Quais os principais benefícios do vinho para sua saúde?

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 4 minutos

Os benefícios do vinho foram comprovados pela ciência internacional mediante pesquisas realizadas em grandes universidades, o vinho é considerado um dos melhores elixires para o corpo humano. Basta apenas uma pequena dose dessa bebida popular em todo o mundo para ter uma melhor qualidade de vida.


Mostraremos a seguir 5 benefícios que o vinho irá proporcionar para a sua saúde, no entanto, é recomendável respeitar a quantidade máxima que geralmente você toma por dia ou por semana. Lembre-se que o vinho é uma bebida alcoólica, e que bebidas alcoólicas devem ser consumidas com moderação.

Um dos melhores benefícios que esta bebida – também chamada de manjar dos deuses – garante, é o da longevidade da vida. Confira os demais benefícios abaixo.

5 benefícios do vinho para a nossa saúde!

A ciência através de pesquisas já comprovou a eficácia do vinho para a nossa saúde, exibiremos a seguir alguns dos benefícios que esta bebida nos oferece:

1º Consumir vinho ajuda na saúde do coração

A doença cardiovascular é, ainda, a principal causa de morte no mundo todo. As universidades já realizaram várias pesquisas para comprovar a eficiência de uma substância conhecida como polifenóis, esta substância possui antioxidante putativas.

A principal função da substância é proteger o revestimento dos vasos sanguíneos do coração, para evitar as doenças cardiovasculares. Para tanto, é recomendado o consumo de 1 a 2 cálices da bebida por dia. O vinho atua na redução de LDL, e aumenta o HDL ou o chamado colesterol bom. Consumir vinho também ajuda a inibir a formação de coágulos no sangue.

2º O vinho atua na prevenção do Alzheimer

O Alzheimer é um distúrbio crônico que também é conhecido como demência, ele pode ser evitado apenas consumindo vinho moderadamente. A deterioração mental é controlada graças ao resveratrol contido no vinho tinto, que mantém os vasos sanguíneos em aberto.

Dessa forma, há uma melhor circulação do sangue até o cérebro, o que ajuda inclusive no transporte de oxigênio e glicose no sangue. Com o consumo regular de vinhos, as funções cerebrais funcionam normalmente.

3º O vinho controla os sintomas de depressão

A depressão apresenta fatores hereditários, e é regularizada apenas com o consumo de algumas taças de vinhos. O vinho funciona como calmante, o mesmo não ocorre com as demais bebidas alcoólicas. O PREDIMED – um grande estudo de prevenção primária realizado na Espanha – fez uma análise com 5.500 indivíduos, que são bebedores considerados leves e moderados.

A pesquisa revelou que consumir cerca de 7 taças de vinho ajuda a minimizar os sintomas da depressão, logo, é indicado apenas consumir moderadamente, afinal, a pesquisa também descobriu que pessoas que consomem muito álcool são propensas a desenvolver a depressão.

4º O consumo de vinho proporciona uma pele saudável

O vinho contém elevados níveis de antioxidante, o que impede o crescimento de determinadas bactérias que causam a acne, além disso, o vinho garante a manutenção da saúde de nossa pele. A função dos antioxidantes é rejuvenescer a pele, elevando assim, a sua elasticidade e manutenção do brilho.

5º Consumir vinho auxilia no controle de obesidade

Este é um dos benefícios do vinho mais agradáveis, não é mesmo? Porém, é importante lembrar que há uma diferença entre sobrepeso e obesidade. A obesidade é o excesso da gordura corporal, e o sobrepeso se refere ao peso corporal como músculos, ossos, gordura e água.

Os antioxidantes epicatequina, quercetina e resveratrol auxiliam na diminuição do colesterol ruim. Eles também contribuem para reduzir a inflamação, que leva à obesidade.

Afinal, consumir vinho regularmente faz bem?

Você já reparou que em muitos fatos marcantes da história o vinho está presente? O vinho desde sempre acompanha a humanidade e quanto mais é pesquisado cientificamente, mais propriedades curativas e preventivas contidas nele são comprovadas.

Além dos benefícios acima, o vinho tinto também contempla muitos outros benefícios comprovados cientificamente, ainda mais quando seu consumo é associado à atividades físicas e outras atividades ao ar livre.

O vinho ainda proporciona uma proteção natural para o nosso organismo. De acordo com uma pesquisa realizada pela Sociedade Europeia de Cardiologia, uma taça de vinho consumida diariamente tem a capacidade de diminuir em pelo menos 11% o risco de infecção causados por bactérias que podem provocar uma série de doenças, tais como úlceras, gastrites, infecções e até mesmo alguns tipos de câncer.

Qual o teor alcoólico do vinho?

O teor alcoólico do vinho pode variar bastante. Um vinho é considerado ótimo quando combina a quantidade adequada de álcool e de ácidos, que são as duas propriedades que dão as características fundamentais ao sabor e palatabilidade dessa bebida.

Se você costuma degustar vinhos, certamente já conhece aquela sensação de sorver um líquido redondo e aveludado. Isso acontece pelo equilíbrio de todos os seus componentes.

O álcool presente no vinho é o resultado da fermentação do açúcar contido nas uvas que serviram como base para a sua produção.

Cada uva precisa de condições e tempos diferentes para ser considerada madura. A legislação brasileira define que os vinhos comercializados aqui tenham uma graduação alcoólica entre 8,6% e 14%. Dessa forma, a uva utilizada deve conter uma concentração de açúcares que, quando fermentada, fique dentro do teor alcoólico esperado para o vinho resultante.

Praticamente todos os tipos de uvas têm potencial para produzir bons vinhos, porém, obter um bom vinho, vai depender da qualidade da uva utilizada e dos processos e condições de maturação e de envelhecimento do vinho empregados pela vinícola produtora.

Conclusão

Lembre-se que, conforme comentamos acima, o vinho não é e não deve ser tratado como um remédio, ele é uma bebida alcoólica que contém uma graduação maior que a da cerveja, por exemplo, portanto pode representar risco se consumido de maneira inadequada ou em grandes quantidades.

No entanto, como você deve ter percebido, os benefícios do vinho são vários, se você deseja obter melhor qualidade de vida, confira os demais temas nos artigos aqui no nosso blog.


Se você gostou destas dicas, provavelmente também vá gostar dessas outras dicas e receitas:
Receita de sorbet de vinho com melancia
Aprenda algumas maneiras de cozinhar utilizando vinho
Como armazenar garrafas de vinho
Você já passou dos 40 anos? Veja essas 12 dicas para emagrecer com saúde
Como aproveitar garrafas de vinho na decoração, 28 ideias para inspiração
60 ideias para armazenar vinhos e ainda decorar um ambiente

Compartilhe...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *