Você sabe o que significa home staging? Ele é muito importante na compra e venda de imóveis

O termo home staging, ainda pouco difundido no Brasil, é um conceito bem antigo – teve inicio em 1972 – e teve origem nos EUA. Trata-se de uma ferramenta de marketing, que consiste em decorar um imóvel à venda de forma a torná-lo mais atrativo para os possíveis compradores e com isso agilizar a sua venda e aumentar o seu valor de comercialização.

Home staging, numa tradução direta significa “encenação da casa”, que é literalmente o que é feito e geralmente por profissionais especializados. Essa ideia foi de uma corretora americana, que começou a obter resultados impressionantes na comercialização de seus imóveis, a partir de então, sua ideia começou a ser copiada nos EUA e na Europa, principalmente.

A maioria das pessoas que visita um imóvel para comprar tem sua atenção mais atraída por detalhes que não são os mais importantes, como marcas nas paredes, um piso riscado, furos resultantes de móveis que foram retirados pelos antigos proprietários, entre outras coisas que são fáceis e baratas de resolver e que muitas vezes precisarão ser feitas até em imóveis novos. Portanto, essas pessoas não conseguem se concentrar no que realmente importa, que é o potencial do imóvel, ou seja, sentir-se morando dentro dele.

Aplicar essa “encenação” em uma casa é uma arte que exige um bom conhecimento de design de interiores e capacidade para saber realmente valorizar cada ambiente. É importante saber como tornar um espaço mais agradável em termos estéticos para convencer o comprador e facilitar sua análise e tomada de decisão. Todos os itens utilizados, desde o material da cortina até o posicionamento de um candelabro devem ser estudados e planejados.

Vamos mostrar abaixo um apartamento na Itália que sofreu esse processo de preparação dos ambientes. A mudança foi projetada e executada pelo escritório italiano Venduta a Prima Vista. Observe como um apartamento antigo, sem atrativos, escuro e desinteressante se transformou em um lugar verdadeiramente aconchegante, cativante e atraente. Se você visitasse esse apartamento antes da intervenção, possivelmente não teria ficado muito interessado nele, mas, se o visitasse depois, ficaria?

A entrada do apartamento era escura e pouco convidativa. As paredes precisavam de ser pintadas, o chão apresentava riscos e também merecia ser mudado para clarear o ambiante. Todo o espaço precisava ser mais bem iluminado para tornar-se mais convidativo e seduzir os visitantes.

Nas imagens abaixo, você perceberá os benefícios que a luz traz para um ambiente. A sala de estar se transformou em um espaço perfeito para relaxar. As paredes em azul claro, o piso mais claro e luminoso e os móveis minimalistas criaram uma atmosfera sensacional. Nenhuma sombra é projetada sobre o ambiente. As plantas trouxeram cor, frescor e vida à sala.

 
Simples, mas eficaz, a decoração mistura tons de cinza com tons de azul. Os tons quentes das peças de decoração complementam com perfeição o piso em madeira. Nesse caso, os designers demonstram que não devemos ter medo de usar cores neutras e diferentes ao decorar uma casa.

O outro lado da sala há uma cozinha integrada e um pequena espaço para refeições. O branco desempenha um papel preponderante. Os armários da cozinha, a bancada e a mesa e cadeira são brancos, uma cor que enfatiza a área. A irrepreensível organização e distribuição do espaço torna-o mais bonito e facilita a circulação.

Observe agora como era o quarto do apartamento, o seu interior não corresponde à beleza da paisagem que pode ser vista pela janela. Apesar da janela ser uma fonte de luz natural, a cor escura utilizada nas paredes não se aproveitava dessa qualidade.

Também no quarto os home stagers mantiveram-se fiéis ao design minimalista do apartamento. Com móveis simples de estilo escandinavo, cores neutras e a parede renovada, o quarto parece outro. Como pode ser observado, não é preciso dispender de muito dinheiro para conseguir grandes resultados.

Em função da falta de luz e de itens de decoração, o banheiro apresenta um ar sombrio e cansativo. Os azulejos verdes são interessantes, porém precisavam ser realçados para refrescarem o ambiente. Mais luz artificial, um espelho e uma decoração simples seriam suficientes.

Com mais iluminação, os azulejos brilham agora em todo o seu esplendor. A parede branca contrasta com eles e a cortina semi-transparente traz conforto e privacidade ao espaço. A madeira tem também a capacidade de tornar os ambientes mais acolhedores. A mesinha de apoio foi uma boa opção nesse sentido, além de servir como espaço de armazenamento e organização adicional.

E então, a diferença é enorme entre o antes e o depois, não é mesmo? Você compraria o primeiro imóvel? E o segundo?

Se você gostou desse assunto, provavelmente também vá gostar dessas outras postagens do “Lar, Doce Lar”:
Acrescente mais charme à decoração de sua sala com uma cristaleira
Decoração, acerte nas cores
A incrível restauração de uma casa de fazenda histórica
Evite os 10 erros mais comuns na decoração da sala de estar
Como acertar na decoração monocromática
Vasos autoirrigáveis
Procurando inspirações para aproveitar o espaço embaixo da escada? Veja 12 ideias criativas
Fique por dentro das vantagens de utilizar piso de bambu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *