Como fazer para um criança dormir sozinha

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 6 minutos

Como fazer para um criança dormir sozinha

Se você não sabe como fazer para um criança dormir sozinha e em seu quarto, então nesse texto vamos listar várias dicas infalíveis.

Você já passou pelas mamadas no meio da noite e das trocas de fraldas, mas o tempo foi passando e você então percebe que ter uma boa noite de sono ainda é uma ilusão para você?

A ansiedade, insegurança e distrações são alguns dos motivos que podem levar seu filho direto da cama dele para a sua. No entanto, você pode quebrar esse hábito com um pouco de dedicação e persistência.

Então, se a hora de seu filho dormir se transformou em uma luta de vontades, descubra como incentivar seu filho a dormir de forma independente e em seu quarto.

Como ensinar uma criança a dormir sozinha

O sono infantil tem características um pouco diferentes do sono adulto, portanto, para agir, é preciso considerar o que faz com que uma criança não queira dormir sozinha.

Então considere estratégias simples para resolver os problemas mais comuns na hora de dormir. Entre essas ações, para que uma criança queira dormir sozinha, as principais são:

Eliminar as distrações

A hora de dormir não pode ser caótica, portanto retire televisão, videogame, computador e outros dispositivos eletrônicos do quarto do seu filho para criar um ambiente propício ao sono. Isso porque o estímulo causado pelas telas dificultam muito o sono.

Torne a hora de dormir uma prioridade, uma rotina de dormir previsível e calmante é essencial para uma boa noite de sono.

Se seu filho precisar de claridade para dormir, então providencie uma luz fraca, existem muitos modelos de luzes noturnas, algumas que ligam na tomada.

Estabelecer uma rotina

Evite brincadeiras ativas e dispositivos eletrônicos estimulantes. Por exemplo, você pode dar banho em seu filho, colocar um pijama, escovar os dentes e ler histórias ou falar sobre as coisas boas do dia. Toque uma música relaxante, em seguida coloque seu filho na cama já sonolento, mas ainda acordado e diga boa noite.

Enfim, encontre a fórmula ideal para você e para a criança aceitar dormir sozinha e, depois de estabelecer uma rotina, siga-a todas as noites.

Essa previsibilidade prepara a criança psicologicamente para dormir sozinha e reduz sua ansiedade noturna. A rotina calmante reduz os níveis de estresse e cria uma série de etapas que a criança antecipa e sabe que levará à hora de dormir.

pai dormindo com o filho

Se necessário, ofereça suporte

Esse é um dos problemas de sono infantil mais comuns, a criança só adormece se um dos pais estiver ao alcance de seus olhos.

Então, se você tentar sair do quarto antes que ela esteja em um sono profundo, o caos se instala, começa o choro e a rotina de dormir precisa ser recomeçada.

Por exemplo, a especialista e consultora em sono infantil norte-americana, Emilie Caro, é entusiasta de eliminar gradualmente a presença dos pais no quarto.

Segundo ela, uma boa ideia, por mais estranha que possa parecer, é começar dormindo no quarto da criança por alguns dias, mas ir tornando sua presença o mais entediante possível. Mas dar atenção, mesmo que seja uma atenção negativa, vai incentivá-lo a repetir o comportamento. Portanto, não se envolva com seu filho quando ele deveria estar dormindo.

Nos primeiros dias coloque seu filho de volta na cama sempre que ele acordar, dessa forma sua proximidade cria o hábito na criança de dormir a noite toda na sua cama e sozinha.

Minimizar sua presença

Depois de confortar e acompanhar seu filho, você deve minimizar sua presença. Então, pare de dormir no quarto dele, em vez disso sente-se em uma poltrona por alguns dias durante a hora de dormir e se ele acordar no meio da noite.

Depois de alguns dias, pode levar mais de uma semana, então retire-se completamente do quarto do seu filho.

Evite voltar ao quarto do seu filho se ele chamar por você, lembre-se de que você está ajudando seu filho a aprender a adormecer sozinho. Portanto, se você ceder e continuar aparecendo ao lado da cama é disso que seu filho se lembrará esperará que aconteça na próxima noite.

Estabelecer uma sensação de segurança

A sua ausência ou o medo de existir um monstro escondido embaixo da cama pode deixar seu filho assustado na hora de dormir. Então, facilite a transição do sono para a vigília acalmando seus medos com brinquedos reconfortantes, como bichos de pelúcia, cobertores ou até mesmo um animal de estimação que ele adore.

A presença de itens familiares ou animais de estimação no quarto tranquiliza a criança para dormir sozinha.

criança deitada com medo

Frequentar o quarto cada vez menos

Há pais que preferem colocar o filho na cama e dizer que voltarão para ver como ele está. Então, se você quiser fazer dessa forma, mantenha sua promessa, mas espere por intervalos de tempo cada mais longos para voltar.

O ideal é que eles adormeçam durante um desses intervalos. Segundo a Dra. Judith Owens, Diretora de Medicina do Sono do Hospital Infantil de Boston, o intervalo para começar deve ser entre 5 a 10 minutos. Isso porque, se você retornar em menos de 5 minutos, ela provavelmente estará acordado. Ao contrário, se esperar muito, a criança pode ficar ansiosa e agitada, o que piora a situação.

Ser persistente e consistente

Se seu filho aparecer um seu quarto no meio da noite, então acompanhe-o de volta ao seu quarto sem muita interação. Segundo a Dra. Owens, simplesmente diga “Você precisa ficar na sua cama”.

É importante ser firme ao levar seu filho de volta à cama toda vez que isso acontecer. Ela também afirma que “Se você não fizer isso todas as vezes, isso ensina seu filho a ser mais persistente”.

Além disso, procure se antecipar às necessidades dele. Por exemplo, se seu filho vai regularmente ao seu quarto para pedir água ou um bichinho de pelúcia, tente administrar essas necessidades com antecedência durante a rotina de dormir.

Recompensar o bom comportamento

Embora seja importante ignorar o comportamento indesejável, como o choro e a chantagem, você também deve recompensar o bom comportamento.

Assim, depois de uma boa noite sem transtornos e estresses, deixe seu filho escolher uma recompensa.

Dar mais atenção durante o dia

Diminua a atenção que você dá ao seu filho perto da hora de dormir, mas compense-o em horários distantes desse momento. Acostume-o com o fato de que a hora de dormir não é o momento de interagir com você.

Isso não exige muito tempo, segundo especialistas, dedicar apenas dez minutos de tempo pode fazer muita diferença.

menina dormindo feliz

Com que idade uma criança deve dormir em sua própria cama?

Decidir o momento de fazer a transição de uma criança para dormir sozinha e em seu quarto é muito importante, tanto para você quanto para ela. É um marco que significa que ela está crescendo, mas quando é o momento de fazer isso?

Há pais que acostumam seus filhos a dormir em seu quarto desde bebês, no entanto, muitos pais optam por deixar os bebês em seu quarto, pois isso permitirá atendê-los mais facilmente durante a noite.

Os especialistas recomendam que quanto mais cedo seu filho aprender a dormir em um quarto separado melhor será. Isso porque pode ser mais fácil treinar crianças pequenas, entre 1 e 3 anos para dormir em seu próprio berço, pois elas não podem sair.

Quanto a dormir em sua própria cama, não existe um consenso quanto à idade ideal para que a criança passe a dormir sozinha em seu quarto. No entanto, já desde os 3 ou 4 anos de idade você pode começar a incentivar seu filho a fazer isso.


Leia também:
Como criar uma criança com cães em casa
Habilidades essenciais para seu filho ter sucesso na vida
Como preparar meu filho para o mundo real?
Como fazer uma criança guardar os brinquedos

Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *