Significado da Roda do Dharma

Compartilhe...
Tempo estimado para leitura: 5 minutos

Roda do Dharma joia

A Roda do Dharma é um dos muitos ensinamentos sagrados do budismo, assim como de outras religiões indianas, como o hinduísmo e o jainismo, onde tem um significado especial.

Também conhecida como “Roda da Lei”, esse é um dos símbolos mais importantes e sagrados da fé budista, pois representa os ensinamentos de Buda.

Então vamos conhecer melhor esse símbolo tão importante?

Qual o significado da Roda do Dharma?

O Dharmachakra vem do Dharma, que é o caminho para atingir a iluminação e alcançar o Nirvana, ou seja, o estado mais elevado de ser que uma pessoa pode alcançar.

Embora existam muitas variações da Roda do Dharma, costuma-se representá-la com oito raios e, quando possível, dourada. Assim como, em geral, formas são representadas no centro da roda, tipicamente uma forma Yin Yang, uma roda ou um círculo.

História da Roda do Dharma

Uma das descobertas mais antigas da Roda do Dharma como um símbolo está em pilares que foram construídos pelo imperador Ashoka entre os anos 304 e 232 aC. Ele governou a Índia e era seguidor dos ensinamentos do budismo.

Muitos dos pilares que ele construiu ainda estão em pé e retratam vários éditos que encorajaram seu povo a praticar o budismo, mas sem nunca forçá-lo a eles. Encontrou-se Ashoka Chakras, que são rodas com vinte e quatro raios, nesses pilares.

No entanto, a Roda do Dharma também estava presente em obras de arte indianas antes do reinado de Ashoka, o Grande. Essas Rodas do Dharma também tinham vinte e quatro raios e geralmente apareciam em cima de quatro leões que estavam sentados costas com costas enquanto cada um enfrentava um dos quatro pontos cardeais.

No ano de 1947, o Ashoka Chakra passou a integrar da bandeira da Índia. Hoje em dia, a Roda do Dharma faz parte da arte de várias culturas budistas. Portanto, pode ser vista em imagens de Buda, onde aparece em suas mãos e pés, representando uma das Marcas de um Grande Homem.

A Roda do Dharma é um símbolo budista sagrado e antigo e representa a fé budista universalmente. Depois de atingir a iluminação, Buda deu seus primeiros ensinamentos e fez um sermão sobre a primeira Roda do Dharma e seu significado em um sermão no parque Saranate, em Uttar Pradesh, Índia.

Nesse sermão Buda falou sobre o Sutra das Quatro Nobres Verdades, a Perfeição dos Sutras da Sabedoria e o Sutra Discriminando a Intenção. Esses três ensinamentos são os Três Giros da Roda do Dharma.

A Roda do Dharma típica tem oito raios

O significado do Dharmachakra geralmente se refere a uma Roda do Dharma típica com oito raios, que representam o Caminho Óctuplo, e é o símbolo universal mais antigo do budismo.

Existem várias maneiras de interpretar a Roda do Dharma, portanto, há vários significados por trás do símbolo, que contém três partes, os raios, o cubo e a borda.

A borda da Roda do Dharma significa a capacidade de manter todos os ensinamentos juntos por meio da meditação e da concentração. A forma circular da roda simboliza a perfeição dos ensinamentos de Buda.

O significado do cubo no centro da Roda do Dharma é a disciplina moral. As três formas giratórias no centro, simbolizam Dharma, Buda e Sang ha, respectivamente. Eles são os Três Tesouros ou Joias.

Roda do Dharma 8 aros

O que significa o número de raios

Uma Roda do Dharma com quatro raios simboliza as Quatro Nobres Verdades. Como você já viu acima, quando ela tem oito raios, representa o Caminho Óctuplo e é a típica do Budismo. Já o significado de dez raios em uma Roda do Dharma é as dez direções, enquanto doze raios simbolizam os Doze Elos da Origem Dependente.

Se uma Roda do Dharma tiver vinte e quatro raios, ela é uma Ashoka Chakra (Açoca ou Asoca Chacra) e simboliza as vinte e quatro qualidades esperadas de um seguidor do budismo. O Ashoka Chakra também representa a reversão dos Doze Links e a libertação do Samsara, que é o ciclo contínuo de reencarnação.

Por fim, uma Roda do Dharma com trinta e um raios representa os trinta e um reinos da existência encontrados na cosmologia budista.

Roda do Dharma no Budismo

A Roda do Dharma é um dos símbolos mais antigos do budismo. Usa-se em todo o mundo para representar o budismo da mesma forma que uma cruz representa o cristianismo ou uma estrela de David representa o judaísmo.

Além disso, é também um dos Oito Símbolos Auspiciosos do Budismo.

Em sua totalidade, a Roda do Dharma simboliza os ensinamentos de Buda. Portanto, quando alguém pratica o Dharma, está praticando os ensinamentos de Buda, se protegendo do sofrimento e eliminando a ignorância, melhorando assim sua qualidade de vida.

Esses ensinamentos foram descritos como uma roda porque eles se movem e viajam por toda a terra e então as pessoas podem praticar o controle de suas mentes.

Juntos, os três aspectos da Roda do Dharma – cubo, raios e borda – simbolizam concentração, ética e sabedoria, sendo todos essenciais nos ensinamentos de Buda.

Roda do Dharma - Capa

Roda do Dharma no Hinduísmo

O significado de Dharmachakra no hinduísmo refere-se mais à Roda do Dharma como a Roda da Lei. É um símbolo de ordem e rotina religiosa que os devotos seguidores hindus devem praticar.

Não existe uma correspondência exata para a palavra Dharma em línguas ocidentais. Ela deriva da palavra “dhr” em sânscrito, que significa “segurar e manter” e “o que é estabelecido ou firme”, portanto, significa algo como Lei.

A Roda do Dharma é comumente encontrada em representações de Vishnu, o deus da preservação. Vishnu é um dos Triunvirato Hindu e é o deus responsável por proteger os humanos, bem como restaurar e manter a ordem no mundo.

Ele é retratado com frequência carregando uma roda ou disco, que é considerado uma arma muito poderosa e que pode conquistar paixões e desejos.

Roda do Dharma no Tibete

No Tibete, a Roda do Dharma é um símbolo muito proeminente, pois é um dos Oito Símbolos Auspiciosos.

É comum vê-lo entre dois veados, o que simboliza os primeiros ensinamentos de Buda em um parque de veados (Saranate). Onde, quando Buda deu este primeiro sermão, os cervos no parque se reuniram e ouviram.

Assim, quando um cervo é retratado com esse símbolo, é um aviso de que Buda valorizava todos os seres e não apenas os humanos.

Nessas representações, a Roda do Dharma sempre tem o dobro da altura dos cervos. Isso porque pois eles estão sentados pacificamente ao lado dela com as pernas dobradas sob eles e as cabeças levantadas para contemplá-la.

Algumas divindades tibetanas são retratadas usando a roda como arma para vencer o mal e a ignorância. Acredita-se que essas representações têm influência das representações hindus do Senhor Vishnu, que também carrega a roda como uma arma.

Roda do Dharma Significado Veados


Leia também:
O que é a Flor da Vida?
Mão de Hamsá (Mão de Fátima)
O que é felicidade?
Qual o significado da flor de lótus?

Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *