Alimentos que você só precisa comprar uma vez e depois pode cultivar em casa – Parte II

Este é o nosso segundo texto da série sobre alimentos que podem ser cultivados em casa a partir de sobras dos vegetais que você compra no supermercado ou na feira.

Conforme abordamos em nosso primeiro texto, que pode ser lido clicando aqui, muitos legumes, vegetais e ervas que você está jogando fora podem ser reutilizados para replantar.

Veja abaixo mais uma lista de alimentos que selecionamos bem interessante.

CAPIM LIMÃO: o capim limão é uma erva muito utilizada principalmente por seu aroma, em doces e chás, o capim limão, muito confundido com a erva cidreira, também é facilmente cultivável. Para isso, apenas coloque as folhas de capim limão verticalmente em um vaso com terra e aguarde. Elas se desenvolverão magnificamente bem.

GENGIBRE: o gengibre é conhecido como um dos temperos mais famosos, principalmente na culinária asiática, e por seus usos na elaboração de chás e xaropes. Para isso, certifique-se de cobrir uma parte do gengibre em terra e regue com frequência. Em pouco tempo você verá que ele se desenvolverá rapidamente e você terá um suprimento sem fim de gengibre.

MANJERICÃO: esta é certamente uma das ervas aromáticas mais famosas e adoradas, principalmente no preparo de massas com molhos a base de tomate. Felizmente é muito fácil cultivar manjericão, que cresce rapidamente quase como uma erva daninha.

Para isso, pegue um caule longo de manjericão e coloque em um vaso cheio de água para que cresça ainda mais e desenvolva suas raízes. Assim que as raízes começarem a crescer, transfira para um vaso com terra e aproveite.

FRUTAS: infelizmente, ao contrário da maioria dos vegetais, das ervas aromáticas e dos temperos, as frutas normalmente crescem em plantas maiores (arbustos e árvores) que precisam de mais espaço e de muito mais tempo para se desenvolver. Portanto, provavelmente será inviável cultivar a maioria das frutas dentro de casa ou em apartamentos, mas serão plantas muito boas de ter no jardim de sua casa, tanto por sua beleza como por serem fontes praticamente inesgotáveis de deliciosos frutos.

Quem sabe você pode negociar com o síndico do seu prédio e iniciar o cultivo de algumas árvores de frutas no jardim, para o benefício de todos os seus vizinhos?

ABACAXI: você pode facilmente cultivar abacaxi a partir das sobras de outro. Para isso, certifique-se de replantar na terra a base do seu abacaxi (a extremidade oposta às folhas).

ABACATE: para cultivar abacates, você precisará seguir um procedimento um pouco diferente. Para isso, pegue o caroço de um abacate e crave nele três palitos de dente, de maneira que você consiga suspender o caroço sobre um copo ou um vaso com água. Isto porque o caroço não deve ficar imerso na água, mas apenas em contato com ela. Quando as raízes começarem a se desenvolver, transfira para a terra.

LIMÃO: caso você esteja querendo cultivar um limoeiro, saiba que não há grande dificuldade em plantar limão em qualquer lugar. Para isso, certifique-se de escolher a variedade de limão que for mais comum na região que você mora. Retire as sementes de alguns frutos e deixe-as secar por um ou dois dias em um local arejado, preferencialmente sobre um papel toalha. Em seguida basta plantá-las no solo e regar com frequência.

MORANGOS: os morangos crescem em pequenos arbustos que são muito bonitos e podem ser utilizados inclusive para fins ornamentais. Os morangos em si na verdade não são considerados frutos – os frutos são os pequenos pontinhos pretos presentes em abundância em cada morango. Para cultivar o seu arbusto de morangos basta que você plante os próprios morangos no solo, no local desejado.

leia também
Alimentos que você só precisa comprar uma vez e depois pode cultivar em casa – Parte II

Se você gostou desse assunto, provavelmente também vá gostar dessas outras postagens:
Vale a pena consumir tomates orgânicos?
Você adora morangos? O que acha de plantar os seus?
Horta – o que plantar em cada mês
Como replantar temperos comprados frescos
Dicas imperdíveis para quem tem ou quer começar uma horta caseira
10 motivos para usar vasos autoirrigáveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *