Vale a pena ter uma parede interna de tijolos aparentes? Dicas e alternativas

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 10 minutos

As paredes internas de tijolos expostos sempre estão na moda. Quer seja com aspecto de velhas (rústicas) ou novas, em seu estado natural ou pintadas, as paredes de tijolos aparentes combinam com diversos estilos de decoração.

Se o seu uso sempre esteve na moda, atualmente parece então que voltaram com toda a força.


Algumas pessoas chamam as paredes de tijolos maciços expostos de paredes descascadas, outras de tijolos aparentes, outras ainda de tijolos a vista, enfim, não importa como são conhecidas em cada região do país, a verdade é que essas paredes são formadas pelos bons e velhos tijolinhos de barro compacto das casas de nossos antepassados.

As paredes de tijolos a vista sempre acabam se tornando um ponto focal em um ambiente e atraem o olhar de todas as pessoas pelo seu charme, sua beleza e sua textura únicos.

Tanto isso é uma realidade, que existem inúmeras alternativas, como poderemos ver mais adiante, fabricadas especialmente para simular tijolos aparentes, para quem sonha em ter uma parede assim, mas não mora em uma casa que oferece essa condição naturalmente.

Paredes com tijolos expostos combinam tanto em ambientes rústicos como em ambientes contemporâneos, podendo aparecer em praticamente todos os estilos de decoração. Em função disso já existem vários tipos de forrações, com diferentes materiais que imitam sua aparência, de vários tamanhos, cores e tipos.

O que é tijolo maciço?

O tijolo maciço, ou tijolinho, é produzido com barro comum (argila), não apresenta furos como os tijolos mais modernos, possui todas as faces planas e plenas de material, podendo ser um pouco mais irregular e rústico ou mais liso, e é obtido pela queima das peças já formatadas em fornos de olarias.

É considerado um tijolo rústico, primitivo e sempre foi utilizado em construções de alvenaria muito resistentes. Ele faz parte da história da construção no mundo desde sempre e já foi o único tipo de tijolo utilizado. A história registra que os primeiros tijolos maciços datam do ano de 7500 a.C, quando eram produzidos de forma artesanal e curados sob o calor do Sol.

Na Revolução Industrial, os tijolinhos maciços passaram a ser produzidos em larga escala e usados em praticamente todas as edificações que não utilizavam pedras.

Atualmente eles perderam espaço para diversos tipos de blocos de construção, que podem ser de barro, como eles, de concreto, ou até de outro material. Entretanto, é preciso admitir que construções feitas com ele eram pensadas para durar praticamente para sempre, diferentemente de muitas construções atuais.

As suas principais vantagens em relação aos outros tijolos são sua resistência e durabilidade, além do conforto térmico e acústico superior. É por esse motivo que muitas pessoas vibram ao adquirir um imóvel que foi construído com ele e fazem questão de exibi-lo.

Entretanto, apesar do tijolo exposto ser atraente em praticamente todas as situações, há algumas desvantagens a serem consideradas na sua utilização.

Vale a pena descascar uma parede interna para expor os tijolos?

Lembre-se que nesse texto estamos tratando somente sobre tijolos aparentes em paredes internas, pois os cuidados necessários, o tratamento, a manutenção e o acabamento de paredes internas e externas são completamente distintos, consequentemente, os fatores a serem considerados na decisão também serão diferentes.

Além disso, não estamos nos propondo nesse texto a ensinar como descascar e tratar uma parede para que ela fique com seus tijolos e argamassas expostos, pois isso vai depender das habilidades de cada pessoa. Há quem queira encarar essa tarefa, mas para a maioria das pessoas o ideal é chamar um profissional, para evitar acidentes, utilizar as técnicas e ferramentas certas e, o mais importante, explorar todo o potencial da parede.

Se você não tem experiência em construção, mas mesmo assim preferir fazer a parede sem a ajuda de um pedreiro e se deparar com um imprevisto em meio à obra – como canos de água, tubulação elétrica -, pode acabar adotando a solução errada e criando algum problema futuro.

Mas enfim, é sempre recomendável ter uma parede de tijolos aparentes em uma casa? Assim como qualquer decisão que tomamos em uma obra nova ou reforma, é preciso pesar os prós e contras de utilizar paredes de tijolos aparentes, vamos analisar alguns deles?

Prós e contras das paredes de tijolos aparentes

Conforme já comentamos, as paredes internas de tijolos à vista são uma das tendências mais populares de design de casas atualmente. Se você tem uma casa e tem conhecimento de que por trás do reboco (ou emboço) das paredes há tijolos bonitos que gostaria de expor, é importante estar ciente de que essa escolha terá prós e contras, assim como qualquer outro elemento de design de decoração.

Para ajudar na sua decisão, listamos abaixo um alguns desses prós e contras das paredes de tijolos para te ajudar a fazer a melhor escolha de acordo com as condições oferecidas pelo seu imóvel.

Motivos pelos quais as paredes de tijolos aparentes podem ser uma boa ideia

Por serem charmosas e atraentes

Paredes com tijolos expostos geralmente ficam extremamente atraentes e podem fazer com que um ambiente enfadonho e sem graça se transforme em um espaço aconchegante, convidativo e único, principalmente em uma sala de estar ou em outras peças da casa usadas com frequência e onde recebemos visitas.

Mostrar os tijolos da parede é ainda mais interessante em construções mais antigas, pois expor o tijolo que foi escondido por cimento pode trazer de volta a sensação de solidez e histórica da casa.

Além disso, não necessariamente as paredes descascadas precisam ficar sem pintura, com o tijolo original, muitas pessoas optam por paredes pintadas, deixando os tijolos brancos ou de outra cor que combine com o ambiente.

Por valorizarem a casa

Pela sua durabilidade, conforto térmico e acústico, versatilidade dos tijolos, que podem ser utilizados tanto para estrutura como para acabamento, toda casa que tem paredes expostas de tijolos maciços se valoriza.

Os tijolos maciços transmitem a sensação de solidez, o que deixa a casa mais atraente para compradores em uma situação de comercialização. Embora não haja estudos de que expor paredes de tijolo agregue valor a uma casa, isso também pode agradar mais aos compradores que desejam um espaço mais quente e confortável do que paredes de tijolos ou blocos vazados podem oferecer.

Por serem mais fortes

Se você costuma pendurar objetos de decoração ou móveis nas paredes, pode já ter tido o dissabor de tentar fazer furos em paredes todas vazadas. Em uma parede de tijolo maciço você não precisa escolher onde pendurar nada, em razão de sua resistência linear.

Possíveis desvantagens de paredes de tijolos a vista

Por outro lado, como a maioria das decisões de design, paredes de tijolos aparentes podem não ser ideais para todas as pessoas. Veja a seguir algumas coisas a serem consideradas antes de tomar sua decisão de descascar uma parede pronta e recoberta com cimento ou massa corrida.

Elas podem ser mais difíceis de decorar

Em uma parede lisa e pintada pode ser mais fácil imaginar um quadro ou um item de decoração sobre ela. Já em uma parede de tijolos aparentes – principalmente as não pintadas e que mantém a cor do tijolo original e a argamassa entre eles -, provavelmente você precisará testar o efeito que a decoração causará sobre ela.

Além disso, se a parede for muito irregular, alguns quadros e outros objetos podem não ficar bem posicionados exatamente onde você pretende, precisando escolher outro espaço para eles na parede.

Elas podem reter sujeira e umidade

O tijolo maciço é um material de construção poroso, assim como a argamassa assentada entre os tijolos, portanto, dependendo das condições de umidade do ambiente, se você não tomar medidas adequadas para vedá-los, a parede poderá absorver umidade e causar problemas de mofo e ácaros.

Provavelmente você vai querer cobrir a parede com um selante, um impermeabilizante ou uma camada de tinta acrílica para proteger contra umidade e sujeira, mas esses produtos também podem reter a sujeira e serem difíceis de limpar sem causar danos.

Além disso, se o lado oposto dessa parede for uma parede externa e não for muito bem vedada pelo lado de fora, você poderá enfrentar vários problemas causados pelas intempéries, portanto avalie bem essas situações.

Elas podem não ser energeticamente eficientes

Existe uma ou mais razões pelas quais uma parede de tijolo seja coberta, pode ser somente por estética de quem a projetou, pode ser para reter umidade ou calor, pode ser para aumentar o isolamento acústico ou térmico, portanto ao expor tijolos previamente cobertos em uma parede interna, você poderá estar deixando sua casa muito menos eficiente em termos de energia.

Alternativas para simular uma parede de tijolos aparentes

Então, se uma parede de tijolinhos aparentes original não é a ideal para sua casa ou ainda se sua casa não tem condições de comportar uma, você precisará desistir dela? Não necessariamente, felizmente para quem se agrada da ideia de ter uma, existem várias alternativas para simular uma parede de tijolo a vista.

É claro que nem todas elas parecerão naturais, mas o efeito final poderá ficar bem próximo do esperado em várias dessas soluções.

Das várias alternativas que existem, uma das mais populares é o papel de parede com fotos de tijolos naturais projetados para imitar a aparência de paredes reais de tijolos a vista. E não presuma que eles vão parecer cafonas ou baratos, alguns dos papéis de parede de tijolo fabricados atualmente são até texturizados, com desenhos em relevo e profundidade que tornam até difícil diferenciar do real, a menos que você esteja olhando de uma distância muito próxima.

Existem também painéis de parede de encaixar de tijolos falsos projetados para se parecerem com tijolos aparentes, assim como folheados de tijolos, que parecem muito semelhantes aos tijolos aparentes reais. Ainda é possível escolher as cores, que podem vir no tijolo cru, ou como se a parede tivesse sido pintada.

Além disso, algumas dessas alternativas de simulação de tijolinhos a vista que fornecem quase a mesma aparência da parede real trazem consigo algumas vantagens sobre a verdadeira. Por exemplo, você pode usar um papel de parede em relevo projetado para parecer uma parede de tijolo exposto e ter muito mais facilidade para pendurar molduras.

Há também placas de barro individuais que são tijolos maciços mais estreitos e que simulam a profundidade do tijolo sendo colocadas à frente da parede rebocada.

Portanto, como você já deve ter concluído, as paredes de tijolos aparentes podem ser um belo elemento de design, em uma sala ou em toda uma casa, mas sua escolha pode trazer consigo algumas desvantagens que precisam ser avaliadas.

Para muitos proprietários e designers de decoração, algumas das alternativas modernas que podem parecer igualmente boas podem ser mais interessantes por não trazer algumas das dores de cabeça provocadas por paredes feitas de tijolos aparentes reais.

Como decorar uma parede de tijolos aparentes

Se uma parede de tijolinhos aparentes, seja ela real ou simulada, por si só já é um detalhe de decoração fantástico em praticamente todos os ambientes, sua beleza pode ser ainda mais acentuada com detalhes de decoração adequados.

Além disso, pelo fato da sua parede ser linda por si só não significa que você não pode tirar proveito de sua metragem quadrada disponível. A seguir vamos listar algumas alternativas de acabamento e decoração para paredes de tijolinhos a vista que poderão deixá-las ainda mais impressionantes.

Na realidade uma parede de tijolos aparentes combina com muitas coisas, as escolhas do que fazer vão depender do seu gosto pessoal e do seu estilo de decoração preferido. Quadros com molduras pretas, em madeira crua ou coloridas, dependendo do estilo da decoração, espelhos, plantas, prateleiras flutuantes e até nichos embutidos nela. 

No entanto, temos uma dica importante que também deve ser considerada. Sua parede aparente é um item de decoração correto? Portanto, assim como seus outros itens de decoração, você não desejará danificá-la. Por esse motivo, antes de começar a furá-la para pendurar objetos e quadros esteja certo de que aquele é o lugar ideal. Ou, sempre que possível, procure utilizar fitas dupla face para fixar qualquer coisa em sua parede.

Use prateleiras flutuantes

Evite ao máximo cobrir os tijolos com estantes fechadas e volumosas, prefira utilizar prateleiras que contrastem com a cor da parede a ainda valorizem o seu fundo. Para obter um visual ainda mais complementar ao tijolo, escolha uma prateleira em estilo industrial, com prateleiras de madeira natural e uma moldura de metal fina.

Apoie sobre ela objetos exuberantes e chamativos

Para obter uma aparência “aterrada”, se a parede for grande, considere encostar nela espelhos também grandes ou porta-retratos em vez de pendurá-los, dessa forma ainda será possível apreciar parte dos tijolos que ficariam escondidos.

E se você quiser ainda mais profundidade e usabilidade, posicione pequenos armários ou mesas na frente dessas peças grandes.

Adicione objetos de pop art sobre ela

Peças de mobiliário e obras de arte com cores vivas e arrojadas fazem com que uma parede de tijolos se destaque ainda mais. E o que é melhor, apenas uma peça de declaração é tudo de que você precisa para chamar essa atenção extra para sua parede.

Adicione detalhes de madeira e plantas sobre, ou próximos a ela

Para ressaltar ainda mais o elemento natural do tijolo, envolva-o com mais elementos da natureza. Incorpore detalhes de madeira como porta-retratos, prateleiras, escadas, cabeceiras, mesas laterais, folhagens, flores, abuse do verde e de tudo o que remeta à natureza.

Utilize poltronas e sofás de cores fortes ou tradicionais

Colocar à frente de uma parede de tijolos a vista tanto assentos de cores vivas e brilhantes, como estofados marrons e clássicos valorizarão ela ainda mais. A escolha das cores dependerá do estilo de decoração do ambiente.



Pinte sua parede de tijolos expostos

Há situações em que manter os tijolos em seu estado natural pode não ser o mais adequado, como mofos persistentes, misturas de tonalidades que não te agradem, ou ainda outros detalhes que te incomodam ao visualizá-la nesse estado.

Nesse caso aplicar tinta sobre ela pode ser uma solução interessante. Fazendo isso, você não apenas dará uma aparência totalmente diferente à parede, mas também dará ao ambiente uma sensação totalmente diferente.

Além disso, a pintura não precisa tapar completamente os tijolos e a argamassa entre eles. Você pode adicionar uma aparência mais velha e desgastada, com uma mistura mesclada de cores ou estênceis (desenhos e ilustrações) para passar uma impressão de “depósito antigo”.

Outra alternativa, se você prefere uma parede mais uniforme, pode caiar toda toda ela ou pintá-la com uma cor fora dos padrões do ambiente. Entretanto, não tome a decisão de pintar sua parede se baseando apenas em um impulso, pois uma vez que a tinta é adicionada ao tijolo, é difícil removê-la.


Se você gostou deste assunto, provavelmente também vá gostar dessas postagens:
O que é Japandi?
Dicas e 60 ideias para montar um escritório no sótão
Bom gosto, você tem?
Confira 5 dicas para não errar no momento de comprar casa
Você sabe o que é decoração em estilo Boho?
O que é o estilo Shabby Chic? Tudo que você precisa saber sobre ele…
O que é um loft?

Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *