Kombucha de café (Koffucha) – Parte I

Este é mais um post da nossa série de textos sobre alimentos probióticos. Ele também é a continuação do processo de preparo do kombucha, cuja preparação já foi explicada em textos anteriores e que podem ser acessados abaixo na lista de todos os textos já publicados nessa série. Esse texto procurará introduzir o preparo do kombucha com café.
Se você leu nossos textos anteriores já sabe que o kombucha é uma bebida probiótica obtida através da fermentação de um chá adocicado por uma colônia de bactérias e leveduras (chamada de SCOBY). Durante a sua primeira fase de fermentação, o SCOBY é estimulado pelo açúcar adicionado e pela cafeína presente no chá preto, verde ou branco. Como a cafeína é um elemento central na sua preparação, há quem questione se não seria possível fazer o kombucha a partir de café.

A verdade é que há uma dificuldade maior em conseguir produzir o kombucha a partir do café, pois o café possui uma quantidade de cafeína muito mais alta do que a quantidade encontrada nos chás, independentemente de sua cor. Assim, com ele, a fermentação ocorre de uma maneira mais rápida e o resultado é mais ácido e mais amargo do que o obtido com os chás. Apesar dessa dificuldade, algumas pessoas já desenvolveram receitas e métodos de preparo desta variante de kombucha, a qual chamam de “koffucha” (combinação de kombucha e “coffee”, café em inglês).

Caso queira tentar produzir o seu próprio koffucha em casa, você pode começar suas experiências a partir das seguintes quantidades de ingredientes:

  1. 40 gramas de café torrado e moído;
  2. 1,5 litros de água;
  3. 100 gramas de açúcar demerara ou açúcar mascavo;
  4. 100 mililitros de kombucha (ou 3 colheres de vinagre de maçã);
  5. 1 SCOBY.

Depois de higienizar todos os ingredientes e seguir todos os procedimentos que explicamos nos textos anteriores, leve a água à fervura em uma panela de inox, vidro ou cerâmica.

Após atingir o ponto de ebulição, acrescente o café e coe em seguida (não é necessário deixar em infusão por muito tempo).

Dissolva o açúcar a essa mistura em seguida enquanto a água ainda estiver quente e deixe-a em repouso até atingir a temperatura ambiente.

Após atingir a temperatura ambiente, transfira o café adocicado (desprezando os grãos de café) para o recipiente onde acontecerá a fermentação.

Acrescente o kombucha ou o vinagre de maçã e misture bem.

Em seguida acrescente, cuidadosamente, o SCOBY.

Cubra o vidro com um tecido que permita a troca de gases e impeça a passagem de insetos e deixe fermentar em um local ao abrigo da luz e em temperatura ambiente por 5 dias.

Ao fim dos 5 dias você já terá o seu koffucha pronto. Entretanto, caso deseje fazer a segunda fermentação, você deve seguir as mesmas etapas da kombucha normal. Ou seja, transfira o koffucha para uma garrafa limpa, sem resquícios de outras bebidas, e acrescente os ingredientes que deseja para saborizar o koffucha. Algumas sugestões são cacau em pó, chocolate em pó, canela, cardamomo ou anis estrelado. A segunda fermentação da koffucha, ao contrário da kombucha, deve ocorrer em no máximo 2 dias.

Assim como o kombucha, após a segunda fermentação o koffucha saborizado poderá ser guardado na geladeira por até 10 dias, período após o qual deverá ser desprezado. É importante ressaltar que o koffucha saborizado não deve ser utilizado para a fermentação de um novo koffucha ou kombucha– utilize sempre o produto da primeira fermentação, nunca o da segunda.

Lembre-se que o koffucha, assim como o kombucha nunca deve ser aquecido para beber, deve ser consumido em temperatura ambiente ou gelado.

Koffucha com gelo, pronto para beber

No próximo texto que publicaremos nessa série vamos abordar os cuidados necessários na preparação do koffucha.

Para ter acesso à toda a série que publicamos sobre probióticos e dominar melhor esse assunto, recomendamos você começar pela leitura do primeiro texto: O que são probióticos.

Leia também as outras postagens dessa série: (cada texto sobre o assunto será listado abaixo na medida em que for publicado)
O que são probióticos
O que é kefir
Kefir, como fazer?
O que é kombucha
Kombucha, como fazer? – Parte I
Kombucha, como fazer? – Parte II
Kombucha SCOBY, onde obter? Como cultivar?
Kombucha, como cuidar do seu SCOBY
O que é jun?
Jun, como fazer?
Kombucha de café (Koffucha) – Parte II
Saborizando seu kefir de água
Sugestões de sabores para kefir de água
Kefir de leite e intolerância à lactose

Se você gostou desse assunto, provavelmente também vá gostar dessas outras postagens:
Receita de risoto de truta e rolo de presunto parma
Saiba porque você deve incluir o repolho na sua alimentação
Afinal, a pipoca traz benefícios ou malefícios para a saúde?
O versátil, nutritivo e delicioso manjericão
Por que boicotamos nossos planos de exercícios e de dietas?
Aprenda 3 formas de perfumar a sua casa com produtos naturais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *