Posso dar leite para meu gato?

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 6 minutos

Qual a relação entre gatos e leite? No imaginário popular o leite é a refeição perfeita para os felinos, não é mesmo?

Gatos bebendo leite geralmente são cenas de livros de histórias e de filmes, é um clichê, uma criança resgata um gato na rua, leva para seus pais e a primeira coisa que eles fazem é alimentá-lo com um pires de leite. Embora cenas assim sejam adoráveis, muitas pessoas têm dúvidas se os gatos realmente podem beber leite.


A resposta mais simples é sim, você pode dar leite para seu gato, entretanto, como veremos a seguir, isso não significa que que você precise fazer isso e, talvez não deva fazer. Nesse texto vamos procurar desvendar essa dúvida sobre o consumo de leite pelos felinos e também por que a hidratação adequada para o seu gatinho é tão importante e não deve ser de leite.

Gatos podem beber leite?

Apesar da crença popular que citamos acima, os gatos adultos não só não devem se alimentar exclusivamente de leite como também esse hábito deve ser evitado. Filhotes de gatos, por outro lado, tem o leite como sua primeira e única alimentação e bebem leite enquanto ainda são muito jovens, mas o leite produzido pela sua mãe, não o tipo de leite de vaca pasteurizado que sai de uma caixa.

Aliás, se você tem um filhote de gato e, se por algum motivo não seja possível para ele beber o leite de sua mãe, procurar uma fórmula de leite especialmente projetada para gatinhos pode ser uma boa alternativa.

No entanto, de uma forma geral, não há nenhuma razão para dar leite de vaca tradicional a qualquer gatinho ou gato adulto. Embora essa alimentação possa parecer inofensiva, dar leite ao seu gato pode realmente causar problemas digestivos para ele.

Talvez você ainda possa estar se perguntando o que pode haver de errado em oferecer ao seu gatinho um simples pires de leite ou um pedaço de queijo? A maioria dos gatos adultos são intolerantes à lactose. Seu sistema digestivo não consegue processar alimentos lácteos, e o resultado de seu consumo pode ser um distúrbio digestivo com diarreia ou algo mais sério.

Relação dos gatinhos com o leite

Quando os gatinhos nascem, eles bebem o leite da mãe e, a partir de 4 semanas de idade, a mãe começa um processo de desmamá-los. Esse processo de desmame geralmente estará completo em torno de 8 a 10 semanas de idade, que é quando a maioria dos gatinhos começa a comer alimentos sólidos e beber água.

Os gatinhos podem processar completamente o leite da sua mãe por causa de uma enzima com a qual nascem que lhes permite quebrar a lactose. No entanto, à medida que crescem, eles perdem essa enzima e, com ela, a capacidade de processar o leite adequadamente.

Aliás, cabe aqui fazer um parêntese em nossa explicação. Esse processo também acontece com os humanos. Nós consumimos derivados lácteos pelo seu sabor e pelo prazer que nos proporcionam alimentes acrescidos de leite, mas humanos adultos também não têm capacidade de processar alimentos lácteos adequadamente.

De acordo com especialistas em alimentação de felinos, os gatos geralmente perdem a capacidade de digerir o açúcar encontrado no leite após o desmame porque os alimentos sólidos tomam seu lugar e eles não precisam mais dessa capacidade. Ou seja, isso é da natureza dos gatos.



Mas o leite é ruim para os gatos?

Seu gato pode muito bem ser atraído por um pires de leite, geralmente por causa de seu alto teor de gordura. Na natureza, alimentos ricos em gordura são considerados raros e valiosos, especialmente em se tratando de um gato selvagem ou um gato de rua que não esteja comendo regularmente todos os dias.

Entretanto, se o seu gato já está comendo uma dieta equilibrada e constante, a gordura extra contida no leite não é necessária para sua saúde, não importa o quão atraente ou adorável pareça alimentá-lo com essa iguaria. Além disso, o excesso de consumo de gordura pode promover ganho de peso e, potencialmente, contribuir para dores abdominais, também podendo resultar em problemas intestinais, como fezes moles.

Alguns pet shops vendem leite produzido especialmente para gatos. São leites que têm a lactose reduzida. Isso até pode ser bom para dar ao seu felino como uma iguaria, mas, certamente, não é necessário nem para a alimentação nem para a saúde de seu gato.

Além disso, ao oferecer esses “leites de gato” para seu amiguinho, saiba que esses produtos são muito calóricos, portanto, se oferecidos regularmente ao seu gato, sua dieta de alimentos sólidos deve ser ajustada para compensar as calorias do leite, a fim de evitar o desenvolvimento da obesidade e seus perigos relacionados à saúde do seu gato.

Se, mesmo sabendo de possíveis complicações, você optar por oferecer leite ou seus derivados, como queijo, para seu gato como uma iguaria, observe seu comportamento e suas fezes após fazer isso. Conforme já explicamos, a maioria dos gatos adultos sofre de intolerância à lactose e o que deveria ser um agrado estará prejudicando sua saúde e, certamente, fazendo-o sentir-se mal.

Portanto, se você desconfiar que seu gato é intolerante a derivados de leite, não ofereça mais esses alimentos para ele, afinal você quer vê-lo bem de saúde, não é mesmo?

Como os gatos devem ser hidratados?

Os gatinhos muito jovens só precisam do leite da mãe para se alimentarem porque ele tem tudo o que precisam para crescer. Se por algum motivo um gatinho ficar órfão, a fórmula de leite especial para filhotes de gatos pode ser dada a eles, mas o leite de vaca normal não deve ser dado neste caso porque não contém os nutrientes essenciais que eles precisam para o seu desenvolvimento.

Entre 4 e 8 semanas, os gatinhos também podem começar a comer um pouco de comida sólida, juntamente com o leite da mãe. Com a entrada da comida sólida em sua alimentação, os gatinhos também devem passar a ter acesso a água fresca e limpa, e provavelmente consumirão um pouco de cada uma das três opções, leite da mãe, comida sólida e água.

Mantendo os gatos hidratados depois de adultos

Gatos adultos bebem água como parte de sua dieta saudável e equilibrada. O quanto eles bebem depende se eles comem alimentos úmidos ou secos. A ração seca tem menos água em sua composição, então os gatos que comem exclusivamente ração seca geralmente bebem mais água.

O consumo de água também dependerá da sua idade, tamanho e outros fatores, como os climáticos, portanto você deve deixar água potável à sua disposição permanentemente.

Se você decidir dar ao seu gato leite especial para gatos, conforme já explicamos, faça isso como um agrado, isso é um deleite e de forma nenhuma deve ser tratado como um substituto para qualquer alimento em sua dieta, principalmente da água.

Por que gatos adultos gostam de tomar leite?

Mesmo que seu gato esteja crescido, ele ainda pode desejar leite. Assim como os humanos, os gatos podem associar certos sabores e aromas a memórias boas e afetivas, então o leite pode ser um alimento reconfortante para eles, pois pode lembrá-los de quando eram filhotes e bebiam leite da sua mãe.

Alimentar o seu gato com refeições equilibradas e completas para gatos é suficiente, não é necessário acrescentar nada em sua alimentação, a menos que seja como petisco.

Posso acrescentar leite diariamente na comida do meu gato?

Não. Mesmo que fazer isso pareça uma boa ideia, ao fazê-lo você poderá causar problemas gastrointestinais em seu amiguinho peludo. Também ao adotar essa prática, você poderá estar encorajando seu gatinho a se alimentar apenas de leite e não de alimentos sólidos suficientes para atender as suas necessidades nutricionais.

Se, mesmo estando bem informado após ler esse texto, o leite continuará sendo um agrado que você oferecerá para seu gato, há veterinários que alertam que a ingestão de leite diária deve ser de menos de 10% da sua ingestão total de alimentos. Se você oferecer mais do que esses 10%, você estará jogando fora a dieta saudável dele.


Se você gostou desse assunto, provavelmente também vá gostar de ler sobre estes:
Você prepara em casa a comida do seu Pet? Então leia essas dicas importantes
Como evitar e como tratar a obesidade em gatos
A importância de adotar um animal de estimação em vez de comprar
9 dicas maravilhosas para donos de gatos inexperientes
Truques simples e caseiros para solucionar algumas situações com seus animais de estimação
Conheça as raças de gatos mais populares no Brasil
Descubra quem está adorando a #fiqueemcasa em 30 imagens

Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *