Coisas que geralmente esquecemos de limpar em nossa casa

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 6 minutos

Quando vamos faxinar a nossa casa procuramos fazer de tudo para que ela pareça limpa e fique brilhando. Utilizamos vassouras, espanador, aspirador de pó, rodo, vários panos e produtos de limpeza para não deixar nenhuma sujeira aparente.

Porém, há vários locais e coisas na nossa casa que acabamos esquecendo de limpar e que devem também receber nossa atenção, se não em todas as faxinas, pelos menos nos dias de limpeza mais pesada.


Quais são os lugares da casa que geralmente não limpamos?

Quando entramos em um ambiente é muito fácil perceber o que precisa ser limpo e arrumado. Podemos observar que o chão está empoeirado, encontrar uma pilha de roupa suja esperando para ser lavada, ou uma pilha de roupa limpa que precisa ser organizada e guardada, ou a pia da cozinha está cheia de pratos e panelas que precisam ser lavados.

Porém, assim que essas coisas óbvias estiverem limpas e guardadas, passamos a sentir a sensação de casa limpa e acabamos por esquecer de limpar o que não é visível, mas que são muito importantes. Vamos descobrir quais são eles e como limpá-los?

Limpeza da parte de baixo dos móveis

Geralmente as partes inferiores dos móveis não são vistas quando estamos em pé ou sentado, mas quando nos abaixamos para olhar embaixo de uma cama, sofá ou outro móvel que nunca recebe nossa atenção, é muito comum encontrarmos rolos de poeira que podem ser aspirados ou varridos rapidamente.

E mais grave e importante do que isso é se você observar, não o piso abaixo deles, mas o que está alojado na parte inferior desses móveis, como teias de aranha, ovos de insetos, ou até outras coisas inesperadas que podem nos surpreender.

Essas partes inferiores de estrados de camas, assentos de cadeiras, suportes de mesa, sofás e demais móveis que não vão até o chão, precisam receber um tratamento com um aspirador de pó ou uma escova para retirar essas sujeiras, pelo menos duas vezes por ano, para evitar infestação de insetos e criação de bactérias.

Limpeza das paredes e rodapés

A poeira e a sujeira podem aderir a superfícies verticais e também horizontais e acabam se acumulando sem que percebamos.

Se você não costuma observar isso, procure abrir as cortinas ou persianas e acender as luzes de cada peça. Você se surpreenderá com o quanto sujas as paredes e rodapés podem estar. E se sua parede tiver papel texturizado ou se a própria parede for texturizada ou irregular, ainda mais poeira estará depositada sobre ela.

Para limpar a parede, comece no topo dela e vá até embaixo usando um espanador que retenha as partículas. Depois limpe outras marcas ou sujeiras que estejam fixadas ao redor de interruptores de luzes e maçanetas, isso pode ser feito também com um pano úmido. Aproveite e limpe também os interruptores que recebem muita gordura de nossas mãos.

Termine a limpeza agora dando uma atenção aos rodapés. Uma grande quantidade de poeira pode se acumular nas ranhuras e saliências dos rodapés. Além disso, em ambientes como cozinhas e banheiros onde há mais umidade, você provavelmente também precisará limpar os rodapés com um pano úmido para conseguir retirar a poeira grudada.

Limpeza das molduras das portas

Quando estiver limpando as paredes, reserve um tempo para observar as molduras de portas (marcos das portas). Você pode acabar encontrando mais sujeira do que gostaria, principalmente na moldura horizontal.

Geralmente temos a tendência de ignorar o que está acima de nossa linha de visão. Procure limpar regularmente a parte superior das molduras das portas, cozinha e armários altos, as molduras laterais e os cantos do teto, que pode ser um criatório de aranhas.

Aproveite para verificar as luminárias e os ventiladores de teto. Um espanador com cabo extensível é excelente para remover poeira e teias de aranha. Se você não tiver um espanador, fixe um pano de microfibra limpo em uma vassoura ou esfregão com cabo para fazer a limpeza.

Limpeza dos filtros e tubulações de ar condicionado

Se a sua casa tiver aquecimento central ou ar condicionado, você precisa se preocupar com as condições dos filtros e canalizações do sistema. O ar quente ou refrigerado sempre passa por filtros ou tubulações que precisam estar sempre limpos.

Se o ar que passa pelo sistema não for filtrado eficientemente para reter poeira e partículas de pólen, eles simplesmente serão lançados para dentro de sua casa. Portanto certifique-se de que todo o sistema esteja sempre bem limpo e desobstruído, inclusive as grades de saída de ar.

Limpeza do pisos dos armários e closets

É fácil perceber quando o que está em um armário precisa ser organizado e até lavado se houver formação de mofo, por exemplo. Roupas amontoadas, prateleiras lotadas e peças caindo quando abrimos as portas.

Porém, você lembra de quando foi a última vez que você limpou o armário, incluindo o chão? O piso de um armário ou de um closet – especialmente se for acarpetado – pode ficar empoeirado e sujo tanto com a sujeira externa trazida pelos sapatos, como pelas partículas de poeira que flutuam pelo ambiente. O piso pode se tornar um terreno fértil para criação de mofo e criatório de insetos, como aranhas ou traças que poderão comer suas roupas favoritas.

Pelo menos a cada mudança de estação, retire tudo dos armários e limpe bem o espaço. Também é o momento perfeito para eliminar e doar todas as coisas de que você realmente não usa mais e armazenar o resto de maneira adequada.

Limpeza de aspiradores de pó e outras ferramentas de limpeza

Se as suas ferramentas de limpeza estiverem sujas, cada vez que você as usar, você poderá apenas estar espalhando a sujeira pela casa. Quando foi a última vez que você deu uma boa limpada em seu aspirador (não apenas o filtro), no esfregão, vassoura ou escovas de limpeza?

É claro que certamente você esvazia o reservatório de detritos ou joga fora a sacola descartável em seu aspirador de pó. Mas isso não é suficiente, o aspirador todo internamente deve ser lavado e limpo a cada vez que começar a acumular sujeira e os filtros devem ser lavados ou trocados.

Da mesma forma, os esfregões, vassouras e escovas devem ser limpos com água corrente e, se necessário, um limpador desinfetante para que não acumulem sujeira e fiquem levando-a de um lugar para outro dentro de sua casa. Certifique-se também de que as esponjas sequem entre os usos para não serem formadoras de bactérias.

Limpeza das plantas de interior

Independentemente de você ter plantas de interior naturais ou artificiais, elas podem acumular uma quantidade incrível de poeira sobre suas folhas.

A maioria das plantas vivas, além de ficar limpa, se beneficiará de uma rápida regada, borrifada, ou mesmo um pano úmido. Se elas forem muito grandes para serem movidas, use um pano de microfibra ou espanador descartável para limpar cada folha.

As plantas artificiais também podem ser espanadas, limpas com um pano úmido ou seco (dependendo do seu material), aspiradas, ou levadas para fora para soprar a poeira acumulada.

Se você seguir essas dicas, pode ter certeza que sua casa ficará muito mais limpa e higienizada.


Se você gostou destas dicas, provavelmente também vá gostar dessas:
Descubra 4 métodos infalíveis para desentupir, ou evitar o entupimento da pia da cozinha
Como limpar o micro-ondas respingado
Dicas para limpeza de itens que não entram na rotina de limpeza diária da casa
Itens que todo mundo deveria ter em casa para facilitar as tarefas do dia a dia
16 dicas ótimas para a limpeza da casa não ficar tão pesada
Pets: Como tirar o cheiro de xixi do sofá?
20 ideias práticas para você usar e abusar das toalhas de mesa de fibra de coco

Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *