Tudo o que você precisa saber sobre petúnias

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 10 minutos

As petúnias são uma das plantas de jardins mais populares, florescem no final da primavera e durante todo o verão até a entrada do frio do outono, sempre com cores vibrantes e alegres.

Dentro do gênero Petúnia, existe uma grande variedade de flores, grades e pequenas, com uma ampla gama de cores, flores simples e duplas, pétalas lisas ou franzidas, cores sólidas simples, listradas, nervuradas ou com bordas picotadas, e até apresentam perfumes diferentes.


Além disso, pela diversidade de variedades dessa planta, ela pode ser cultivada em canteiros, beiras de calçadas, como planta rasteira, de acumulação, em vasos pendurados caindo em forma de cascata entre outras formas de plantar.

As flores da petúnia podem ser encontradas em quase todas as cores. Suas flores são largas, em forma de trombeta e sua folhagem ramificada, peluda e um pouco pegajosa.

Algumas petúnias são plantas perenes, embora a maioria das variedades sejam cultivadas anualmente, a partir de sementes. As petúnias perenes podem ser plantadas através de estaqueamento e podem ser hibernadas no outono e no inverno.

Qual a origem das petúnias?

A petúnia pertence à família Solanaceae (a mesma dos tomates, batatas e do tabaco), é originária principalmente de regiões tropicais e subtropicais da América do Sul, como Brasil, Argentina e Uruguai.

A história da petúnia é bastante confusa. Diz-se que a primeira petúnia descrita foi encontrada perto de Montevidéu, capital do Uruguai, no ano de 1793. O naturalista francês Jean Baptiste Lamarck, descobriu e descreveu a planta durante uma expedição científica aos países da América do Sul.

Na verdade, Lamark classificou a petúnia equivocadamente, devido à similaridade das folhas destas plantas com as folhas do tabaco, quando então ela recebeu o nome Nicotiana axillaris.

Entretanto, quando dez anos mais tarde, em 1803, diversas espécies similares à planta catalogada por ele foram encontradas nas Américas, elas então foram isoladas em um gênero separado, Petúnia, pertencente à família da beladona.

Plantas desse gênero foram encontradas na Argentina, no Brasil e até mesmo nos EUA. Alguns desses achados foram atribuídos primeiramente a outros gêneros, como Salpiglossis ou Nirenbergia, posteriormente o gênero Petúnia começou a crescer lentamente e várias espécies foram recatalogadas.

Entretanto, atualmente em nossos jardins, não estamos cultivando as espécies que foram originais encontradas no continente americano, mas a Petunia hybrida.

Não há uma consenso entre os estudiosos de como a espécie atual surgiu. Alguns afirmam que, tendo sido levada da América para os jardins botânicos da Europa, a petúnia polinizou naturalmente outras espécies. Porém, quais as espécies que participaram dessa polinização, ainda não foi descoberto.

Em 1834, foi classificada a primeira petúnia híbrida, que deu origem a variedades abundantes de floração, com flores grandes e até duplas. Essa classificação dividiu a espécie de acordo com sinais visíveis como a abundância de floração.

Quais as variedades de petúnias mais populares?

São quatro as variedades, ou tipos de petúnias mais cultivadas em jardins e vasos atualmente. Todas elas híbridas, conforme explicamos acima.

Petúnias Grandiflora, são o tipo mais comum de petúnias em crescimento, se caracterizam pelas flores de tamanho grande, medindo até dez centímetros de diâmetro (entre 7,5 a 10 cm). Essa espécie geralmente cresce na vertical, mas pode transbordar para o lado, se plantada em vasos ou floreiras de janela.

Petúnias Hedgiflora, são as chamadas petúnias espalhadas, essa espécie possui uma altura menor, no máximo 15 cm de altura, mas é capaz de cobrir lateralmente uma grande superfície rapidamente. São ótimas como cobertura de solo.

Petúnias Multiflora, com flores menores, de até cinco centímetros, são ideais para o cultivo em vasos e jardineiras suspensas, resistem melhor à chuva e têm uma floração mais abundante.

Petúnias Milliflora, são versões em miniatura, possuem as menores flores, medindo no máximo três centímetros de diâmetro. São compactas e reaparecem espontaneamente no mesmo local onde estiveram plantadas.

Onde as petúnias devem ser plantadas?

O cultivo de petúnias preferencialmente deve ser feito em local de sol pleno, entretanto em regiões onde os verões são muito quentes e ensolarados elas também podem ser cultivadas à meia sombra.

Elas se desenvolvem melhor em um solo fértil, úmido, mas bem drenado. Procure oferecer para ela bastante matéria orgânica, como composto de jardim, fertilizante ou outro corretivo de solo, principalmente em solos arenosos, e portanto muito drenados, para reter mais a umidade e os nutrientes.

Como plantar petúnias a partir de sementes?

As petúnias que são plantadas anualmente podem ser semeadas, a forma ideal para cultivar petúnias a partir de sementes é fazendo um berçário.

As petúnias são plantas de crescimento rápido, quando plantadas na forma de sementes, elas germinarão e estarão prontas para serem plantadas em seu local definitivo muito rapidamente. O único cuidado necessário nessa transferência é que não aconteçam geadas sobre as mudas.

Passo a passo para começar o plantio de petúnias através de sementes:

1. Espalhe as minúsculas sementes de petúnia sobre uma terra rica e úmida em uma bandeja de plantio ou em vasos. A época ideal para plantio é na primavera.

2. Pressione-as suavemente, mas não as enterre completamente, pois elas precisam de luz para germinar.

3. A seguir, cubra a bandeja ou o vaso com plástico transparente e coloque-o em um local quente, mas fora da luz solar direta. O temperatura mais adequada para essa etapa é entre 18°C e 24°C.

4. As mudas deverão começar a germinar dentro de sete a dez dias. Assim que elas surgirem, remova o plástico e deixa-as no mesmo lugar.

5. No momento em que as mudas tiverem três folhas, elas podem ser transplantadas para vasos maiores até que estejam prontas para serem transplantadas para o jardim. Se o plantio final será em vasos, elas já podem ser transferidas para seus vasos definitivos.

Como propagar petúnias perenes?

As variedades de petúnias perenes podem ser propagadas a partir de estaquias.

1. Escolha os caules mais fortes e saudáveis ​​e que não estejam florescendo. Se suas petúnias não estejam tendo um crescimento adequado, tente cortar um ou dois caules na parte de trás das plantas para encorajar um crescimento mais rápido e utilize esses caules como estaquias.

2. Selecione estaquias com a medida entre de 7,5 a 10 cm de comprimento, cortando logo abaixo de uma junta de folha ou nó.

3. Remova as folhas dos dois terços inferiores do caule e insira cinco ou seis mudas em um vaso com um composto arenoso até a base das folhas mais baixas.

4. Coloque o vaso dentro de em um saco plástico para provocar um efeito de estufa e posicione-o em algum lugar com boa luz, mas fora da luz direta do sol, para enraizar.

5. As mudas deverão criar raízes em 2 a 3 semanas, quando podem ser plantadas individualmente e iniciado o cultivo no local definitivo.

Como plantar petúnias?

Independente de você ter começado o plantio por semente, feito estaqueamento, ou adquirido mudas já desenvolvidas. A transferência para seu local definitivo se dá da mesma forma. Procure nunca plantá-las enquanto ainda houver possibilidade de geadas.

1. Cave um buraco para o plantio de um bom tamanho, grande o suficiente para acomodar facilmente o torrão que vai acompanhar a muda.

2. Adicione uma camada de matéria orgânica rica no fundo do buraco.

3. Coloque o torrão com a raiz na cova de plantio e ajuste a profundidade de plantio para que a muda seja plantada na mesma profundidade em que estava crescendo originalmente, com o topo das raízes no nível da superfície do solo.

4. Distribua mais matéria orgânica no espaço que tenha sobrado no buraco até preenchê-lo, afofando-a e não permitindo que sobre ar em contato com as suas raízes.

5. Aplique uma cobertura morta em volta da muda para ajudar a manter a umidade e diminuir a propagação das ervas daninhas.

Como cuidar de petúnias?

As petúnias precisam de solo úmido, portanto as que estejam sendo cultivadas em jardim exigirão regas regulares durante os períodos prolongados de seca, principalmente no verão.

As petúnias cultivadas em vasos também precisam de regas regulares, possivelmente diárias, para manter o composto uniformemente úmido. Porém, tome o cuidado de não regar em excesso, pois muita água fará com que as plantas se desenvolvam muito rapidamente, fiquem compridas e com poucas flores (mais abaixo explicaremos como solucionar isso).

Adube regularmente durante todo o verão com um fertilizante vegetal líquido para flores. Isso vai garantir uma floração constante e abundante. Um fertilizante com alto teor de potássio irá gerar mais e melhores flores durante um longo período de floração até a chegada das primeiras geadas de outono.

Remova as flores que começarem a murchar e também quaisquer vagens de sementes em desenvolvimento, isso prolongará a floração.

Plantas que cresceram demais e desordenadamente podem ser podadas radicalmente e depois receberem um fertilizante líquido para a geração de novos brotos e uma maior profusão de flores.

Como hibernar petúnias?

As petúnias de variedades perenes, que você pretende manter de um ano para o outro, podem ser podadas radicalmente, limpadas para remover as partes mortas ou danificadas e cuidadosamente serem retiradas do local onde estavam sendo cultivadas.

Transfira-as para vasos grandes o suficiente para caber todo o torrão de raiz e um pouco de composto para vasos que complete a ocupação. Deixe-as durante o outono e o inverno em um local claro e sem geada, de preferência em uma estufa ou local frio, mas protegido.

Qual a época de floração das petúnias e como deixá-la mais abundante?

A principal estação de floração das petúnias é o verão, embora elas possam começar a florescer na primavera e se estender até o outono, quando a temperatura cair e chegarem as primeiras geadas.

O calor extremo do verão também pode causar uma interrupção temporária na sua floração.

Algumas variedades de petúnias, mesmo na época de floração mais forte, precisam que suas flores mortas sejam removidas para que continuem a florescer. Outras variedades, criadas mais recentemente, não exigem essa retirada, entretanto se isso for feito elas se beneficiarão para maximizar seu florescimento.

As petúnias também requerem irrigação e alimentação regulares durante a estação de crescimento e, se forem protegidas contra climas extremos, que pode envolver a movimentação de plantas em vasos para uma área mais protegida ou com a instalação de uma cobertura temporária sobre os canteiros de jardim.

A maioria das variedades de petúnia prefere o sol pleno, pelo menos seis horas de luz solar direta na maioria dos dias. Mas no calor forte do verão, a sombra parcial, principalmente no horário do sol forte da tarde, ajudará a mantê-las mais floridas.

As petúnias preferem um solo macio e fértil, que forneça uma boa drenagem. Elas podem tolerar uma variedade de tipos de solo, desde que sejam bem drenados, mas solos com um pH ligeiramente ácido é o seu preferido.

Apesar das petúnias não gostarem de longos períodos sem água, elas também não gostam de ficar em um solo encharcado, pois isso pode apodrecer suas raízes. Além disso, excesso de água pode resultar em plantas com hastes longas e poucas flores.

Se as suas petúnias costumam desenvolver hastes longas é fácil de resolver, pode seus caules deixando-os com até 5 a 7 centímetros de comprimento e, à medida que ela voltar a crescer, terá mais folhas e flores e menos hastes.


Quais são as pragas e doenças que atacam as petúnias?

Algumas das pragas que podem atacar as petúnia são pulgões, besouros, lesmas e caracóis, que se alimentam de caules e folhas.

Algumas vezes a infestação dessas pragas podem ser eliminadas simplesmente com um forte jato de água. Porém, se essa infestação for muito severa e esteja atrapalhando a floração, ou enfraquecendo a planta, o ideal é aplicar algum antídoto contra elas.

As petúnias também podem ser suscetíveis a doenças fúngicas, como o bolor cinzento, especialmente nas estações chuvosas, portanto, ao cultivá-las, se você mora em uma região muito úmida, opte por uma variedade que tenha uma tolerância maior à umidade.

Quais os simbolismos e significados espirituais da flor de petúnia?

A flor de petúnia é associada à transformação e à sabedoria, com o poder de oferecer ao ambiente e às pessoas ao seu redor mais força espiritual, clareza da mente e harmonia.

Talvez sejam esses os motivos dessa ser uma flor tão encantadora para cultivar em um jardim ou em vasos e atrair esses simbolismos tão profundos para melhorar a energia de uma casa.

Além disso, a estrutura da flor de petúnia apresenta formas e que lembram uma mandala, característica que a associa ainda mais a símbolos místicos e espirituais.

Como a flor da petúnia está associada a esses conceitos, ela ainda representa um grande apelo de perdão e renovação dos relacionamentos. Dessa maneira, é um ótimo presente para uma reaproximação e proposta de paz, facilitando entendimentos e curas das mágoas do passado.

Quando presentear com petúnias?

Além de serem uma oferta de paz e reaproximação, existem muito poucas ocasiões em que não é apropriado oferecer uma petúnia a alguém, essas flores são ótimos presentes para dar em festas de inauguração, ou como presentes para uma anfitriã.

Qual o significado das cores das petúnias quando oferecidas de presentes?

Petúnia vermelha: assim como muitos tipos de flores vermelhas, uma petúnia vermelha geralmente simboliza o amor apaixonado.

Petúnia rosa: geralmente simboliza coisas como feminilidade e seus temas relacionados como amor maternal, gentileza e compaixão.

Petúnia amarela: representa amizade, confiança e simpatia. Também podem representar o profundo respeito que quem oferece o presente tem por alguém.

Petúnia roxa: simboliza fantasia, charme e mistério. Esta flor tem conotações misteriosas e caprichosas e também pode ser usada para representar graça e eloquência.

Petúnia azul: geralmente simboliza paz e intimidade. No entanto, também pode representar uma confiança profunda compartilhada entre duas ou mais pessoas.

Petúnia branca: simboliza inocência e verdade. No entanto, ela também pode representar dignidade e confiança.

Qual o simbolismo de uma tatuagem de petúnia?

Uma tatuagem de petúnia tem vários significados, dependendo de quem a usa.

Muitas das vezes, esta flor é usada para simbolizar ressentimento e raiva quando escolhida como uma tatuagem. Isso é especialmente verdadeiro quando é usado para representar alguém com quem a pessoa teve um desentendimento.

Entretanto, mais frequentemente do que isso, a petúnia é usada para simbolizar o desejo de passar mais tempo com outra pessoa. Quando usada como imagem em uma tatuagem, a petúnia pode ter conotações calmantes e pacíficas.


Se você gostou destas dicas, provavelmente também vá gostar dessas:
Algumas dicas para o seu gramado que você jamais deve negligenciar
Como mudar as cores das hortênsias?
A jardinagem e a saúde física e mental
Como plantar e como cuidar de Lírios de Calla? Saiba tudo sobre essa linda flor…
Plantas super resistentes, saiba quais são – Parte I
Como plantar e como cuidar da Costela de Adão
Um cactos diferente para alegrar sua casa
Como plantar e como cuidar da jiboia (Epipremnum aureum)

Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *