Maneiras fáceis e eficientes de podar as plantas de dentro de casa

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 7 minutos

Embora não precisemos nos preocupar em podar regularmente as plantas de dentro de casa como precisaríamos fazer com muitas das plantas cultivadas em jardins, em algum momento teremos que pegar uma tesoura de poda para fazer uma limpeza em folhas e galhos secos.

Seja para para cortar as folhas ou galhos mortos para que a planta fique mais bonita e saudável, ou seja para determinar um formato de crescimento mais equilibrado. Qualquer que seja o motivo, é importante saber como podar corretamente cada planta de interior, para não criar um estresse que prejudique o seu desenvolvimento.


Geralmente quem curte cultivar plantas dentro de casa, e tem espaço para isso, costuma contar com uma ampla variedade de espécies, sejam espécies populares ou espécies mais raras, proporcionando dentro de casa uma vegetação adorável, desde as exuberantes e frondosas folhagens até as pequenas e suculentas.

Algumas plantas de crescimento rápido e desordenado, como as jiboias podem estar ocupando um bom espaço do ambiente onde estão sendo cultivadas, enquanto outras podem parecer estar definhando e precisam de uma poda para retornarem com mais força.

Por mais que gostemos do visual da selva urbana, que é o caso das primeiras plantas que comentamos acima, precisamos de algum espaço para nos movimentar em nossas casas, não é mesmo? Então, como evitar que elas fiquem fora de controle? A resposta é simples, com uma de poda criteriosa e equilibrada.

A maioria das plantas de cultivo indoor se beneficia de, pelo menos, um pouco de modelagem para mantê-las com boa aparência. A poda ajudará a tornar seu jardim interno mais atraente, corrigindo quaisquer problemas estruturais em desenvolvimento e incentivando um novo crescimento.

Além dessas plantas que podem ser “educadas”, através da topiaria, é claro, a remoção de folhas mortas e caules danificados ou doentes é a melhor forma de deixar qualquer planta mais saudável, atraindo menos pragas e doenças.



O que significa podar?

A poda é definida, de acordo com o dicionário, como “aparar (uma árvore, um arbusto, uma folhagem ou uma flor) cortando galhos ou caules mortos ou crescidos, especialmente para aumentar a sua saúde e o seu crescimento”.

Quer você esteja começando a cultivar uma única planta ou já administre uma selva interna, podar suas plantas é uma atividade que você terá que fazer em algum momento. Fazer isso é bom para as plantas por vários motivos: ajuda a manter as pragas e doenças afastadas, evita que as plantas fiquem muito esparsas e permite que as plantas mantenham uma forma e tamanho adequados para os espaços internos onde estão inseridas.

As plantas se beneficiam mais da poda durante a estação de crescimento ativa, então você deve identificar que estação é essa para cada planta, individualmente. Cada planta é diferente, elas têm suas próprias necessidades e preferências e, como tal, não se deve supor que cresçam ao mesmo tempo que todas as outras plantas.

Mesmo assim, a poda de plantas de interior pode ser um pouco diferente da poda de arbustos e árvores ao ar livre, então vamos ver a seguir como podar as plantas de interiores corretamente.

Quando podar as plantas de interiores

Geralmente as plantas de interiores são menos afetadas pelas estações do ano do que as plantas de jardins. Você pode podar levemente as plantas de dentro de casa em qualquer época do ano, inclusive no inverno.

No entanto, se você está pensando em uma poda mais substancial, o melhor momento para fazê-la, na maioria das plantas, é no final do inverno ou no início da primavera, quando as horas mais longas da primavera darão à planta o impulso necessário para se recuperar.

Mas, se você tiver plantas que não tenham o mesmo comportamento de crescimento da maioria, que é a primavera, observe para que as podas sejam feitas nas estações em que elas retomem seu crescimento mais rapidamente.

Já as plantas lenhosas de interior, por exemplo, são uma exceção a esta regra de observar a estação de crescimento, exigindo poda durante todo o ano para remover folhas e galhos mortos.

Uma boa regra para as espécies com flores é podá-las logo após o término da floração. Se você podar logo antes de florescerem, estará removendo botões fechados que, se não cortados, se transformariam em flores.

Como podar as plantas de interiores

Para evitar sofrimento desnecessário para suas plantas e para que as podas fiquem bem feitas, sempre use ferramentas de poda de alta qualidade e mantenha-as com uma lâmina afiada e bem limpas. Lâminas sem corte podem esmagar ou rasgar caules, deixando a planta vulnerável a doenças. Um corte limpo é muito mais saudável para as plantas.

Se você estiver podando para alterar a forma de sua planta, faça isso bem devagar e com critérios para evitar que a poda fique mais radical do que você deseja. Corte um pouco, dê um passo para trás e vire a planta para vê-la de todos os ângulos, observando sua estrutura e forma, antes de decidir onde falta cortar.

Se você perder uma haste que dê simetria ao todo, plenitude ou equilíbrio, demorará muito tempo até que apareça uma haste de substituição que deixará sua planta novamente harmônica. Observe também se a planta está crescendo de uma forma não harmônica, quando parece mais cheia de um lado ou contenha folhas doentes ou morrendo.

Procure não remover mais de 25% de uma planta, só faça podas maiores em caso de retirada de partes decompostas ou secas que estejam afetando a sua saúde. Além disso, verifique se há áreas de potencial novo crescimento, os chamados “brotos latentes”. Os botões geralmente aparecem onde a folha se junta ao caule da planta.

Remova as folhas e caules mortos, se os caules apodreceram desde a raiz, retire-os completamente e certifique-se de deixar o solo secar antes da próxima rega da planta, pois você pode estar exagerando na água e causando esse apodrecimento.

Ao cortar um caule muito longo, faça o corte acima de um nó de folha, onde acontecerá um novo crescimento. Se você estiver removendo caules grandes inteiramente, corte-os o mais próximo possível do caule principal, ou bem na base da planta, se é assim que a planta cresce.

Pode pouco e frequentemente

Ao podar uma planta, o objetivo é obter uma aparência natural. Como regra geral, não corte mais do que um quarto da folhagem em uma poda e, se não tiver certeza, não corte. É melhor tentar evitar uma reformulação radical em uma planta, pois o resultado pode não ser o melhor.

Muitas plantas, principalmente aquelas com caules macios, como o filodendro, podem ser mantidas em forma com pequenas podas frequentes. Use uma tesoura afiada e de precisão, ou use apenas o polegar e o indicador, simplesmente apertando as pontas do caule em crescimento e a planta crescerá espessa, em vez de pernalta.

Para plantas com flores, procure podar depois do ciclo de floração

Todas as plantas com flores têm seu próprio ciclo de floração, época em que elas estarão mais bonitas, portanto, é fundamental saber qual é a época de floração dessas plantas antes de podá-las, senão você correrá o risco de cortar os botões das flores.

Várias plantas, como a orquídea e a kalanchoe, por exemplo, quando adultas, devem ser podadas logo após as flores de uma floração começarem a murchar, essa poda vai provocar uma nova floração no caule cortado. Já uma planta mais jovem, florescerá em um novo caule para o próximo ciclo de floração, então é melhor simplesmente remover o caule antigo perto do base da planta.

Em caso de dúvida, pesquise sempre sobre suas plantas antes da poda de cada uma delas, pois, contanto que você faça isso no ponto certo do ciclo de floração, a poda pode incentivar sua planta a florescer perenemente.

O que fazer, e o que não fazer, após a poda de uma planta de interior

O pós-poda geralmente é muito importante para a maioria das plantas. Para essas, os cuidados posteriores adequados garantem sua rápida recuperação e um novo crescimento saudável.

A poda produz estresse de curto prazo para a planta, por isso é importante evitar causar estresse adicional com outros aspectos do cultivo.

Os cuidados posteriores que fazem com que uma planta de dentro de casa podada tenha o melhor recomeço incluem:

  • Evitar condições excessivamente brilhantes. As plantas normalmente mantidas sob luz solar direta se darão melhor se movidas para uma luz indireta e brilhante por algumas semanas para reduzir o estresse potencial do excesso de exposição ao sol;
  • Contrariamente, se a planta é normalmente mantida em uma área mais escura, tente movê-la para um lugar um pouco mais claro. Isso acelerará a fotossíntese e impulsionará o desenvolvimento de um novo crescimento, entretanto, esteja ciente de algumas plantas de dentro de casa que não gostam de ser movidas;
  • Evite a tentação de replantar ao mesmo tempo em que poda suas plantas de dentro de casa. O replantio inevitavelmente leva a danos nas raízes, o que causa um grande estresse às plantas, além do causado pela poda;
  • Espere pelo menos 4 semanas entre a poda e o replantio para a maioria das plantas de dentro de casa;
  • Evite fertilizar sua planta de dentro de casa por cerca de 4 semanas após a poda. É muito comum exagerarmos no fertilizante, e isso pode afetar a saúde das raízes e aumentar o estresse das plantas podadas. Deixe sua planta recém-podada se reagrupar primeiro, depois retome seu regime normal de fertilização;
  • Devido à redução da folhagem, as necessidades hídricas da planta provavelmente serão menores do que antes da poda. Ajuste seu cronograma e quantidade de rega conforme necessário nas primeiras semanas, enquanto a planta podada começa a desenvolver um novo crescimento.

Por fim, esteja ciente de que a “planta certa, lugar certo” é sempre uma boa regra em qualquer cultivo e, embora a poda possa ajudar a dar um tamanho e forma agradáveis ​​às suas plantas de dentro de casa, qualquer tentativa de manter uma planta que já está muito grande para seu vaso estará fadada ao fracasso.

Portanto, tenha expectativas realistas sobre o que a poda pode ajudar no desenvolvimento de suas plantas, respeite o tamanho e a forma naturais de sua planta e comece a podar plantas de casa para ter um jardim interno exuberante, frondoso, saudável e maravilhosamente bem cuidado.


Leia também:
Como limpar as plantas de dentro de casa?
Como plantar e como cuidar da planta-aranha
Benefícios, como plantar e como cuidar da Ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata)
Como alegrar sua casa usando plantas na decoração
Dicas para quem quer começar a plantar dentro de casa e não sabe como fazer
Saiba quais são os benefícios de utilizar plantas na decoração da forma correta
Como plantar e como cuidar da Zamioculca

Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *