O que tem no sabonete industrial e o que tem no sabonete natural?

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 7 minutos

Um dos textos mais lidos aqui no blog é “Por que usar sabonetes artesanais? E qual a diferença entre sabonetes artesanais e industrializados?”.

Naquela postagem, tratamos como sabonetes artesanais, os sabonetes com ingredientes naturais, por eles serem feitos sem a adição de produtos sintéticos. Entretanto, nossos leitores assíduos nos pediram para ir mais além, e explicar melhor sobre esse comparativo que fizemos.


Para esclarecer melhor esse assunto, a Míriam Roman, proprietária da Born Saboaria e uma das redatoras do “Lar, Doce Lar”, relacionou a seguir as principais diferenças entre os sabonetes naturais produzidos pela Born e os sabonetes industrializados produzidos em larga escala.

Comparativo entre sabonete industrializado e sabonete natural
Por: Míriam G. Born Roman

Qual a diferença entre sabão e sabonete?

Antes de detalharmos melhor o que compõe um sabonete, tanto industrializado, como natural, vale ressaltar que muitas pessoas ficam em dúvida quando, tecnicamente, os especialistas falam em sabão, referindo-se à sabonete.

A explicação mais resumida é a seguinte: todo o sabonete é um sabão. Costuma-se, popularmente, chamar de sabão a forma mais pura e alcalina desse produto, destinada para limpezas pesadas e limpezas de roupas. Já o que chamamos popularmente por sabonete, é um sabão para higiene pessoal, com os mesmos ingredientes básicos (em quantidades diferentes), mais leve, suave e acrescido de novos ingredientes de aroma e de cuidados com a pele e o corpo.

Existem ainda outras características próprias de cada um, como a correção do pH para aplicações diferentes, entre outras, mas isso não é relevante, não muda a essência de que o sabão é a matéria-prima básica do sabonete.

O que tem no sabonete industrializado?

Você já leu o rótulo dos sabonetes que usa? Já escrevemos sobre isso aqui no blog, no post “Porque devemos ler os rótulos dos produtos de higiene?” de uma forma mais genérica. Hoje vamos detalhar um pouco mais sobre esse assunto.

Para escrever esse post fiz uma pesquisa em rótulos de 7 marcas conhecidas de sabonetes industrializados comercializados no Brasil, desde o mais simples (ou mais presentes nas prateleiras), até os mais sofisticados e de valores de venda elevados.

Nessa pesquisa incluí também um sabonete infantil, isso porque estava curiosa para ver se havia alguma diferença significativa nos seus ingredientes em relação aos sabonetes industrializados para adultos. Não há, são os mesmos ingredientes!

O que constatei nessa pesquisa só confirmou o que estudei antes de começar a produzir sabonetes naturais e que venho escrevendo nos posts já publicados pelo blog e que você também poderá observar a seguir.

Os sabonetes industrializados analisados têm de 9 a 22 ingredientes em sua fórmula, sendo os mais populares os que têm menos. Mas, não se enganem com a quantidade de ingredientes, todos eles têm componentes tóxicos para nós e para o meio ambiente, inclusive o sabonete infantil que eu analisei.

Desse total de ingredientes, o número de itens nocivos listados nos rótulos representa de 20 a 45% do total de itens contidos em cada sabonete. Entretanto, o rótulo não contempla qual percentual do peso líquido do produto final é composto por itens nocivos, isso porque as fórmulas com as quantidade de cada ingrediente usado é “segredo de fábrica”.

De qualquer forma, independente do volume de sua participação na fórmula, é muito preocupante saber que esses itens estejam em um produto que usamos diariamente em nossa pele e na pele de nossos filhos.

Além disso, se considerarmos que cada habitante do planeta tome um banho por dia, imagine a poluição que estamos gerando diariamente com a água usada que escorre pelo ralo.

Ao analisar os ingredientes usados em cada sabonete, e pesquisar sobre eles, montei uma planilha com 70 itens diferentes, sendo que, agrupando por função, um sabonete (ou sabão) tem basicamente: gordura, soda, água, espuma, agentes limpadores, emulsificantes, fragrâncias, corretores de PH, corantes, antioxidantes, antibacterianos e outros aditivos.

Uma informação importante em relação aos sabonetes industrializados, é que todos eles usam Cloreto de Sódio em sua fórmula, nosso tão conhecido sal de cozinha. O Cloreto de Sódio é usado para acelerar o endurecimento do sabonete.

Outra informação importante, é que a indústria costuma retirar a glicerina, que é um subitem gerado no momento da saponificação (reação da gordura com a soda) do sabonete para usar em outros cosméticos considerados mais “nobres” por ela. Acontece que a glicerina é um ingrediente muito importante para a hidratação da pele.

O que tem no sabonete natural da Born Saboaria?

Os sabonetes naturais e veganos da Born contêm de 10 a 13 ingredientes, que também serão agrupados por função, para fazermos um comparativo com os sabonetes industrializados. A quantidade de cada ingrediente varia de acordo com os aditivos, que conferem a propriedade do produto e a sua indicação.

Vamos conferir a seguir então o resultado dessa comparação de ingredientes?

Quais são os componentes de um sabonete?

Gordura: item básico para a formação de qualquer tipo de sabão.

Sabonete Industrial: contém gordura animal em sua maioria – Sebo tallowate; gordura vegetal – Sodium Palmate (palmato de sódio). O palmato de sódio é o sal de sódio dos ácidos graxos do óleo de palma, é derivado da saponificação do óleo de palma e é usado como sabonete e como substância detergente.

Sabonete Natural Born: contém apenas gordura vegetal – Elaeis guineensis (Palm) Oil, Elaeis guineensis (Palm) kernel oil, Helianthus annuus (sunflower) seed oil, Ricinus Communis Seed Oil, Theobroma Cacao Seed Butter; Óleos e manteigas vegetais.

Soda: Item básico para a formação de qualquer tipo de sabão.

Sabonete Industrial: Sodium Hydroxide

Sabonete Natural Born: Sodium Hydroxide

Água: Item básico para a formação de qualquer tipo de sabão.

Sabonete Industrial: Acqua

Sabonete Natural Born: Acqua

Espuma: produto usado para fazer espuma.

Sabonete Industrial: Sodium Lauryl sulfate, Sodium Laureth Sulfate, LESS. É um ingrediente danoso à pele porque retira toda camada de gordura, deixando a pele desprotegida e ressecada. Pode causar irritações ou reações alérgicas.

Sabonete Natural Born: a combinação entre as gorduras relacionadas acima é feita para que a quantidade de espuma fique dentro de uma faixa definida ideal para cada aplicação.

Agentes limpadores: detergentes.

Sabonete Industrial: Lauric Acid, Sodium Isethionate, Sodium Stearate. São detergentes sintéticos que podem retirar a camada de óleo natural da pele.

Sabonete Natural Born: os agentes limpadores são formados pela reação química entre a soda e as gorduras. Sendo que os sabões são calculados para que sobre de 7 a 10% de gordura, para repor o óleo natural da nossa pele.

Emulsificantes: usados para dar estabilidade a fórmula.

Sabonete Industrial: Polypropylene glycol, Methylpropyl, Hexadecanol. Podem causar reações alérgicas, urticária e eczemas.

Sabonete Natural Born: não são adicionados emulsificantes.

Fragrâncias: aroma

Sabonete Industrial: As fragrâncias dos sabonetes industrializados são uma incógnita, elas podem conter até 200 ingredientes em sua formulação. As empresas não precisam divulgar a sua composição, outro “segredo de fábrica”.

Sabonete Natural Born: São usados óleos essenciais. Somente óleos de frutas, flores ou folhas de fácil plantio e extração. Escolhidos, por suas características, para acrescentarem benefícios aos sabonetes.

Corretores de PH: são usado para baixar o PH do sabão, para aproximá-lo ao PH da pele.

Sabonete Industrial: Diethanolamine (DEA), Monoethanolamine (MEA), Triethanolamine (TEA), Cocamide DEA, Lauramide DEA. São tóxicos para o meio ambiente e podem causar irritações na pele.

Sabonete Natural Born: Citric Acid (ácido cítrico). O ácido cítrico é um ácido orgânico de frutas. Usado somente quando necessário.

Corantes: usados para colorir o sabonete.

Sabonete Industrial: ingredientes desconhecidos pelo usuário, normalmente são apresentados como números, C.I. 16035, C.I. 77891, etc. Podem causar alergias.

Sabonete Natural Born: não são usados.

Antioxidantes: usados para retardar a oxidação de óleos e manteigas.

Sabonete Industrial: Butil Hidroxi Tolueno (BHT). Este ingrediente é proibido de ser utilizado nos cosméticos naturais.

Sabonete Natural Born: Rosmarinus Officinalis (Rosemary) Leaf Extract (Óleo Resina de Alecrim). É um óleo natural, extraído da folha do alecrim.

Antibacterianos: usados em produtos com função antibacteriana.

Sabonete Industrial: Triclosan. O uso constante de antibacterianos pode fortalecer as bactérias e enfraquecer o sistema imunológico de humanos e animais. Leia também: “Você sabia que produtos antibacterianos podem fazer mais mal do que bem?”.

Sabonete Natural Born: não é usado.

Sal: Usado para endurecer o sabonete.

Sabonete Industrial: Sodium chloride (Cloreto de sódio). O sal causa ressecamento da pele

Sabonete Natural Born: não é usado.

Aditivos: itens usados para dar características ao produto.

Sabonete Industrial: a lista é grande e variada. Podem ser ingredientes naturais, como óleos naturais, ou artificiais, como a parafina, que é derivada do petróleo.

Sabonete Natural Born: a lista é grande e variada, entretanto sempre é utilizado um ingrediente de origem natural, como aveia, argilas, carvão ativado, entre outros.



Se você leu atentamente a comparação acima, talvez até tenha se assustado com o que muitas pessoas colocam em sua pele ao adquirir sabonetes industrializados. Esse pode ser um dos motivos para o aparecimento de tantas novas doenças de pele.

Nos sabonetes naturais e veganos da Born não é adicionado sal e toda glicerina gerada no processo de saponificação é mantida no produto.

A pele é o maior órgão do nosso corpo e serve para proteger nosso organismo do meio externo. Ela absorve o que passamos sobre ela e conduz algumas substâncias para a nossa corrente sanguínea.

Quando passamos algum produto nocivo em nossa pele, estamos absorvendo essa substância que, além de causar problemas como irritações e alergias, ainda pode nos deixar mais receptivos à determinadas bactérias ou vírus.

Você já ouviu o termo Skyn Food ou, traduzindo para português, “alimento para a pele”? Esse termo se refere a uma das bases da cosmética natural, que prega que: se você não pode comer, não use em sua pele.

Os sabonetes da Born são feitos estritamente com ingredientes naturais. Os óleos e manteigas usados são prensados a frio para com isso evitar a adição de agentes químicos no momento da extração.

Se você se preocupa com sua alimentação, preocupe-as também com o que você passa em sua pele e procure passar a utilizar produtos naturais.


Se você gostou desse assunto, provavelmente também vá gostar destas outras postagens:
Shampoos e condicionadores naturais e veganos, benefícios para o cabelo
Dicas essenciais para adotar o veganismo com sucesso
Você sabia que produtos antibacterianos podem fazer mais mal do que bem?
Saboaria vegana e natural, pele saudável, aromaterapia e sustentabilidade
Entenda porque o sabão pode diminuir muito a propagação de vírus
Saboaria natural e vegana de qualidade com ingredientes eficientes

Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *