas, das tarefas domésticas, uma das mais “odiadas” é passar roupas, pois exige tempo, técnica, experiência e muita paciência. Se você mesmo lava e passa suas roupas, aprendendo algumas dicas e truques terá essa tarefa muito facilitada ou mesmo eliminada do processo de lavagem de algumas roupas.

Cada tipo de roupa, ou de tecido no qual ela é confeccionada, exige um cuidado diferente no momento de lavar e passar, portanto nossas dicas vão abranger todo o universo envolvido no processo de mantê-las limpas, ligue-se nessas dicas e facilite muito sua vida.

  • No momento da compra de uma roupa, se você ficou em dúvida sobre qual escolher, opte pela que tenha o tecido que amasse menos ou que não precise ser passado depois de lavado;
  • Se você utiliza máquina de lavar, não a encha demasiadamente, respeite os limites indicados pelo fabricante, pois, após a centrifugação, o peso excessivo de algumas roupas vai amarrotar as que ficarão esmagadas por elas. Procure também colocar as peças mais pesadas por baixo e externamente, pois o seu peso será prejudicial às mais delicadas;
  • Utilize amaciante, mas não exagere, ao contrário do que muitos pensam, amaciante demais prejudica a lavagem e a passagem da roupa. Se você tem alergia aos amaciantes comerciais ou não gosta dos aromas disponíveis ou ainda não quer gastar muito com esse item, leia também a postagem “Amaciante de roupas feitos em casa, qual é a melhor receita?“, a propósito disso, você sabia que o vinagre branco é um amaciante de roupas excelente e pode ser utilizado puro na lavagem de roupas?
  • Procure pendurar no varal as roupas imediatamente após o término da lavagem, se elas iniciarem o processo de secagem dentro da máquina ficará ainda mais difícil eliminar os amassados;
  • Sacuda as roupas antes der estendê-las para que tomem sua forma original;
  • Camisetas de malha, blusas de tricô, lã, linha e outras peças em algodão devem ser estendidas pelo meio da peça para não deformar;
  • Calças, saias, shorts e bermudas devem ser pendurados pelo cós, essa técnica pode evitar a necessidade de passar peças confeccionadas em tecidos mais pesados, como calças jeans e de sarja;
  • Vestidos e camisas devem ser pendurados em cabides e não diretamente no varal, isso evitará a marca de prendedores, além disso, a maioria deles poderá ir direto do varal para para o armário, sem a necessidade de passar;
  • As meias devem ser penduradas pelo elástico e não pela ponta do pé;
  • Sutiãs, cuecas e calcinhas devem ser penduradas por uma das laterais;
  • Toalhas de mesa, toalhas de banho e roupas de cama devem ser penduradas pelo meio, sem amontoá-las para evitar a formação de frisos e a secagem desigual. Leia também “Como lavar toalhas de banho“, que publicamos aqui no blog;
  • Não deixe as roupas secarem demais, isso dificulta muito passá-las e prefira secá-las ao vento do que ao sol;
  • Quando recolhê-las do varal, não as amontoe, dobre-as o mais depressa possível.

Se você gostou das dicas acima, provavelmente também vá gostar dessas:
Conheça 8 utilidades para o pó de café usado
10 alimentos que podem ser usados como produtos de limpeza
Como tirar o cheiro de alho e de cebola das mãos
Você se preocupa com sua escova de cabelos?
Toalheiro térmico vale a pena?
Você sabe que o mofo causa doenças?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *