Como cuidar de bromélias em ambientes internos e externos

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 7 minutos

como cuidar de bromélias

Será que é muito difícil cuidar de bromélias?

As bromélias estão se tornando cada vez mais populares em nossas casas. Isso está acontecendo porque elas adicionam uma explosão de cores tropicais ao ambiente.

Bromélia é o nome de uma família de plantas incrivelmente diversa, existem mais de 2.800 espécies diferentes dessa planta. Além disso, quase tantas maneiras de cuidar delas quanto variedades diferentes.

Portanto, há cuidados comuns que valem para a maioria das bromélias e regras gerais de cuidados que valem para todas. Sendo assim, a seguir vamos listar dicas para cuidados e manutenção de bromélias internas e externas de uma forma geral.

Como cuidar de bromélias em ambientes externos

A maioria das bromélias são nativas de climas tropicais, portanto seu habitat original é úmido e ela cresce em solos de florestas sombreadas ou presa em árvores.

Elas são mais abundantes nas florestas tropicais da América do Sul e Central, onde crescem no chão da floresta ou em árvores, onde podem alcançar melhor a luz do sol. No entanto há algumas bromélias que preferem regiões mais altas e montanhosas.

Isso significa que as bromélias são adaptadas para climas quentes, úmidos e sombreados, sendo assim, se você mora em uma região onde o frio não é muito intenso, então pode plantar bromélias com segurança no seu jardim.

No entanto, certifique-se de ter um espaço que não exponha sua bromélia a grandes volumes de luz solar direta, porque a bromélia sofre com queimaduras nas folhas se for exposta a muita luz direta.

Mas, diferentes variedades têm diferentes tolerâncias à exposição ao sol. Portanto, monitore o local onde pretende cultivá-la para determinar quanto sol direto ele recebe e a que horas do dia. Em seguida, adquira uma bromélia cujas necessidades estejam alinhadas com as especificações desse local.

Além disso, independente do local que você escolha, também é essencial que a bromélia permaneça úmida.

Observe o clima de sua região

Se você mora em uma região de clima seco e árido, então existem algumas bromélias que são mais adequadas para suportar o ar seco. Mas, você precisará borrifar uma bromélia regularmente se a umidade relativa do ar estiver abaixo do ideal para ela, cerca de 60%. Faça isso somente quando as folhas da sua planta estiverem secas (sem gotas de água sobre elas), mas antes de serem expostas ao sol direto.

Se você mora em uma região de clima frio, então considere plantar suas bromélias externas em vasos. Se quiser que as bromélias apareçam como parte do seu paisagismo, cave um buraco e enterre o vaso, mas use um vaso com boa drenagem para que a água da chuva não fique nele.

Essa é uma maneira inteligente de fazer a bromélia parecer que está crescendo do chão, mas permite que ela seja facilmente transportada para dentro antes dos meses de geada.

bromélia rosa

Como cuidar de bromélias em ambientes internos

As bromélias também são ótimas plantas de interiores. Elas têm poucas necessidades e muito poucas pragas, portanto, com os cuidados certos, você poderá desfrutar de bromélias em sua casa ou escritório o ano todo.

No entanto, cuidar de bromélias dentro de casa exige um pouco mais de dedicação do que no jardim.

Vaso e solo

O vaso e o solo usado afetam diretamente os níveis de umidade de uma bromélia, os vasos plásticos tendem a reter a umidade por um longo período de tempo, portanto, se sua região é de clima seco, ou o interior da casa é quente, os vasos plásticos são os melhores.

Ao contrário, os vasos de barro não esmaltados são porosos e permitem que a água escorra, então, se você mora em uma área muito úmida, eles são os melhores para que sua planta não fique com excesso de água.

Talvez você já tenha observado que muitas bromélias praticamente não têm raízes, ou realmente não têm. Sendo assim, nunca use solo compacto em seus vasos, prefira um substrato leve e arenoso, adicione também cascas de árvores e fibra de coco.

Água

As bromélias resistem bem à seca, mas são muito menos tolerantes ao excesso de água, o que pode causar a podridão das suas raízes. Sendo assim, é essencial que sua bromélia seja plantada em um vaso que permita uma drenagem rápida.

Para regar sua bromélia, mergulhe completamente o vaso para que a água escorra pelos orifícios de drenagem, dessa forma você removerá qualquer acúmulo de sal no vaso.

Não regue novamente a bromélia enquanto a superfície do substrato esteja completamente seca, caso contrário o excesso de água provocará a podridão da raiz.

É importante nunca usar um recipiente de metal para regar uma bromélia. As bromélias são muito sensíveis ao metal e, dessa forma, os resultados podem ser devastadores para sua planta.

Tanque da bromélia (ou roseta)

Muitas bromélias também possuem um chamado tanque, que na realidade é um reservatório de água no centro da planta onde as folhas se encontram e formam o que parece ser uma xícara.

Além das raízes, essas bromélias também absorvem água através deste tanque central, portanto, encha o tanque com água, de preferência água sem cloro. Periodicamente vire sua bromélia para esvaziar esse tanque e, assim, evitar a estagnação da água.

Se a sua bromélia é de uma variedade epífita, ou seja, sobre uma rocha ou casca de árvore, em vez de estar em um vaso com substrato, então a rega é um pouco diferente. Sendo assim, você pode simplesmente manter a planta úmida borrifando-a regularmente.

vaso com bromélia na janela

Umidade

Assim como as bromélias cultivadas ao ar livre, as bromélias de interiores também precisam de uma umidade de, no mínimo, 60%. Esse nível de umidade pode ser muito difícil de manter, especialmente em uma casa com aquecimento seco. Mas, existem várias opções para aumentar os níveis de umidade.

Você pode, por exemplo, colocar um umidificador perto da planta.

Outra alternativa é montar uma bandeja de umidade. Para fazer isso, coloque o vaso da bromélia sobre uma bandeja com água e pedras decorativas, então mantenha essa bandeja sempre com água abaixo das pedras. Dessa forma, a água adicionará umidade ao ar e aumentará a umidade nessa área. Mas é importante que a água sempre esteja abaixo das pedras e nunca alcance o vaso, pois isso pode apodrecer sua bromélia.

Você também pode usar um borrifador para molhar a planta regularmente, isso requer um pouco mais de diligência, mas é bastante simples.

Por fim, você também pode cercar sua bromélia com outras plantas. A transpiração, o processo no qual uma planta converte a água em vapor e a libera na atmosfera, ajudará a elevar a umidade da área próxima.

Luz

As bromélias têm diferentes graus de tolerância à luz, de acordo com sua origem e variedade. Algumas variedades preferem luz forte e indireta, enquanto outras preferem locais com sombra quase constante. A maioria das bromélias se desenvolve melhor em espaços claros e ensolarados, no entanto, a exposição à luz solar direta por um longo período de tempo pode causar danos às suas folhas.

Fertilizante

A fertilização não está entre as tarefas essenciais para cuidar de bromélias.

As bromélias exigem pouca ou nenhuma fertilização, portanto, ocasionalmente, você pode usar um fertilizante solúvel em água. No entanto, nunca coloque fertilizante no tanque central de uma bromélia, fertilize ao redor da sua base.

As variedades aéreas (epífitas) podem se beneficiar de um fertilizante líquido, para isso, pulverize a mistura indicada para essas variedades sobre a planta.

Muitas pessoas tentam estimular o crescimento com o uso de fertilizantes, mas como as bromélias são plantas de crescimento lento, muito fertilizante pode fazer com que as folhas fiquem pernudas e as cores vibrantes diminuam.

Floração

A maioria das bromélias floresce apenas uma vez na vida. As folhas de cores vivas que muitas vezes são confundidas com flores são na verdade chamadas de brácteas, uma estrutura semelhante a uma folha da qual uma inflorescência pode se desenvolver.

Uma bromélia cresce de dentro para fora, ou seja, desenvolvendo novas folhas ao centro da planta, portanto, em algum momento o centro ficará lotado e novas folhas não terão mais espaço para se formar.

Então, a partir desse momento a bromélia concentrará sua energia na produção de filhotes. A floração de uma bromélia pode durar vários meses e as brácteas coloridas ainda mais e você pode cortar a flor quando ela ficar feia.

Para esse corte, use instrumento afiado e esterilizado e corte o espigão o mais longe possível sem ferir a parte restante da planta. Infelizmente, a planta-mãe acabará morrendo, mas não sem antes produzir descendentes para continuar seu legado.

vasos com bromélias

As bromélias são venenosas?

Ao cuidar de bromélias, o único cuidado que você deve ter é com suas folhas afiadas.

Com exceção dos frutos verdes do abacaxi, as bromélias não são venenosas, mas suas folhas pontiagudas podem representar perigo para crianças e animais de estimação.

As  bromélias são criatórios de mosquitos?

Embora os mosquitos não prejudicam as bromélias, eles podem se formar nelas.

Isso porque as variedades de bromélia que possuem o tanque central podem tornar-se um local para os mosquitos se reproduzirem. Dessa forma, os ovos eclodem na presença de água e, após alguns dias, tornam-se mosquitos adultos que podem picar as pessoas e transmitir doenças como febre amarela, dengue, chikungunya e zika.

No entanto, há pesquisas que comprovaram que a água acumulada no tanque das bromélias não é o ambiente mais propício para o desenvolvimento das larvas do mosquito da dengue.

Mesmo assim, é sempre bom prevenir. Portanto se suas bromélias ficam em ambientes internos, a recomendação é trocar uma vez por semana a água que fica acumulada no tanque da planta. Outra opção é aplicar um inseticida próprio para isso na água acumulada.


Leia também:
Como cultivar lavanda em vaso
Como cultivar antúrio
Quais as plantas mais fáceis de cultivar dentro de casa?
Como plantar e cuidar de peperômias dentro de casa
Caladium, como cultivar
Como cuidar de azaleias

Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *