O que é kombucha

Este é o quarto texto da nossa série sobre alimentos probióticos. Nessa postagem você também poderá acessar o primeiro texto da série que introduz o assunto, e, a partir dele, todas as outras postagens na medida em que forem publicadas. Nessa postagem nós explicaremos o que é kombucha.

O (ou a) kombucha (pronuncia-se kom-bu-tchá) é uma bebida probiótica resultante da fermentação de um líquido adoçado e rico em cafeína. Diferentemente do kefir, o kombucha não pode ser feito com base no leite, e também não possui a forma de “grãos” – na verdade a fermentação do kombucha é feita a partir de uma formação de bactérias leveduras com a aparência de um disco gelatinoso chamada de SCOBY (Symbiotic Culture Of Bacteria and Yeast ou, em português, Cultura Simbiótica de Bactérias e Leveduras).

O líquido base do kombucha é o chá, e não a água ou o leite, como no caso do kefir, o que o torna ainda mais versátil e atrativo – basicamente, cada kombucha espelhará a personalidade e os gostos da pessoa que a cultiva, pois suas etapas de produção permitem a inclusão de ingredientes dos mais variados. A base, entretanto, deve ser sempre a mesma: chá rico em cafeína bem doce, dando-se preferência pela utilização de chá branco, preto ou verde – há também quem utilize chá de mate ou de hibisco, mas os kombuchas mais tradicionais tendem a usar somente os chamados chás “das cores”.

O preparo do kombucha envolve diferentes etapas, sendo um pouco mais complexo e demorado do que o kefir. Primeiro há a necessidade de fermentação do líquido base (o chá adocicado), que deve então ser levado a uma segunda fermentação, fracionado em recipientes menores, na qual poderão ser incluídos outros ingredientes como pedaços de frutas, sucos, especiarias ou outros insumos que venham a ser utilizados para conferir sabor ou aroma ao kombucha.

O resultado final do processo é uma bebida com um sabor levemente ácido, com um toque adocicado e naturalmente gaseificada (um subproduto da fermentação), lembrando até uma espumante brut, oferecendo, dentre outras coisas, enzimas que auxiliam a digestão e vitaminas do complexo B e K. Além disso, por auxiliar no equilíbrio das bactérias presentes no trato digestivo, o consumo do kombucha tem outros benefícios, tais como:

  1. combater a gastrite por eliminar a bactéria H. pylori do trato digestivo;
  2. auxiliar na regulação do apetite e diminuição da obesidade;
  3. prevenir infecções intestinais;
  4. aliviar os sintomas de problemas como gota, reumatismo, artrite e pedra nos rins;
  5. normalizar o funcionamento do intestino;
  6. melhorar o funcionamento do fígado, principalmente após a utilização de medicamentos pesados como os antibióticos;
  7. fortalecer o sistema imunológico;
  8. diminuir os sintomas da menopausa;
  9. prevenir infecções urinárias.

Apesar de todos os benefícios conhecidos, recomendamos novamente, como já fizemos nos outros posts da nossa série, que você não inclua o kombucha ou outros probióticos na sua alimentação por conta própria sem consultar antes um médico ou nutricionista. Estes alimentos são muito úteis na manutenção da saúde e na prevenção de doenças, mas jamais devem ser utilizados como substitutos à tratamentos e medicações indicados por especialistas da saúde.

Para ter acesso à toda a série que publicamos sobre probióticos e dominar melhor esse assunto, recomendamos você começar pela leitura do primeiro texto: O que são probióticos.

Leia também as outras postagens dessa série: (cada texto sobre o assunto será listado abaixo na medida em que for publicado)
O que são probióticos
O que é kefir
Kefir, como fazer?
Kombucha, como fazer? – Parte I
Kombucha, como fazer? – Parte II
Kombucha SCOBY, onde obter? Como cultivar?
Kombucha, como cuidar de seu SCOBY
O que é jun?
Jun, como fazer?
Kombucha de café (Koffucha) – Parte I

Se você gostou desse assunto, provavelmente também vá gostar dessas outras postagens:
Alimentos para cultivar dentro de casa em vasos autoirrigáveis
Conheça 6 benefícios surpreendentes proporcionados pelo óleo de soja
Afinal, a pipoca traz benefícios ou malefícios para a saúde?
O versátil, nutritivo e delicioso manjericão
As vantagens de ter uma horta em casa
Conheça 5 incríveis benefícios oferecidos pela maçã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *