O inacreditável “antes e depois” de um sótão escuro e estreito

Você não vai acreditar em como este sótão estreito, escuro e sem utilidade ficou depois de passar por uma reforma geral. Os proprietários, que já moravam no andar abaixo dele, decidiram comprá-lo para ampliar sua casa, o resultado final foi um duplex com uma escada em espiral em que o segundo andar se abre para o céu.

“Após a reforma, a casa se parece com um carro conversível”, afirmou o arquiteto Oliver Tanck, do escritório de arquitetura Fluidlab, localizado Karlsruhe, na Alemanha, mesma cidade onde está localizado esse imóvel, quase na fronteira com a França. “Abrir a janela do terraço é como abrir uma capota de carro. Você fica com aquela sensação maravilhosa de ver o céu e, neste caso, também as vistas da cidade”, complementou o arquiteto.

Os proprietários, que viviam no andar de baixo do sótão, no quarto andar de um edifício, o adquiriu para expandir a sua habitação. Os desafios eram muitos: reconstruir o sótão, criando nele todo um sistema habitável, com várias peças e com sistema de proteção anti-fogo, dessa forma podendo ampliar os quartos do andar de baixo.

O duplex ficou com 159 metros quadrados, dos quais, 55 foram resultado do aproveitamento do sótão. Nele moram um casal com uma criança.

“O melhor dessa casa é que ela é a mais alta da região, portanto dela é possível ter uma vista para toda a cidade”, explicou o arquiteto Tanck, pertencente ao escritório Fluidlab, responsável pela execução e planejamento do projeto, que foi desenvolvido por outro escritório de arquitetura da cidade, o Baurmann-Dürr.

“O objetivo da reforma foi a construção de um espaço aberto procurando trabalhar com as características originais do local, recuperando as peças que estavam em mau estado”, disse Tanck, “Quando começamos a derrubar as paredes, encontramos muita madeira podre.”

O edifício fica localizado em uma zona histórica da cidade, porém não é tombado, o que permitiu a abertura e expansão do telhado e a recuperação de toda a estrutura. “Não substituímos todo o telhado”, explicou o arquiteto, “A antiga estrutura foi utilizada como isolamento, desta forma o espaço ficou mais mais amplo.”

Todas as peças de aço são novas. Foram aproveitadas apenas algumas vigas que lembram o antigo prédio e que fazem a conexão entre o antigo e o moderno.

Os proprietários solicitaram que na parte mais baixa do sótão eles construíssem armários sob medida e que fosse colocada uma cama para hóspedes ao lado da escada.

Como pode ser visto na foto abaixo, o sótão era um espaço escuro estreito.

Depois da reforma transformou-se em uma sala iluminada e espaçosa de 55 metros quadrados, com piso de linóleo. “Pela estrutura do sótão, não podíamos deixar o piso de concreto”, explicou Tanck. Tampouco poderiam instalar um piso aquecido (muito comum na região) devido à falta de altura do andar, desta forma o sótão é aquecido através de um radiador.

O sistema de proteção contra incêndio e saídas de emergência (exigências locais) se transformaram, como em todos os sótãos, em um desafio. Com a ajuda dos bombeiros, eles desenvolveram a ideia de construir uma pequena janela, que funciona como uma saída de emergência.

A cozinha foi feita sob medida e adaptada aos ângulos do telhado e aos espaços disponíveis. Os armários são brancos  e a bancada feita de concreto.

Todos os móveis, como mesa, cadeiras e sofá de quando a casa era apenas de um andar subiram para o sótão e uma escada em espiral, desenhada pelo escritório Fluidlab, liga ao andar inferior, onde agora ficaram apenas os quartos e o banheiro.

Após a reforma, o andar de baixo passou a ser utilizado apenas para dormir, a família passa o dia e tem sua vida no antigo sótão. Portanto, foi projetado um hall entrada de dois por três metros, com móveis discretos, lacados em branco e com portas de correr. “Quando você entrar na casa, encontra a escada e, inevitavelmente, olha para cima”, afirmou o arquiteto Tanck.

No vão da escada foi colocada a máquina de lavar e secar roupa. Veja abaixo como ficaram os quartos e o banheiro onde antes era a casa inteira. Eles antes eram estreitos e pequenos, portanto paredes foram derrubadas e muito vidro foi utilizado para ampliar ao espaço.

O armário da pia do banheiro é feito sob medida em carvalho, combinando com o piso do quarto, em parquet. A pia é suspensa, tendo um espelho como uma peça exclusiva, inserida entre duas vigas.

O piso do chuveiro e a banheira são lajes de mármore dos Alpes. A divisória transparente permite a entrada de luz natural para a parte do box onde fica o chuveiro, sem prejudicar o visual. Entre a banheira e o chuveiro ainda foi colocado um lindo toalheiro térmico.

O que você achou? O resultado impressiona, não é mesmo?

Se você gostou dessa casa, provavelmente também vá gostar dessas:
Decoração, sem sempre o belo é prático
Antes e depois, a incrível transformação de um apartamento
Entendendo a ciência do Feng Shui
Toalheiro térmico vale a pena?
Toalheiros – ideias criativas para guardar ou pendurar suas toalhas e ainda decorar seu banheiro
Conheça o porta copos que também é imã de geladeira
Casas incríveis – La Fábrica, Barcelona, Espanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *