O que é um loft?

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 4 minutos

O que é um loft

Um apartamento tipo loft é um termo imobiliário e de design que define espaços modernos e abertos.

Seu conceito se baseia em uma proposta que muitas pessoas adoram pelo seu estilo de vida e outras odeiam, também pelo seu estilo de vida.

O que é um apartamento tipo loft?

Um imóvel em estilo loft é definido por um espaço completamente integrado.

Sendo, geralmente o banheiro a única peça separada das outras, ou seja, todos os outros ambientes do apartamento estão em plano aberto.

No texto “Você curte loft? Inspire-se nesse projeto executado em Londres” já pincelamos sobre a origem dos lofts, mas vale a pena comentar sobre isso novamente, para explicar o aspecto criativo envolvido nesse conceito de morar.

Originalmente os lofts surgiram a partir da conversão de edifícios industriais e depósitos que estavam em desuso.

Esse movimento iniciou em Paris e Nova York, em em razão dos imóveis bem localizados terem subido muito de preço por causa da especulação imobiliária.

Enquanto isso, edifícios inteiros que eram bem localizados estavam praticamente abandonados.

Desde então, por ter caído no gosto de muitas pessoas, os projetistas e as incorporadoras capitalizaram essa tendência com novas construções que tentam se apropriar do cobiçado estilo industrial.

Embora os conceitos dos apartamentos loft sejam semelhantes aos dos estúdios, eles tendem a ser maiores em tamanho e volume, tanto horizontal como vertical.

loft

História dos apartamentos loft

Voltando à origem dos lofts, sua história pode ser rastreada até metrópoles como Nova York, final da década de 1950 e início da década de 1960.

Nessa época, artistas transformaram antigos prédios industriais em espaços de trabalho, principalmente na parte baixa de Manhattan.

Assim, nesses espaços eles pagavam pouco ou nenhum aluguel em troca de um lugar para criar suas obras, pois esse espaço ainda era acessível para esses artistas.

Com o decorrer do tempo, alguns deles acabaram morando no mesmo espaço de trabalho e criação.

No entanto, ao longo dos anos, construtoras e empreendedoras expulsaram esses artistas em busca de capitalizar a aura boêmia criada e transformar em receita certa.

Então, a partir da ideia que os antigos moradores desenvolveram, as construtoras criaram versões luxuosas de lofts, que vendem atualmente por milhões de dólares.

A partir de então, podemos encontrar apartamentos em estilo loft em cidades de praticamente todo o mundo.

A popularidade do estilo de vida em um apartamento loft alimentou o crescimento contínuo da arquitetura estilizada de design industrial e decoração de interiores.

Posteriormente, essa popularidade se espalhou para os subúrbios das grandes cidades e até para áreas rurais.

Hoje, como já comentamos, em todas as metrópoles mundiais é possível encontrar vários tipos de espaços, e não só de moradia, nesse formato.

Desde escritório ou de coworking, bem como hotéis, restaurantes, cafés, lojas e até casas de eventos são construídos em conversões de armazém ou construídos do zero de uma forma que pareça reaproveitamento.

Quais as principais características do apartamento loft?

Muitas pessoas imaginam um loft como um apartamento pequeno, o que não é verdade.

Pelo contrário, hoje até existem espaços de moradia pequenos com características de lofts, mas o conceito original não é esse, os primeiros lofts eram imensos.

Os apartamentos loft quase sempre destacam as matérias-primas e elementos industriais, como paredes de tijolos a vista originais, tubulações e dutos elétricos expostos, piso de concreto queimado, muito metal, muito vidro e madeiras brutas ou desgastadas.

Além disso, lofts geralmente não têm paredes internas, somente no banheiro, e quando tem paredes não são inteiras, apenas separam peças parcialmente e sem portas.

São espaços com grandes volumes, que incluem plantas baixas generosas e tetos altos. Muitas vezes apresentam grandes janelas do chão ao teto.

Dependendo do tamanho e do uso que pretendem dar, muitos moradores dividem alguns espaços com divisórias, biombos, paredes temporárias.

Outros moradores até fecham quartos ou home-offices dentro do espaço existente, de forma que ofereçam mais privacidade e redução de som.

Alguns lofts aproveitam o espaço vertical e os tetos altos construindo mezaninos para o quarto, para uma sala de lazer ou para trabalhar.

Quando reaproveitam edifícios já existentes que tinham outro fim, os lofts são considerados uma forma de arquitetura sustentável.

Quais são as principais vantagens e desvantagens dos lofts?
Vantagens de um loft
  • Morar em um ambiente de plano aberto permite criar plantas baixas flexíveis;
  • Essas plantas podem ser modificadas facilmente ao longo do tempo, para assim adaptar às mudanças de estilo de vida dos moradores;
  • Ainda assim, os apartamentos loft com características originais proporcionam uma sensação de personalidade e história embutidos em sua estrutura;
  • Além disso, espaços vazios são como uma tela em branco para decorar com criatividade e com personalidade própria que reflita o estilo dos moradores;
  • Geralmente os lofts são repletos de luminosidade natural;
  • Espaços de convivência integrados, onde tudo está no mesmo nível podem ser mais apropriados para pessoas com mobilidade reduzida;
  • Eles também são ideais para idosos que desejam envelhecer sem precisar fazer grandes adaptações.
Desvantagens de um loft
  • Morar em um loft pode se transformar em um desafio para famílias, colegas de quarto ou casais que trabalham em casa;
  • Além disso, um loft diminui a privacidade e as atividades de um morador podem atrapalhar as de outro;
  • Da mesma forma, espaços grandes, brutos e abertos podem criar problemas de controle de ruído e luz externos e internos;
  • Igualmente, espaços construídos originalmente com finalidade industrial podem parecer menos acolhedores e convidativos sem um design de interiores bem planejado e adequado;
  • Em regiões de temperaturas extremas, um loft requer muita energia para aquecer e resfriar.


Leia também:
Conheça o estilo de design transicional, com dicas e muitas fotos para você se inspirar
Decoração, acerte nas cores
Antes e depois, a incrível transformação de um apartamento
Como aproveitar melhor um sótão utilizando claraboias e ainda 30 ideias incríveis
5 plantas para cultivar dentro de casa
Você mora em uma casa ou um lar?

Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *