Como escolher tapetes

Você sabe escolher o tapete mais adequado para cada ambiente na hora de comprar? 

Por: Míriam Roman

Muitas pessoas ficam em dúvida na hora de escolher tapetes. Qual o melhor tamanho? Ele deve entrar sob o sofá ou não? Cerdas longas ou curtas? Estampado ou liso? Colorido ou de uma cor só? Saiba que não existe uma regra definitiva para isso, meu conselho nesse caso é: Deixe o tapete por último. Só pense no tapete depois que todos os outros itens do ambiente estiverem definidos, comprados e instalados em sua casa. Se possível, escolha vários que tenham agradado, leve-os para casa, experimente um a um e escolha o que achar que ficou melhor e mais adequado ao ambiente.

É possível comprar tapetes prontos ou feitos sob medida para seu ambiente, e esses nem sempre custam mais caros. Geralmente, o preço cobrado pelo tapete é definido pela sua metragem, pelo material utilizado na sua confecção e pela mão de obra necessária para finalizá-lo.

São 4 os itens que devem ser considerados na escolha do tapete ideal.

Tipo

Existem muitos tipos diferentes de tapetes disponíveis para comprar e sempre haverá um que se adeque ao seu gosto e orçamento. Se você for a uma loja especializada vai tontear com tanta variedade. Eles variam de acordo com o material, a técnica de tecelagem e o padrão geométrico. Há tapetes aubusson, kilim, persas, de sisal, de fibras naturais, de fibras sintéticas, artesanais. Os mais econômicos são os de fibras sintéticas e também geralmente são os mais fáceis de lavar e manter.

Cor

A cor é um fator muito importante na escolha do seu tapete. Se você já utilizou muitas cores ou padronagens no espaço que receberá o tapete, você deve escolher um de cor única, ou um com tom neutro, que complemente o seu mobiliário. Se você montou um ambiente monocromático ou em tons neutros, o ideal é colori-lo um pouco com o tapete. Se você tem pequenos detalhes de uma determinada cor na decoração do ambiente, pode escolher um tapete com essa mesma cor.

Textura

Esse é um aspecto muitas vezes negligenciado na escolha de um tapete e que não deveria. Se você já tem muitas texturas no ambiente, nos tecidos dos sofás, nas madeiras, granitos, etc, o ideal é escolher um tapete que não tenha camadas (relevos). Deixe os acabamentos de seu mobiliário existente guiá-lo, e procure o contraste. Com sofás em um tecido macio como veludo, algo suave e duro como uma sisal pode ser a resposta mais adequada, enquanto um sofá de couro ficará ótimo combinado um tapete felpudo.

Tenha em mente também os aspectos práticos da limpeza do tapete, considere também alergias e idades dos moradores para evitar acidentes. Tapetes com relevos costumam ser perigosos para pessoas idosas ou que tenham dificuldades para se locomover.

Tamanho

Esse é o aspecto que gera mais dúvidas na hora da compra e ao mesmo tempo é o que menos tem um padrão definido.

Um tapete deve caber no tamanho definido para o seu ambiente e ser tão grande quanto possível dentro dele. O ideal é que o tapete esteja disponível para todo o mobiliário, ou seja, quando alguém estiver sentado no sofá, seus pés devem ficar sobre o tapete e não diretamente no piso. Sob uma mesa de jantar, você provavelmente vai quer poder puxar as cadeiras para trás e ainda mantê-las sobre o tapete.

Porém isso nem sempre é uma regra definitiva, por exemplo, se o piso do ambiente é bonito, você deve mostrá-lo e não deixá-lo todo escondido sob o tapete. Você também pode colocar tapetes menores sobre outro maior, dependendo da situação. Selecionei, abaixo, alguns desenhos com várias possibilidades para diferentes tipos de ambientes.

Quando o tapete estiver preenchendo todo o espaço de estar, mas não ficar sob os móveis, ele deve ter, no mínimo, a mesma largura do sofá.

Se somente uma parte do tapete ficar sob o sofá, o ideal é que o tapete seja um pouco mais largo que o maior sofá do ambiente.

Quando todo o ambiente é delimitado pelo tapete. Nesse caso tome cuidado para que não fiquem pontas de tapete em área de circulação, pois isso pode causar acidentes. Cubra a área de circulação completamente com o tapete ou termine o tapete antes de atingi-la.

Em salas de jantar evite tapetes de fibras naturais e tapetes de cerdas longas, eles serão bem mais difíceis de limpar em caso de derramamento de comida ou bebida. Os tapetes de sisal não podem ser molhados, pois ficarão manchados e com mau cheiro, então também é interessante evitá-los. Para definir o tamanho ideal do tapete, meça sua mesa com as cadeiras levemente afastadas, como se alguém estivesse sentado nelas, acrescente 60 cm para cada lado da mesa que tenha cadeiras. Assim você evitará que os pés das cadeiras se prendam no tapete quando forem puxadas de volta para junto da mesa. Note que isso não é um padrão obrigatório, mas é uma dica muito prática para facilitar a utilização da mesa.

Para dormitórios pode-se usar um tapete grande sob os pés da cama. Nesse caso, prefira que ele não vá até a cabeceira da cama, como a segunda opção mostrada abaixo, pois isso facilitará a limpeza, a primeira opção poderá provocar o acumulo de pó. Procure posicionar o tapete um pouco acima do ponto onde você geralmente pisa ao levantar.

Outra opção excelente para dormitórios é utilizar tapetes pequenos ou trilhos nas laterais da cama e ainda outro aos pés da cama. Os tapetes colocados na lateral da cama evitam que você pise diretamente no chão ao levantar e evitam o choque térmico em lugares mais frios.

 
Uma última dica, mas não menos importante. Se os seus tapetes não têm as pontas presas sob móveis, utilize sempre um material emborrachado entre eles e o piso, é fácil encontrá-lo em lojas especializadas. Isso aumentará a vida útil do tapete e, principalmente, evitará escorregões e acidentes.

Texto escrito por Míriam Roman, decoradora e proprietária da loja Kamari, especializada em cama, mesa, banho e decoração.

Se você gostou dessas dicas, provavelmente também vá gostar dessas:
Dicas de decoração de quarto de casal
Decoração, acerte nas cores
Bom gosto, você tem?
Cozinhas Americanas – Ideias e Dicas
5 plantas para cultivar dentro de casa
Vasos autoirrigáveis
32 ideias de lareiras externas
Você mora em uma casa ou um lar?

Um comentário em “Como escolher tapetes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *