Você sabe lavar suas roupas da forma correta?

Quando alguém que sempre teve suas roupas usadas, depois de lavadas, colocadas de volta em seu armário sem ter nenhuma ideia de todo o processo que elas passaram para voltarem e estar limpas para o próximo uso decide morar sozinho e passar a se preocupar com esse processo, uma das primeiras coisas que pensa é “não deve ser tão difícil assim”. Isso é uma afirmação verdadeira, não é tão difícil assim mesmo, porém, como todo a trabalho a ser realizado, existem as formas certas e as formas erradas de fazê-lo. Saiba como evitar os erros geralmente cometidos por “marinheiros de primeira viagem” na hora de cuidar de suas roupas.

A tarefa de lavar roupa pode parecer muito simples, basta juntar a roupa suja, colocar na máquina de lavar, adicionar sabão e amaciante, ligá-la e pronto, certo? Certo, é isso mesmo, mas algumas coisas precisam ser observadas para que as peças de roupa não se estraguem, não tenham sua vida útil diminuída e não fiquem rapidamente com aspecto de roupas velhas. Além disso, a imperícia na utilização da máquina de lavar pode prejudicar seu funcionamento e acarretar despesas de manutenção além do necessário.

Se você acredita estar fazendo alguma coisa errada na hora de lavar suas roupas, fique atento para as dicas que selecionamos abaixo.

Amaciantes de roupas

Os amaciantes de roupas têm a função de deixar o tecido mais agradável ao toque, porém, seu uso em excesso não só acaba por estragar a roupa, como também prejudica o poder de absorção de toalhas, por exemplo, portanto o maior erro é acreditar que quanto mais amaciante, mais suave a roupa ficará. Nunca utilize mais do que a quantidade recomendada pelos fabricantes. Aliás, para saber mais sobre amaciantes, sugerimos a leitura de dois textos já publicados aqui no blog “lar, Doce Lar”: “Amaciante de roupas feitos em casa, qual é a melhor receita?” e “As incríveis utilidades do vinagre branco“. Quanto a forma correta de lavar as toalhas de banho, sugerimos também a leitura do texto “Como lavar toalhas de banho“.

Como lavar soutiens, calcinhas, cuecas, maiôs e biquínis

O ideal é lavar essas peças de roupas à mão, para que mantenham sua elasticidade por mais tempo. O movimento da máquina diminui a durabilidade dos tecidos elásticos, deixando-os frouxos no corpo e, portanto, desconfortáveis.

Retire manualmente as manchas dos tecidos

Não tente tirar as manchas de tecido esfregando-as vigorosamente e tampouco aumentando o sabão que vai ser utilizado na máquina, esse procedimento somente vai danificar o tecido e pode deixar as manchas ainda mais difíceis de serem removidas. Cada mancha tem uma forma diferente de ser retirada e isso deve ser feito antes da lavagem, pesquise antes sobre como removê-las.

Como lavar peças que tenham fechos

Procure sempre fechar os fechos (também chamados de zíperes) das roupas, antes de colocá-las na máquina. Zíperes abertos, além de se estragarem mais facilmente, podem ficar presos em outras roupas, esgaçando-as, ou até mesmo rasgando-as.

Evite utilizar água em temperaturas muito altas

Antes de lavar uma roupa pela primeira vez, observe sempre as informações contidas em suas etiquetas . A maioria das roupas deve ser lavada em água fria, usar água quente nessas roupas , além de estragá-las ainda aumentará seu consumo de energia para o aquecimento. Roupas fabricadas utilizando lã e seda devem ser sempre lavadas em água fria ou gelada.

Não utilize água sanitária para clarear roupas

Um dos maiores erros de quem não tem experiência em lavar roupas é acreditar que a água sanitária (também conhecida como Cândida, ou Qboa em algumas regiões do Brasil, fazendo referência a marcas regionais) pode ser utilizada para clarear roupas ou tirar manchas. A água sanitária, não só não clareia as roupas brancas, como deixa-as ainda mais amareladas, além disso, deixa as roupas de cor todas manchadas e danifica os tecidos, diminuindo sua vida útil. Outro problema causado pela água sanitária utilizada em lavagem de roupas é que seu uso pode acarretar alergias e outros problemas de saúde em pessoas mais sensíveis. Saiba que o objetivo da água sanitária é desinfetar ambientes e acabar com germes e mofos, ela não foi desenvolvida para lavar roupas. 

 
A máquina de lavar roupas também precisa ser limpada periodicamente

As máquinas de lavar roupas também precisam passar por um processo de higienização e limpeza regularmente. Cuide para manter sempre o filtro limpo e retire gorduras e fiapos que se acumulem para evitar que essas sujeiras se transfiram para as roupas na hora da lavagem. O vinagre branco também é um bom aliado para a limpeza da máquina de lavar, utilize-o. Outro procedimento importante é deixar a máquina de lavar aberta quando não estiver em uso, para que fique bem seca, arejada e não crie mofo em seu interior.

Procure utilizar os programas sugeridos pelos fabricantes

Cada máquina de lavar é projetada de forma que ao utilizarmos os programas pré-definidos pelos fabricantes ela tenha o máximo de eficiência, portanto, se você não tem muita experiência em lavagem de roupas, procure seguir a programação de lavagem da sua máquina. Procure não exagerar na quantidade de roupas colocadas na máquina de uma única vez, respeite o limite determinado pelo fabricante.

Junte meias e outras peças pequenas que tenham pares

Muitas vezes ao retirar a roupa da máquina e colocá-la para secar, acabamos perdendo o par de roupas pequenas, portanto uma boa solução é colocar todas as roupas pequenas dentro de um saco, um fronha, ou mesmo amarrá-las para que não se percam durante o processo. Além disso, peças pequena soltas podem se prender ao mecanismo da máquina danificando assim, ou a peça ou até mesmo a própria máquina.

Roupas da cama

As roupas de cama, por não serem utilizadas fora de casa, tendem a ficar menos sujas. Além disso, por ficarem em contato com todo o nosso corpo durante muito tempo, enquanto dormimos devem receber menos sabão durante a lavagem, ou terem um ciclo extra de enxágue, isso evitará incômodos em nossa pele pelo excesso de sabão residual.

Separe as roupas na hora de lavar

Existem muitas roupas que perdem tinta e felpas, portanto procure observar para que essas roupas não se misturem com outras para não danificá-las. A forma como se lava toalhas de banho, tecidos de algodão, tecidos sintéticos e roupas de cores diferentes não é a mesma, portanto devemos evitar ao máximo essa mistura. Roupas delicadas exigem um tipo de lavagem, roupas mais sujas e de tecido mais pesado e resistente, exigem outro tratamento.

Não exagere no sabão

Assim como o exagero de amaciante é prejudicial às roupas, o uso exagerado de sabão também é, não só para a roupa, mas também para a máquina. Muito sabão irá produzir muita espuma, e muita espuma não é sinônimo de roupa bem limpa.

Além das dicas acima, também é muito importante saber secar suas roupas da forma correta, portanto sugerimos também a leitura do texto “Você sabe qual a melhor forma de secar roupas para facilitar sua vida?“.

 

Se você gostou dessa dica, provavelmente também vá gostar dessas:
Como faço para… – Parte I 
(sorvete sempre cremoso | poeira e pelos da tela da TV | sal empedrado | acender vela em lugar difícil)
4 passos muito simples para organizar seu banheiro 
Dicas para a limpeza da casa não ficar tão pesada 
Vasos autoirrigáveis
Como limpar o micro-ondas respingado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *