9 dicas maravilhosas para donos de gatos inexperientes

Gatos estão entre os animais de estimação mais populares no mundo inteiro. Seja pelo fascínio que despertam, pela sua fofura ou porque simplesmente são mais independentes do que outros animais, sendo as companhias perfeitas para quem não tem muito tempo disponível durante a semana para ficar com seu bichinho.

Entretanto, ao contrário dos cachorros, por exemplo, as vezes as necessidades dos gatos parecem mais misteriosas, confundindo pessoas que não estão acostumadas a cuidar desses pets. Por isso, para que seu gato seja um animalzinho feliz, tente seguir as dicas abaixo, que as vezes podem parecer óbvias, mas que podem salvar a sua vida (e a do seu gatinho) se você levar em consideração e tentar incluir na sua rotina:

  1. Gatos realmente são animais mais independentes, mas isso não quer dizer que eles podem viver por conta própria – antes de adotar um gato, tenha certeza de que há espaço na sua vida para ele;
  2. Se a casa costuma ficar a maior parte do tempo sem a presença de pessoas, considere adotar dois gatos ao invés de um gato apenas. Isto porque ainda que sejam independentes, gatos sentem-se solitários e podem ficar até deprimidos se ficam muito tempo sozinhos, ainda que não sejam muito ativos ou que não gostem de brincar. Assim, adotar um companheiro ou uma companheira para o seu gato pode fazer toda a diferença – tanto para ele como para você;
  3. Se você tem histórico de alergias, procure um médico e solicite a realização dos testes necessários para ter certeza de que você não tem alergia a gatos. Os gatos produzem uma substância na sua saliva que se espalha pelo ambiente quando eles lambem o próprio pelo. Tenha certeza de que você não é alérgico a gatos para evitar ter de se separar do seu animalzinho depois de adotá-lo;
  4. Invista em uma boa caixa de areia e em areia de qualidade. Uma caixa de areia coberta, com portinha de entrada, além de dar maior privacidade para o seu gato deixará a sua casa mais limpa, pois evitará que o gato espalhe a areia quando estiver cobrindo seus excrementos e também diminuirá o mau cheiro exalado. Mantenha a caixa sempre limpa e alimente o seu pet com ração ou outros alimentos próprios para o seu consumo – só essa providência já reduzirá em muito o mau cheiro;
  5. Gatos amam brincar: brinquedinhos que fazem barulhos, cordinhas e até caixas vazias podem se transformar em brinquedos perfeitos. Os brinquedos não precisam ser caros, você pode até fazê-los em casa, apenas tenha certeza de que são suficientes para manter os eu gato entretido e ocupado;
  6. Se você quer reduzir os arranhões no seu sofá, cortinas, colchas e móveis, compre um arranhador, os gatos precisam afiar as unhas, isso faz parte da sua natureza;
  7. Se você está adotando um filhotinho, se esforce para que ele se acostume com uma rotina de higiene desde cedo. Assim, quando ele crescer, os banhos, escovadas e corte de unhas serão atividades muito mais tranquilas para você e para ele. Uma excelente forma de retirar os pelos mortos do seu gatinho enquanto faz carinho são as luvas desenvolvidas especialmente para isso, como a True Touch, comercializada pela Inova Store, parceira do blog “Lar, Doce Lar”;
  8. Tenha em mente que gatos vivem cerca de 20 (vinte) anos e que, portanto, vocês estarão juntos por muito tempo. Adote com responsabilidade e tenha certeza de sua escolha antes de fazê-la;
  9. Talvez a mais importante dica de todas: mande colocar telas nas suas janelas. Pior do que o seu animalzinho morrer é você não saber o que aconteceu com ele. Para evitar acidentes ou que seu gato simplesmente desapareça, instale telas em todas as janelas da sua casa ou apartamento.

Se você gostou desse assunto, provavelmente também vá gostar de ler sobre esses:
Animais de estimação contribuem para diminuir o estresse
A casa e os animais de estimação
9 coisas em sua casa que poderão deixar seu animal de estimação doente
Saiba que plantas você deve evitar se tiver animais em casa
10 passos para preparar sua casa para um filhote de gato
Por que o Desodora funciona?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *