O que é falácia de chegada?

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 6 minutos

falácia de chegada - homem triste

Será que você está deixando de ser feliz em função da “falácia da chegada”?

Você já passou pela experiência de lutar para alcançar um objetivo, apenas para descobrir que ao atingi-lo, você está com depressão e estresse, em vez de felicidade? Então você pode estar passando por algo chamado de falácia de chegada.

A falácia da chegada é a falsa suposição de que, ao atingir um objetivo, você atingirá uma felicidade duradoura que na verdade não acontece. Algo como “Eu ficarei feliz depois que…”. Vamos entender melhor o que significa isso, assim como evitá-la?

Assim, se você ficar nessa linha repetitiva de pensamento de que quando alcançar um grande objetivo sua vida mudará completamente, toda a sua energia estará focada nele.

Pode até ser uma linha de chegada metafórica, como por exemplo, conseguir uma promoção ou se formar. Na sua cabeça acaba se formando a convicção de tudo o que você faz hoje é uma espécie de meio para atingir essa linha.

Então, você coloca todas as suas esperanças e sonhos para chegar lá, e você consegue!

Falácia de chegada

Mas, o que acontece então? É nesse momento que pode surgir uma certa decepção. Isso porque a verdade é que você é a mesma pessoa que era antes de atingir linha de chegada, embora agora tenha “chegado lá”.

Ou seja, o que você acreditava que poderia ser seu objetivo de vida se transforma em uma sensação de vazio.

Pois então, essa sensação é a própria falácia da chegada.

“A falácia da chegada é essa ilusão de que, uma vez que alcançamos nosso objetivo ou nosso destino, alcançaremos a felicidade duradoura”, afirma o professor e especialista em psicologia positiva Tal Ben-Shahar, que cunhou esse termo.

Ainda de acordo com o professor, essa ilusão é um conceito falho. Isso porque um estudo mostrou que as pessoas que se preocupam com seus níveis de felicidade pensando “Serei feliz quando…”, tendem a ser as mais infelizes.

Tal Ben-Shahar, tem PhD pela Universidade de Harvard em Comportamento Organizacional, assim como é um autor conhecido por dar palestras sobre felicidade.

Em entrevista ao jornal The New York Times, ele menciona que a falácia da chegada foi sentida por celebridades e outras pessoas muito bem-sucedidas que acabam sofrendo de doenças mentais e abuso de substâncias mesmo depois de realizar seus sonhos.

Ben-Shahar diz que muitas vezes as pessoas que experimentam a falácia da chegada começam infelizes e buscam uma meta que deveria curar sua tristeza. Quando descobrem que o sucesso não conserta sua infelicidade, não apenas ficam desapontadas, mas acabam se sentindo desesperançadas e deprimidas. Assim, muitas vezes, a falácia da chegada só piora a infelicidade e os estados mentais.

mulher triste pensativa

Mas, o que provoca a falácia de chegada?

A falácia da chegada provém da ideia arraigada em muitas pessoas desde crianças de que a chave para a felicidade é ter um bom emprego, ganhar muito dinheiro, casar ou ter notoriedade em suas carreiras. Ou seja, geralmente apenas ter uma visão de futuro, com a mentalidade orientada para objetivos.

No entanto, uma pesquisa demonstrou que esse tipo de objetivo não nos traz felicidade, pelo menos não a longo prazo.

Portanto, vamos analisar o conceito de falácia de chegada, sua origem e significado, assim como dicas para viver feliz sem que isso atrapalhe sua vida.

Não há muita pesquisa sobre a falácia da chegada e suas causas, mas há um enorme volume de pesquisas sobre o que torna as pessoas felizes.

Então, quando você olha para os fatores que trazem felicidade às pessoas, como ter relacionamentos significativos e aprender a focar no lado positivo estão no topo da lista.

No entanto, sucessos externos como dinheiro, ascensão na carreira e status social não são considerados essenciais. Segundo uma pesquisa, ter dinheiro não traz felicidade, pelo menos a longo prazo.

Ainda assim, a sociedade incute nas pessoas de que a felicidade está muito ligada a atingir metas e tornar-se digno de atenção das outras pessoas. E esse conceito ainda é muito difundido. Por exemplo, uma pesquisa descobriu que as crianças de hoje ainda estão sendo alimentadas com a ideia de que a realização e o sucesso pessoal são as chaves para a felicidade.

Além disso, essas metas estão sendo enfatizadas acima de outras como cuidar das outras pessoas ou ser equitativo ou justo.

falácia de chegada - mulher deprimida

Então, como evitar a falácia de chegada?

Sofrer com a falácia de chegada é comum e pode ser difícil lidar com isso se você estiver deprimido ou estressado depois de atingir um objetivo há muito esperado.

É interessante definir metas significativas na vida e se esforçar para alcançá-las. Mas isso deve ser apenas parte de uma equação de busca de felicidade, não o único objetivo de vida.

Ou seja, em vez de acreditar que a felicidade permanente estará na linha de chegada de nossas metas, considerar o que devemos fazer para sermos felizes agora.

Então, concentre-se em quebrar a falácia da chegada identificando tudo de bom que você tem enquanto está no seu trajeto, em vez de esperar para chegar no destino. Assim, estabeleça pontos de felicidade ao longo do seu caminho.

Sendo assim, a seguir vamos listar algumas dicas para você enfrentar, superar os sentimentos e alcançar a felicidade duradoura na vida.

Concentre-se no processo

Quando você pretende alcançar um objetivo específico, geralmente fica focado nesse objetivo e na felicidade que espera que ele traga. No entanto, focar no processo mais do que no objetivo final pode ser a chave para a felicidade.

Uma pesquisa publicada na Harvard Business Review descobriu que, quando se trata de trabalho, pequenas vitórias trazem mais felicidade às pessoas que outras coisas. Ou seja, quando uma pessoa percebe que alcançou uma pequena vitória, mesmo que não seja a meta final, ela se sente motivada e feliz.

De acordo com essa pesquisa, apoiar o progresso de uma pessoa envolve fornecer tempo e apoio suficientes, garantir que as metas sejam claras e reconhecer cada pequena conquista ao longo do caminho.

pessoas felizes

Concentre-se no presente

Quando você está focado em alcançar a felicidade com base em atingir uma meta, você está vivendo no futuro e não no presente. No entanto, se você quer ser verdadeiramente feliz, precisa aprender a viver o momento presente.

Por exemplo, um estudo descobriu que as pessoas que praticam a atenção plena sentem um maior senso de propósito na vida e maior envolvimento em atividades que lhes trazem felicidade.

Assim, adicionar mais atenção plena ao seu dia é simples. Isso pode ser alcançado com meditação, ou simplesmente parando o que está fazendo, respirando lentamente e experimentando o que significa o presente em sua vida.

Considere as coisas que comprovadamente trazem felicidade

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Harvard baseada em 75 anos de observação do que torna as pessoas felizes descobriu que a felicidade verdadeira e duradoura se resume a algumas coisas básicas.

Segundo a pesquisa, as pessoas mais felizes são as que deixam de lado todos os pequenos aborrecimentos e reveses da vida e se concentram nas coisas simples que as tornam felizes.

A pesquisa concluiu também que ter conexões calorosas com outras pessoas traz mais felicidade às pessoas do que qualquer outro tipo de sucesso na vida.

Além disso, também é essencial afastar-se das pessoas que trazem negatividade para a vida.

Pratique a gratidão

Fazer um balanço do que há de bom em sua vida é uma ótima forma de focar no momento presente, em vez de objetivos futuros. É também uma ótima maneira de se concentrar mais nas coisas que lhe trazem alegria e torná-las uma prioridade na vida.

As pessoas que se concentram no que são gratas têm menos probabilidade de sofrer de estresse e depressão.

Considere fazer terapia

Se você experimentou a falácia de chegada e ficou deprimido e ansioso e estiver tendo problemas para se livrar desses sentimentos, considere a terapia.

Consultar um terapeuta é uma boa maneira de abrir como você está se sentindo e encontrar métodos para administrar seus sentimentos.


Leia também:
Por que é importante ter esperança?
Descubra 11 hábitos das pessoas verdadeiramente felizes
O que é felicidade?
Habilidades essenciais para seu filho ter sucesso na vida

Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *